Fórum audiopt.net
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Ajudar Portugal

+3
audiobio
manel1
ricardo onga-ku
7 participantes

Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Ajudar Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku 5/5/2011, 11:08

recebi este "programa de crescimento económico" por email

Portugal afundou. Quer que aconteça um milagre económico no nosso país?

Então deixe-se de seguir dissertações de economistas ao serviço de
interesses, que não os nossos! Não se deixe mais manipular pelo
marketing! Faça aquilo que os políticos, por razões óbvias, não lhe
podem recomendar sequer, mas que individualmente você pode fazer:

torne-se PROTECCIONISTA da nossa economia!

Para isso:

1. Experimente comprar preferencialmente produtos fabricados em
Portugal.
Experimente começar pelas idas ao supermercado (carnes,
peixe, legumes, bebidas, conservas, preferencialmente, nacionais).
Experimente trocar, temporariamente, a McDonalds, ou outra qualquer
cadeia de fast food, pela tradicional tasca portuguesa. Experimente
trocar a Coca Cola à refeição, por uma água, um refrigerante, ou uma
cerveja sem álcool, fabricada em Portugal.

2. Adie por 6 meses a 1 ano todas as compras de produtos
estrangeiros
, que tenha planeado fazer, tais como automóveis, TV e
outros electrodomésticos, produtos de luxo, telemóveis, roupa e
calçado de marcas importadas, férias fora do país, etc., etc..

Leia com atenção e reencaminhe para que sejamos muitos a ter esta atitude!!!!

Portugal afundou, somos enxovalhados diariamente por considerações e
comentários mais ou menos jocosos vindos de várias paragens, mas em
particular dos países mais ricos. Confundem o povo português com a
classe política incompetente e em muitos casos até corrupta que nos
tem dirigido e se tem governado a si própria.

Olham-nos como um fardo pesado incapaz de recuperar e de traçar um
rumo de desenvolvimento.

Agora, mais do que lamentar a situação de falência a que Portugal
chegou, e mais do que procurarmos fuzilar o responsável, cabe-nos dar
a resposta ao mundo mostrando de que fibra somos feitos para podermos
recuperar a nossa auto-estima e o nosso orgulho. Nós seremos capazes
de ultrapassar esta situação difícil. Vamos certamente dar o nosso
melhor para dar a volta por cima, mas há atitudes simples que podem
fazer a diferença.

O desafio é durante seis meses a um ano evitar comprar produtos
fabricados fora de Portugal. Fazer o esforço, em cada acto de compra,
de verificar as etiquetas de origem e rejeitar comprar o que não tenha
sido produzido em Portugal, sempre que existir alternativa.

Desta forma estaremos a substituir as importações que nos estão a
arrastar para o fundo e apresentaremos resultados surpreendentes a
nível de indicadores de crescimento económico e consequentemente de
redução de desemprego.
Há quem afirme que bastaria que, cada
português, substituísse em somente 100 euros mensais as compras de
produtos importados, por produtos fabricados no país, para que o nosso
problema de falta de crescimento económico ficasse resolvido.
Representaria para a nossa indústria, só por si, um acréscimo superior
a 12.000.000.000 de euros por ano, ou seja uma verba equivalente à da
construção de um novo aeroporto de Lisboa e respectivas
acessibilidades, a cada 3 meses!!!

Este comportamento deve ser assumido como um acto de cidadania, como
um acto de mobilização colectiva, por nós, e, como resposta aos povos
do mundo que nos acham uns coitadinhos incapazes.

Os nossos vizinhos Espanhóis há muitos anos que fazem isso. Quem já
viajou com Espanhóis sabe que eles, começam logo por reservar e
comprar as passagens, ou pacote, em agência Espanhola, depois, se
viajam de avião, fazem-no na Ibéria, pernoitam em hotéis de cadeias
exclusivamente Espanholas (Meliá, Riu, Sana ou outras), desde que uma
delas exista, e se encontrarem uma marca espanhola dum produto que
precisem, é essa mesma que compram, sem sequer comparar o preço (por
exemplo em Portugal só abastecem combustíveis Repsol, ou Cepsa). Mas,
até mesmo as empresas se comportam de forma semelhante! As
multinacionais Espanholas a operar em Portugal, com poucas excepções,
obrigam os seus funcionários que se deslocam ao estrangeiro a seguir
estas preferências e contratam preferencialmente outras empresas
espanholas, quer sejam de segurança, transportes, montagens industrias
e duma forma geral de tudo o que precisem, que possam cá chegar com
produto, ou serviço, a preço competitivo, vindo do outro lado da
fronteira. São super proteccionistas da sua economia! Dão sempre a
preferência a uma empresa ou produto Espanhol! Imitemos-los nós no
futuro!

Passe este texto para todos os seus endereços para chegarmos a todos
os portugueses.
Quando a onda pegar, vamos safar-nos.

Será um primeiro passo na direcção certa!
Viva Portugal.

ao que eu junto: comprem apenas equipamento de audio usado e a portugueses!
Evitem adquirir mais um gadget inútil só porque está na moda.
E usem o metropolitano sempre que puderem que o petróleo é importado. Wink
Chegou a altura de refrear este consumismo insano, esta infecção que nos está a matar...

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  manel1 5/5/2011, 16:07

Concordo com o comentário colocado pelo Onga-ku, mas não está isento de criticas, assim vejamos:

- Consumam produtos portugueses, mas se o equivalente estrangeiro custar metade do preço e tiver a mesma qualidade, faça como entender.

- Não deixe de comprar o televisor Samsung só porque está à espera que fabriquem um igual cá no país.

- Se tem boas pernas, não passe as suas tardes de Sábado e Domingo a ver televisão e como tal a gastar energia, dê um passeio pela cidade e aproveite o magnifico sol do nosso país. Os doces e as cervejas que poupou por por ter saído ajudou a emagrecer e a caminhada melhorou-lhe o estado geral da saúde.

- Em vez de passar 365 dias a ver novelas e as séries da ZON e MEO aproveite para tirar aquele curso de inglês que até é gratis patrocinado pelo centro de emprego, escola ou outra entidade da sua região. Aproveite para ver um ou outro programa de vez em quando daqueles que no fim possa dizer que aprendeu algo.

- Se é patrão:
-> Tire um pequeno curso de gestão de empresas.
-> Dê preferencia a mão de obra qualificada.
-> Aposte na qualidade, procure informação sobre os produtos que produz ou comercializa.
-> Não compre o topo de gama da mercedes, guarde algum dinheiro para desenvolvimento e investigação.
-> Procure saber o significado de processos de melhoria contínua.
-> Um trabalhador cujo esforço é reconhecido trabalha melhor.
-> Se não consegue escoar os seus produtos no mercado informe-se se existe alguma entidade que o possa ajudar, já ouviu falar em cooperativismo?

Um povo instruido vive melhor. Crie habitos de leitura, ofereça livros como prenda de aniversário, troque alguns dos brinquedos dos seus filhos por livros apropriados para as suas idades.

Como disse, o post anterior estava bom, mas se puderem acrescentar isto, melhor. Não se esqueçam de nas proximas eleições recompensarem quem trabalhou bem, votar não é só um direito, é um dever cívico.


manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2073
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2465

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  audiobio 5/5/2011, 16:42

Só para acrescentar que:

- Os produtos Made in Portugal no código de barras começam por 560
http://560.adamastor.org/

Cumprimentos

Audiobio
audiobio
audiobio
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 293
Idade : 58
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 04/06/2007
Pontos/Reputação : 179

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  Mfigueiredo 5/5/2011, 16:57



Bom.......

Não é viável a estas "horas" ensinar as pessoas a serem proteccionistas da nossa economia, até porque a esmagadora maioria das pessoas nem sabe onde o produto adquirido recentemente foi fabricado. (Eu só há dias é que soube que a "Parfois" é bem portuguesa, entre outros inumeros exemplos).

Não é viável conseguir que uma pessoa com pouco dinheiro compre um 1 kg de laranjas portugueses por, digamos, 1 € e ter ao lado um escaparate muito bonitinho, de laranjas espanholas, maiores, mais bonitas e eventualmente melhores, por 0.75 €.

Não é possível competir com os produtores de todo e qualquer produto que tenham mellhor organização que nós. Os nossos empresários bem organizados e evoluídos na matéria, exportam também. Para esses este conselho soar-lhes-ia a traição.

Resumindo: A MEU VER, NÃO SERÁ A SOLUÇÃO POSSÍVEL O COMPRAR NACIONAL POIS CADA VEZ MAIS O MERCADO É GLOBAL!

A SOLUÇÃO PASSA POR ISTO SIMPLESMENTE: GANHE PRIMEIRO E COMPRE DEPOIS!

Há um ditado que diz sobre os gastadores: "Chapa ganha - chapa gasta!

Hoje em dia penso que está mais assim: "Chapa gasta - meia chapa ganha" !!!! E este é, a meu ver, o nosso maior problema.

Estamos na cava de um ciclo mais na nossa vida. Um dia destes começamos a subir. Espero....... Embarassed




Mfigueiredo
Mfigueiredo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 540
Localização : Viseu
Interesses : Música e o resto
Data de inscrição : 09/06/2007
Pontos/Reputação : 607

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  Blink 5/5/2011, 18:43

Isto poderia ser válido se a CEE não nos tivesse pago para abatermos os nossos pomares e os nosos barcos, e se tivessemos sido educados desde pequeninos a ser mais consumistas dos nossos produtos, como os Espanhois por ex.

Mas o pib de uma nação não se mede só pela alimentação e bens essenciais, e a nossa Indústria?

Onde páram as nossas Empresas do tão falado choque tecnológico?
A que fêz o Magalhães?
Dois ou três investigadores que com muito mérito têm contribuido com descobertas a bem das tecnologias.

Não chega, temos que re-estruturar todas as mentes de quem gere todo o nosso tecido empresarial como se tivessemos saido agora de uma guerra civil e começar do nada, só assim Portugal se levantará com honra e orgulho, não é aplicando os lucros das empresas em carros topos de gama e em tijolo, é aplicar no engrandecimento da Empresa e apostar na produtividade para podermos competir com o mercado externo, caso contrário é revisão da matéria dada daqui a 3 anos.
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  MikeF 5/5/2011, 21:45

Quanto à ZenAudio, tenho tentado incentivar os criadores nacionais, nomeadamente o Rui Borges e ultimamente também o Ricardo Cruz.

Tenho também orgulho em dizer que a Xavian usa alguma tecnologia portuguesa, dado que usa fresas da nossa Frezite, de quem o Roberto Barletta tem muito boa impressão. E a união das placas das Xavian é feita dum modo complexo, com linguetas que realmente exigem fresas elaboradas.
MikeF
MikeF
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 236
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 314

http://www.ZenAudio.pt

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  Mfigueiredo 6/5/2011, 10:00

MikeF escreveu:Quanto à ZenAudio, tenho tentado incentivar os criadores nacionais, nomeadamente o Rui Borges e ultimamente também o Ricardo Cruz.

Tenho também orgulho em dizer que a Xavian usa alguma tecnologia portuguesa, dado que usa fresas da nossa Frezite, de quem o Roberto Barletta tem muito boa impressão. E a união das placas das Xavian é feita dum modo complexo, com linguetas que realmente exigem fresas elaboradas.

É um facto que temos os dois extremos. Do melhor que se faz pelo mundo fora, mas também do pior.

O problema é ser a metade pior a governar-nos!
Mfigueiredo
Mfigueiredo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 540
Localização : Viseu
Interesses : Música e o resto
Data de inscrição : 09/06/2007
Pontos/Reputação : 607

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  PMarques 6/5/2011, 11:41

Mfigueiredo escreveu:
MikeF escreveu:Quanto à ZenAudio, tenho tentado incentivar os criadores nacionais, nomeadamente o Rui Borges e ultimamente também o Ricardo Cruz.

Tenho também orgulho em dizer que a Xavian usa alguma tecnologia portuguesa, dado que usa fresas da nossa Frezite, de quem o Roberto Barletta tem muito boa impressão. E a união das placas das Xavian é feita dum modo complexo, com linguetas que realmente exigem fresas elaboradas.

É um facto que temos os dois extremos. Do melhor que se faz pelo mundo fora, mas também do pior.

O problema é ser a metade pior a governar-nos!

Olá,

Subscrevo. Eu tinha lido por aí o que um forista escreveu e retratou de forma perfeita o que se produz em Portugal em termos de audio nomeadamente Gira-Discos e o nome de Rui Borges foi a grande referência sem dúvida e que dispensa quaisquer apresentações.
Eu não tenho nenhum ''Último'', nem outro equipamento do artesão do analógico, tenho um SME há muitos anos, tive quase para optar por Notthingham Analogue de Tom Fletcher, este último infelizmente já não sendo vivo, isto para dizer que se poderá estabelecer de alguma forma um pequenos paralelo entre estes dois artesãos, só que um vive em Portugal, os outros em grandes civilizações, de qualquer forma é do conhecimento para aqueles que acompanham o audio que este génio do analógico e infelizmente a principal fatia resultante da venda dos seus produtos seja apenas para alguns amigos e pouco mais, não sei se isso será sustentável, pois os custos de produção são muito elevados também. Acho que o valor deste homem talvez pudesse ser sem dúvida mais e melhor reconhecido além fronteiras, mas só o próprio poderá avaliar e a ajuízar a situação.

Existe mérito, e quando existe tem de ser reconhecido. Como disse eu tenho as minhas inclinações em matéria de analógico, tenho as minha referências, mas um RB também poderia fazer muito bem o seu papel, sem dúvida alguma.


Sim, esteve na Alemanha, mas a Alemanha é um país com forte tradição no analógico, não sei se terá sido a melhor opção, em termos poder de compra para estas coisas é inquestionável, agora competir com os fabricantes de analógico que existem por lá, é uma missão bem complicada, a menos que este já tenha uma imensa list de encomendas, o tempo de espera é que não será muito agradável, mas para se fazer o bom há que esperar. Não sei qual foi o feedback por lá. É sempre muito positivo dar a conhecer o que de bom se faz por cá, mas tudo a seu tempo.

Para terminar, penso que Rui Borges poderá ser um eremita do analógico, num país quase moribundo com um mercado cada vez mais pequeno, de igual proporção em número carolas que gostam destas coisas, porque dizer que existem muitos afficionados é uma coisa, é muito bom que existam muitos mas de qualidade, e onde tudo está a acabar de forma quase inglória, agora a questão é saber se existem muitos com muito dinheiro, o que faz toda a diferença para a sustentabilidade desta paixão. O que se vai vendo há uns tempos para cá em eventos de audio retrata um pouco a situação de alguma amargura, ou seja podem-se ver ''muitos'' visitantes, alguns picos até de salas cheias, também depende um pouco do tamanho destas, mas haver poder de compra real no sentido dos expositores considerarem ser positivo e bem empregues as centenas de euros gastos nos stands é que me parece ser muito pouco, posso estar a ver mal o problema, nada melhor do que ouvir os profissionais.

Votos de bons e muitos negócios.


PMarques
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 148
Localização : Lisboa
Interesses : Música
Data de inscrição : 04/04/2011
Pontos/Reputação : 213

Ir para o topo Ir para baixo

Ajudar Portugal Empty Re: Ajudar Portugal

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos