Fórum audiopt.net
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Analógico

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Mozartia 16/10/2007, 18:48

Cada vez gosto mais do Senhor Vestido de Preto, anda sempre á roda e não se cança, nem cansa e nunca fica com tonturas. cheers 🆒

Abraço Audiófilo

Mozartia
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  RuiRocha 16/10/2007, 21:25

KRELL escreveu:

Mas onde eu quero chegar é que ha certos cds que não consigo em vinyl e voces sabem que isso é bem verdade. De que adianta haver muita coisa em vinyl se não é aquilo que procuramos?

quanto a isso tens toda a razão...


Cumps
RR
RuiRocha
RuiRocha
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 324
Idade : 44
Localização : Aveiro - Gafanha da Nazaré
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : -5

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 16/10/2007, 21:47

Mozartiano escreveu:Cada vez gosto mais do Senhor Vestido de Preto, anda sempre á roda e não se cança, nem cansa e nunca fica com tonturas. cheers 🆒

Abraço Audiófilo

Amigo Mozartiano, o Senhor Vestido de Preto também pode ser um black vinyl HDCD, é no fundo um vinyl em formato de CD e o som é fantástico.

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 21/11/2007, 00:38

Pois é krell mas não é o original!!! E quanto a isso não á nada a fazer.

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 15/12/2008, 01:22

Com HDCD ou não o digital é sempre um som mecánico (não orgânico), ao contrário do vinilo. O mesmo se aplica a todo o digital, como a amplificação... Não é por acaso que existe a conversão para o analógico - é que se alimenta a esperança de conseguir alcançar o analógico. E quanto à orgânica, poderia tambem falar das válvulas e de impressões associadas a estas e ao vinilo, tais como a questão da dinâmica que se perde na incompreenção daquilo que pode estar associado à mecánica sonora própria dos transistores. Note-se que não é nada fácil conseguir a orgânica nos transistores. Existem alguns vestígios em alguns componentes de algumas marcas, como a Audiolab, a Naim, a Krel, etc, mas impossivel de comparar com as válvulas.
Falar da fita magnética poderia levar-nos ainda mais longe neste tópico. Mas parece-me que em termos práticos o vinilo é a melhor forma que temos de tirar partido do vinilo.
Já agora, Mozarteano, qual é o «gira e companhia» que usas?
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 15/12/2008, 22:06

Caros foristas apenas uma breve sugestão para quem não pode, não consegue ou prefira o cd ao invês do vinil, existem no mercado não nacional uma solução bastante agradável, a do mini Lp que é nada mais nada menos que a qualidade cd adjudicada a uma mini capa que retrata não fielmente a capa do vinil mas diria a 90% (excepção do tamanho claro). esta ideia concebida pelos sábios japoneses têm dado resultado e neste momento é fonte garantida de vendas por esse mundo fora (por cá ainda são poucos).

Assim aquilo que não consigo em vinil adquiro em mini Lp

Deixo algumas das melhores Ebay Stores (quando se paga 3/4 dolares pelo envio do Japão, qua mais se pode pedir)
http://stores.ebay.com/eiselvis
http://stores.ebay.com/Down-Beat

Pesquisa a fazer Mini Lp, evitar Koreanos, USA, e alguns Lituanos, fonte garantida Japan

Quanto a mim, o meu gosto, bem claro que já devem ter percebido.
Very Happy

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Astra 16/12/2008, 08:45

fm&stereo escreveu:Com HDCD ou não o digital é sempre um som mecánico (não orgânico), ao contrário do vinilo. O mesmo se aplica a todo o digital, como a amplificação... Não é por acaso que existe a conversão para o analógico - é que se alimenta a esperança de conseguir alcançar o analógico. E quanto à orgânica, poderia tambem falar das válvulas e de impressões associadas a estas e ao vinilo, tais como a questão da dinâmica que se perde na incompreenção daquilo que pode estar associado à mecánica sonora própria dos transistores. Note-se que não é nada fácil conseguir a orgânica nos transistores. Existem alguns vestígios em alguns componentes de algumas marcas, como a Audiolab, a Naim, a Krel, etc, mas impossivel de comparar com as válvulas.
Falar da fita magnética poderia levar-nos ainda mais longe neste tópico. Mas parece-me que em termos práticos o vinilo é a melhor forma que temos de tirar partido do vinilo.
Já agora, Mozarteano, qual é o «gira e companhia» que usas?

Se pensarmos que actualmente todas as gravações são feitas no domínio digital, tudo isto me cheira a surrealismo.

Astra
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 207
Data de inscrição : 03/06/2007
Pontos/Reputação : 84

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 17/12/2008, 01:49

Astra,
Não é surrealismo, é a triste realidade. Então não existem também discos de vinilo saidos de gravação digital?!... Tal como a qualidade das gravações sempre tiveram os seus limites, também o digital é uma parte deste drama.
Já agora, reparem na diferênça entre AAD, ADD e DDD. Sobre isto também já li algures na nete algo que explica muito bem esta matéria.
O importante é procurar tirar o melhor partido possível do suporte, seja ele digital ou analógico.
Boas audições. 🆒
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 22/12/2008, 14:34

Uma sugestão para os amantes do vinil como é o caso do fm&stereo e do amigo analógico. O álbum da editora stockfisch do grupo de jazz The Bassface swing trio (tribute to Cole Porter) e que é gravado em Direct Metal Mastering (DSD 2.8224 Mhz to disc) de 180 gramas e que é um absoluto espanto para qualquer amante do bom som. O CD (seja ele qual for, cd dvda, sacd, hdcd) falta-lhes a todos a invenção dos meios uns e dos meis zeros Laughing para atingirem tal perfeição. É simplesmente um deleito para os ouvidos e restantes sentidos. Aconselho vivamete a aquisição deste Lp.

Abraço

António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 22/12/2008, 14:54

Astra escreveu:
fm&stereo escreveu:Com HDCD ou não o digital é sempre um som mecánico (não orgânico), ao contrário do vinilo. O mesmo se aplica a todo o digital, como a amplificação... Não é por acaso que existe a conversão para o analógico - é que se alimenta a esperança de conseguir alcançar o analógico. E quanto à orgânica, poderia tambem falar das válvulas e de impressões associadas a estas e ao vinilo, tais como a questão da dinâmica que se perde na incompreenção daquilo que pode estar associado à mecánica sonora própria dos transistores. Note-se que não é nada fácil conseguir a orgânica nos transistores. Existem alguns vestígios em alguns componentes de algumas marcas, como a Audiolab, a Naim, a Krel, etc, mas impossivel de comparar com as válvulas.
Falar da fita magnética poderia levar-nos ainda mais longe neste tópico. Mas parece-me que em termos práticos o vinilo é a melhor forma que temos de tirar partido do vinilo.
Já agora, Mozarteano, qual é o «gira e companhia» que usas?

Se pensarmos que actualmente todas as gravações são feitas no domínio digital, tudo isto me cheira a surrealismo.

Caro Astra,

Desculpa lá só agora responder á tua questão, pois só agora é que a vi.
Tenho um Rega P5 com moldura em cerejeira que em termos estéticos é também muito apeletivo, com uma célula Benz, com cabos de phono QED e andar de phono Creek, com suposto e possivel upgrade não sei para quando,se para 2009, ou não planos numa altura destas tornar-se-ão desvanecidos com muita rapidez, pois tenho outros compromissos até aqui com um estimado amigo deste espaço, e tenho que os honrar mas tenho alguns em vista, entre eles o famoso Lukaschek o maitre da Benz, bem e um belissimo andar de phono , pau para toda a obra, mas excessivamente caro para a minha bolsa, falo do novo IOS da Rega, é soberbo, com vários ajustes de ganho etc, etc.

Tive um Black Cube mas hoje estou um pouco arrependido de o ter despacahado. Ñão é que o meu Creek, seja mau, até está a desempenhar um belo papel, ainda é manufacturado no Reino Unido, mas confesso, para o meu prato e célula necessitava de algo mais arrojado, como diz a Madame do Ferrero Rocher lol! , isto sónicamente falando.

Mas isto está preto, tal como a côr do Vinilo, vamos ver como será 2009.

Abraço

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 23/12/2008, 01:25

Boa dica António.

Mozarteano, já viste o Dino da Trichord R.? Eu comprei já com o Dino+ e igualmente o cabo extra, mas o Dino apenas é imbatível. Quanto a ajustes, este tem precisamente todos os necessários.
Boas audições com o teu P5. 🆒
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  A Pauca Sed Bona 23/12/2008, 01:37

E vocês ainda não ouviram o P10 Cool Cool . É curioso como em Portugal a maior parte do pessoal anda sempre à volta das mesmas coisas Rolling Eyes .

Não tenham medo de fugir ao mainstream e conhecerem coisas novas. Além de não pagarem nada poderão ficar agradavelmente surpreendidos.

Um Abraço

João Gouveia

_________________
PAUCA SED BONA,Lda Importador oficial exclusivo para Portugal, das marcas PURE SOUND, AVID HIFI e BENZ-MICRO. Reparação e restauro de gira-discos e colunas de som. Home Cinema, amplificação a válvulas e solid state.
www.paucasedbona.pt
Sala de Audições: Rua João das Regras Nº 5 GR6 2605-792 Casal de Cambra
Nota: a 5 minutos do Dolce Vita Tejo
Tlm:91 231 5200 contacto:João Gouveia
email: paucasedbona2004@gmail.com
A Pauca Sed Bona
A Pauca Sed Bona
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 658
Localização : Casal da Cambra: a 5 min do Dolce Vita Tejo ou: Saír da CREL no nó de Belas
Data de inscrição : 24/07/2007
Pontos/Reputação : 287

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 23/12/2008, 03:49

Pelo contrário, para mim o importante não é o conceito, mas aquilo a que este se refere. Quero dizer que, não me prendo por uma marca, um desenho ou aspecto, mas por aquilo que é suposto, ou seja, pela razão de ser - no caso de uma aparelhagem, é reproduzir o mais fielmente possível o som de uma gravação.
Já agora, há alguma proposta?
cumprimentos. Cool
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 23/12/2008, 09:26

fm&stereo escreveu:

Mozarteano, já viste o Dino da Trichord R.? Eu comprei já com o Dino+ e igualmente o cabo extra, mas o Dino apenas é imbatível. Quanto a ajustes, este tem precisamente todos os necessários.
Boas audições com o teu P5. 🆒

fm&stereo,

O Dino Trichord é muito bom, mas é demasiada(€€€€€) areia para a minha camioneta. De todos mesmo assim o mais ''acessível'' é o Lukascheck, foi igualmente concebido para as células benz, o que será uma mais valia.
Como disse tive um belíssimo andar de phono, o Lehmann - Black Cube, com ajustes, e muito arrependido estou. Era uma andar de phono muito acessivel em termos de custo, e muito versátil.

Quanto ao P5 é sempre a bombar, ou melhor é sempre a girar, é um prato simples, sóbrio, sem funções supérfluas, tudo aquilo que um melómano e audiófilo necessita, atenção falo por mim como é óbvio. É um prato muito falado por esse mundo fora, e a sua qualidade/preço é imbatível, reviews e mais reviews nos 4 cantos do planeta falam por si e não deixam dúvidas. Se eu com um andar de phono da treta como o meu, o P5 toca o que toca, imaginem com um andar de phono a sério. Bom mas neste momento a minha prioridade será para a mplificação, confesso que sempre foi o elo mais fraco. Mas o ''arame'' não chega para tudo. Arame! Gosto desta!

Atenção isso das reviews é subjectivo, e para mim pouco importa, o que interessa é a minha intuição, não me tenho dado mal com ela, bom modéstia á parte, sempre são 29 anos nestas andanças da alta fidelidade e da música, só como hobby óbviamente e naturalmente que também dão um empurrãozinho.


Quanto ao P10, não sei de nada.

Abraço

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Mayday 24/12/2008, 05:47

Se a gravação original (Master) é digital, e por isso carregada de "uns e zeros", não entendo como é que depois de convertida em analógico ganha os tais "meios uns e meios zeros"? Suspect

Entendo que se o suporte apresenta informação que não consta do original, não é uma cópia fiel da realidade. É um suporte ao qual foi introduzida informação adicional, e por isso nunca poderá ser considerada um suporte fidedigno... independentemente de soar melhor para muitos.

Mayday
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 53
Data de inscrição : 20/05/2008
Pontos/Reputação : 0

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 24/12/2008, 10:20

No caso dos Lp's da Stockfisch, o processo é completamente analógico. Inclusivamente, seis dos oito microfones são a válvulas (Neumann/Gefell) e nalgumas das suas gravações, para alem de ser DMM, também possuem a tecnologia de fazer o direct to disc. Só possível com equipamento de topo e músicos de topo. Desse sinal analógico, é feita uma passagem para o digital em DSD, que segundo se consta, tem uma frequência de leitura 64 vezes superior à do CD e daí são feitos os seus SACD.
Um dos problemas do DMM no fim/inicio dos anos 70/80, éra a dureza do cobre aplicado, o que fazia com que a fundura de corte fosse demasiado limitada, afetando os graves. Isso deixou de ser um problema depois de se começar a usar um cobre extremamente macio (CU-Pyrophosphat).
Espero que estas poucas explicações de alguém que não é expert, (nem nada que se pareça) ajudem a entender o porquê do magnifico som dos álbuns da Stockfisch.
E é por estas gravação analógica, e mais alguns milhões delas que andam por aí à espera de ser ouvidas, que começou a brincadeira dos meios uns e zeros.

Laughing

Mas é claro que tudo o que é e o que não é explicável por teorias, factuais ou não, fica sempre aquém do que é audível e influencia todo um estado sensorial que a audição do vinilo, ou ainda muito melhor mas ao alcance de poucos, os Master Tapes nos provocam.

Bom natal e muitas prendas musicais.

António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 25/12/2008, 00:58

Bem dito António. Uns e zeros são algo que não pertence à natureza e o nosso ouvido sabe-o muito bem.
Boas audições. santa
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 25/12/2008, 09:56

Bom dia fm&stereo

Sim há coisas que mesmo sem podermos explicar, são o que são e no ultimo audioshow, foi bem audível. Cheguei a não querer aquereditar no que estava a ouvir, e a pensar como era possivel alguem se dar a todo aquele trabalho e investimento para expor um produto de tão baixa qualidade sonora. Mas é óbvio o porquê. Não por falta de investimento em trabalho e dinheiro, mas sim porque do disco prateado, não da para extrair mais. E já melhorou muito desde os anos 80. Lembro-me de ter comprado um leitor de cd no fim dos anos 80, e de pensar que iria atingir o céu do som, mas a decepção foi enorme. Tinha eu na altura o meu Dual que comprei em 1980 Very Happy . Claro que a qualidade do cd melhorou bastante desde então, mas isso também se aplica ao vinil, portanto, na minha óptica, a distancia mantém-se. O único problema do vinil, é o facto de requerer da pessoa que o ouve, dedicação, leitura, investigação, enfim gosto pelo hobby. A revista alemã LP (que se dedica em exclusivo ao analógico) diz na capa; Revista para a alta fidelidade analógica e cultura do vinil. O vinil para além do som magnifico, é em simultâneo algo de cariz intelectual. Mas isso dá trabalho. Quem não se quer dar ao trabalho, têm que se conformar com um suporte de som inferior, como o cd ou o mp3. Mas isto é como tudo na vida, Há vinho feito à pressa, e o bom. Há o fast food, e a gastronomia a sério. O bom no meio disto tudo, é que cada um come, lê , vê e ouve o que bem quiser, consoante o trabalho a que se quiser dar.

Bom natal

António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 26/12/2008, 03:14

Exactamente. Cada um terá que escolher. Isto até é bom e eu, por comodidade, também ouço o CD. Mas a questão de ser CD ou outro suporte é já outra, pois até o papel está em estudo por uma portuguesa para ser utilizado como suporte. Portanto o suporte do futuro ainda está para vir.
Eu continuo a comprar CD's, mas o que mais me agrada comprar é vinilo. Não é por acaso que este é de eleição, é que mesmo com os leitores mais caros, fico sempre com o desejo de ouvir a mesma musica em vinilo. E quando mudo para este é sempre como um alívio, pois é uma sensação que se experimenta, que o CD simplesmente não dá. Mesmo com os limites que alguns gira-discos mostram, é sempre bem mais agradável ouvir o vinilo. Então quando um gira-discos consegue tirar tudo das «entranhas» de um disco de vinilo, meus amigos, quem poderá querer o CD?!...
Continuação de boas festas, bom ano e boas audições. 🆒
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 26/12/2008, 17:19

Boa tarde amigo fm&stereo

Já agora uma pequena pergunta. Qual é a tua cadeia analógica a começar pela cabeça, o bracinho Very Happy que me parece engraçado e prato que também parece ser jeitoso, mas na tua foto é tudo um pouco imperceptível. Também gostava de saber qual o teu pré de phono.

Abraço e continuação de boas festas.

Antonio

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 26/12/2008, 18:50

Alô António,
O meu sistema analógico é um caso corioso - digo eu. Tudo começou com o «bichinho analógico». Pesquisei um pouco e, mesmo sem conhecer a marca em questão (Pro-Ject), analisei tudo o que a marca oferecia e com a ajuda de uma crítica que li na net, encomendei o 1 Xpression. A cabeça escolhi a MM4 da marca.
Logo percebi que devia comprar a sped-box e assim o fiz. Optimo! Entretanto começo a obter mais informação sobre a matéria. Compro então uma Dynavector - imagine-se que é já mais cara que o próprio gira-discos. Depois disso novos desafios: começo com o DIY, na construção de um braço e, ao mesmo tempo, compro a Denon DL103 e um braço RB250. Segue-se então a loucura de construir uma nova estrutura de forma a transformar o gira-discos. Procurei estudar toda a problemática envolvente de um gira-discos e, enquanto isso, fiz duas esperiências diferentes. À terceira é já a definitiva.
O mesmo aconteceu com os braços, cuja experiência definitiva é visível, sendo este uma espécie de cópia do Schroder Reference, com cablagem Van den Hul.
O gira-discos é uma estrutura em madeira com três pés, onde podem ser acopuladas bases e devidos braços. No interior encontra-se grão de chumbo, fechado por baixo. O motor está acopulado através de uma estrutura com alguma espécie de material que ajuda no combate das resonâncias, além do motor ser já por si perfeitamente silencioso, estando como de origem, fixo (em suspensão) através de uma borracha. Assenta nuns spikes feitos por mim. Igualmente feito por mim é a clamp, também esta cheia de grão de chumbo. Antes tinha comprado também a Cleraudio twist. Portanto, aquilo que é de origem é o prato, o subprato e chumaceira, incluindo o motor.
Com esta façanha e com a minha falta de cuidado, já comprei e parti duas Dynavector 10X5. Espero que quando comprar a próxima - em princípio a Lyra Dorian - não me volte a acontecer tal coisa, pois seria uma verdadeira desgraça.
Braços, fiz um de 9" e um de 12".
Andar de phono, do andar de phono do Audiolab, que era já bom, comprei o Trichord Dino, Dino+ e o cabo opcional. Entretando comprei também um Cambridge Audio 640p, para uma segunda sonoridade e alternativa.
Acho que está esclarecido o «mistério». Gira-discos que superou até à data todos os que ouvi, inclusive o (não lembro o nome) de 20.000€.
Boas audições. 🆒
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 26/12/2008, 19:33

Grande aventura. Os braços da Schröder são umas pequenas obras de arte. Não sei até que ponto os conseguistes imitar, mas os meus sinceros parabéns. Podias tirar umas fotos para a malta (que se interessa) ver mais ao pormenor. Como fazes as peças de precisão para o braço? Ou a maioria é tirada de outros braços? Que madeira utilizastes para a execução do mesmo? Sabes qual o peso especifico para fazer os calculoso para comprar agulha a condizer? Desculpa lá o bombardeamento de perguntas, mas isto é mesmo assunto interessante.
Assim que poderes, arranja uma pedra de xisto com 35mm ou mais de espessura e experimenta por o teu prato em cima. Eu vou fazer o mesmo, e dizem que as diferenças são grandes. Outro conselho, se me for permitido, é a aquisição de um fonte de alimentação do D. Fuss.
Isso também é um upgrade que vale a pena. Quanto à agulha que pensas comprar, em minha opinião é uma excelente agulha. Já tive o privilegio de a ouvir no Rui Borges, e são excelentes no detalhe, e muito dinâmicas.
Bom, quando arranjares um pouco de tempo e vontade, tenta satisfazer a curiosidade deste apaixonado do vinil. Very Happy

António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 27/12/2008, 16:29

António José da Silva escreveu:(...) Quanto à agulha que pensas comprar, em minha opinião é uma excelente agulha. Já tive o privilegio de a ouvir no Rui Borges, e são excelentes no detalhe, e muito dinâmica (...)
Subscrevo a opiniam formulada, pois, durante algum tempo, ouvi obras mediante a leitura da Lyra Dorian, a qual faz um casamento perfeito com o gira-bolachas Kenwood do companheiro Prof.

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Analógico

Mensagem  fm&stereo 28/12/2008, 02:09

António José da Silva escreveu:Grande aventura. Os braços da Schröder são umas pequenas obras de arte. Não sei até que ponto os conseguistes imitar, mas os meus sinceros parabéns. Podias tirar umas fotos para a malta (que se interessa) ver mais ao pormenor. Como fazes as peças de precisão para o braço? Ou a maioria é tirada de outros braços? Que madeira utilizastes para a execução do mesmo? Sabes qual o peso especifico para fazer os calculoso para comprar agulha a condizer? Desculpa lá o bombardeamento de perguntas, mas isto é mesmo assunto interessante.
Assim que poderes, arranja uma pedra de xisto com 35mm ou mais de espessura e experimenta por o teu prato em cima. Eu vou fazer o mesmo, e dizem que as diferenças são grandes. Outro conselho, se me for permitido, é a aquisição de um fonte de alimentação do D. Fuss.
Isso também é um upgrade que vale a pena. Quanto à agulha que pensas comprar, em minha opinião é uma excelente agulha. Já tive o privilegio de a ouvir no Rui Borges, e são excelentes no detalhe, e muito dinâmicas.
Bom, quando arranjares um pouco de tempo e vontade, tenta satisfazer a curiosidade deste apaixonado do vinil. Very Happy

António

Olá António,
Obrigado. Eu em termos de fotos estou um pouco limitado, pois tirei algumas com um telemóvel outras com outro e outras ainda com fotografia normal, com a minha Nikon FM2. Mas logo que possa ponho aqui algumas. Máquina digital é coisa que ainda não aderi.
Quanto à questão do casamento com as cabêças, não me parece haver problema, ao contràrio de outros braços. Isto é basicamente por duas razões: uma, porque o material usado (madeira) é por si muito fácil de se adaptar, seja pela levesa ou densidade, ou seja, por ser bem compacto; a outra é porque a forma de apoio é quase inesistente, o que lhe dá uma capacidade de acção e resposta que não impede qualquer exigência da parte da cabêça. Portanto, a questão da compilância, quanto a mim, não é problema.
Quanto ao xisto, por acaso já há algum tempo que penso nisso, só que para a caso onde me encontro não é uma boa ideia. Tenho um problema, acima de tudo, de espaço a que espero brevemente seja resolvido, com uma mudança de casa.
Obrigado pela dica da fonte, mas não sei que alimentação é essa.
A Lyra: yes! Apenas sei que funcionaria melhor com outro andar de phono, mas não se pode ter tudo! Crying or Very sad
Boas audições. 🆒
fm&stereo
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 60
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 08:50

Uma pedra, colocada por baixo do gira-discos, pode ter (e tem, de facto) um efeito estéctico fabuloso, dando um ar de originalidade muito grande. No entanto, quanto a propriedades mecânicas, ressoa mais que o vidro, pelo que não será a base de sustentação ideal para um gira-discos, que requer um sistema de desacoplamento extraordinariamente eficaz, e livre de todas as ressonâncias e vibrações possíveis.

Abraços a todos e boas audições,
Francisgr

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 14:28

Boa tarde amigo Francisgr

Só para esclarecer algumas coisas em relação ao seu post anterior. O pessoal que me aconselha vivamente a usar a pedra debaixo do prato, não o aconselha por razões estéticas. Muitos deles têm pratos (alguns deles vários) e equipamento para os suportar que excede em muito o valor do que eu até hoje gastei nas andanças do som, já para não falar das agulhas (gosto deste nome Laughing ) que eles têm na colecção, tais como VDH, Shelter, Lyra, Ortofon Valencia, Transfiguration, entre outras, mas contrariamente ao comum dos morais, (eu) todas em simultâneo. Isto para por as coisas na perspectiva certa. A outra questão, é que não estamos a falar de uma qualquer pedra. Depois de experimentarem com muitos tipos de pedra, (e outros materiais) a maioria chegou à conclusão que o xisto têm características soberbas para o efeito, com características que em muito beneficiam o comportamento sonoro do prato (outro nome de que gosto
Laughing )

Claro que eu não faço a mínima ideia dos benefícios que o xisto possa trazer, só sei (como referi no meu post) que dizem ser benéfico.

Abraço


António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 20:53

Caro amigo, suponho que já tenha feito medições, com pedra e sem pedra, para dizer uma coisa dessas. Eu não costumo emitir opiniões de ânimo leve e muito menos sem conhecimento de causa. Se lhe estou a dizer que a pedra tem um efeito mais pernicioso que o vidro é porque já assisti a testes, levados a cabo por uma das pessoas mais idóneas em Portugal, relativamente a este meio, e que são perfeitamente conclusivos.

Quanto ao equipamento que essas pessoas que manifestam opiniões têm ou deixam de ter, eu estou a borrifar-me. Cada qual tem o equipamento que tem e só lhe posso dizer que quem tem equipamento assim tão caro está a desperdiçar uma grande quantidade de prazer musical por a ignorar o uso do vidro como elemento desacoplador.

Francisgr

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 23:00

Boa noite caro Francisgr

Como é óbvio, não sou eu, um mero leigo na matéria, que vai opinar em contrário em relação ás constatações que as suas mui nobres e provavelmente cientificas fontes lhe deram. Nem tenho a menor duvida, de que quando fala, (escreve) não é de certo, de ânimo leve. Também não duvido de modo algum que saiba ler. O que eu duvido, é que saiba interpretar um texto. A razão desta minha conclusão, é que em nada do que eu escrevi dirigido ao colega de fórum fm&stereo, está mencionado que o xisto é uma mais valia sonora, quer comprovada com experiências quer não, dai não entender a frase: "Caro amigo, suponho que já tenha feito medições, com pedra e sem pedra, para dizer uma coisa dessas"
Portanto, o "dizer uma coisa dessas", não se aplica ao que eu escrevi. O que eu escrevi em relação ao seu post foi, e passo citar, foi: "Claro que eu não faço a mínima ideia dos benefícios que o xisto possa trazer, só sei (como referi no meu post) que dizem ser benéfico."
Escusado será dizer, que opiniões e testes feitos por pessoas que não sabem interpretar um texto, não me interessam (em português brejeiro, estou-me a borrifar, palavreado algo desaconselhável e de mau tom )
No caso de a mal interpretação se dever ao meu português pouco explicito e de qualidade que eu confesso ser má, peço as minhas desculpas.
Em relação à pedra, como gosta de dizer, eu vou assim que possa experimentar. Nem sempre testes no áudio, são sinonimo de sabedoria absoluta.


Uma boa noite a todos

Antonio

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 23:20

António José da Silva escreveu:Boa noite caro Francisgr

Como é óbvio, não sou eu, um mero leigo na matéria, que vai opinar em contrário em relação ás constatações que as suas mui nobres e provavelmente cientificas fontes lhe deram. Nem tenho a menor duvida, de que quando fala, (escreve) não é de certo, de ânimo leve. Também não duvido de modo algum que saiba ler. O que eu duvido, é que saiba interpretar um texto.
Escusado será dizer, que opiniões e testes feitos por pessoas que não sabem interpretar um texto, não me interessam (em português brejeiro, estou-me a borrifar, palavreado algo desaconselhável e de mau tom) (...)
Prezados António José da Silva e Francisgr!

Sem pretender advogar em prol de algum dos intervenientes, limito-me a parafrasear uma personagem de televisão: "Não havia necessidade" No

Sugiro que coloquem uma pedra sobre o assunto, seja de xisto, mármore, basalto ou de outro tipo, evitando, assim, ressonâncias indesejadas.

Com melhores cumprimentos,
Ghost4u

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Convidad 28/12/2008, 23:32

Boa noite caro Ghost4u

Eu por mim, está pedra, quer testada ou não, por cima do assunto Very Happy
Mas ninguém gosta que lhe metam palavras que não disse na boca. De resto, quero dizer que estou aqui para me divertir e em especial, para aprende. A conversa com o colega fm&estereo até estava a ser bastante interessante e cordial.

Portanto, All we need is love.

Abraços

António

Convidad
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Analógico - Página 2 Empty Re: Analógico

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos