Fórum audiopt.net
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Made in Portugal

Página 24 de 26 Anterior  1 ... 13 ... 23, 24, 25, 26  Seguinte

Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 1/1/2014, 17:58

A HISTÓRIA UNIVERSAL DA INFÂMIA


Entre os portugueses e a luxúria do poder, Passos Coelho escolheu o poder. Fica registado.

«Este Governo, o de Pedro Passos Coelho, nasceu de uma infâmia. No livro "Resgatados", de David Dinis e Hugo Coelho, insuspeitos de simpatias por José Sócrates, conta-se o que aconteceu. O então primeiro-ministro chamou Pedro Passos Coelho a São Bento para o pôr a par do PEC4, o programa que evitava a intervenção da troika em Portugal e que tinha sido aprovado na Comissão Europeia e no Conselho Europeu, com o apoio da Alemanha e do BCE, que queriam evitar um novo resgate, depois dos resgates da Grécia e da Irlanda.
Como conta Sócrates na entrevista que hoje se publica, Barroso sabia o quanto este programa tinha custado a negociar e concordava com a sua aplicação, preferível à sujeição aos ditames da troika, uma clara perda de soberania que a Espanha de Zapatero e depois de Rajoy evitou.
Pedro Passos Coelho foi a São Bento e concordou. O resto, como se diz, é história. E não é contada por José Sócrates que um dia a contará toda. No livro conta-se que uma personagem chamada Marco António Costa, porta-voz das ambições do PSD, entalou Passos Coelho entre a espada e a parede. Ou havia eleições no país ou havia eleições no PSD. Pedro Passos Coelho escolheu mentir ao país, dizendo que não sabia do PEC4. Cavaco acompanhou. E José Sócrates demitiu-se, motivo de festa na aldeia.

Detenho-me nesta mentira porque, quando as águas se acalmam no fundo poço, é o momento de nos vermos ao espelho. Pedro Passos Coelho podia ter agido como um chefe político responsável e ter recusado a chantagem do seu partido. Podia ter respondido ao diligente Marco António que o país era mais importante do que o partido e que um resgate seria um passo perigoso para os portugueses. Não o fez. Fraquejou.

Um Governo que começa com uma mentira e uma fraqueza em cima de uma chantagem não acaba bem. Houve eleições, esse momento de vindicação do pequeno espaço político que resta aos cidadãos, e o PSD ganhou, proclamando a sua pureza ideológica e os benefícios da anunciada purga de Portugal. Os cidadãos zangados com o despesismo de José Sócrates e do PS, embarcaram nesta variação saloia do mito sebástico. O homem providencial. Os danos e o sofrimento que esta estupidez tem provocado a Portugal são impossíveis de calcular. Consumada a infâmia, a campanha contra José Sócrates continuou dentro de momentos. Todos os dias aparecia uma noticiazinha que espalhava pingos de lama, ou o Freeport, ou a Face Oculta, ou a TVI, ou todas as grandes infâmias de que Sócrates era acusado. Ao ponto do então chefe do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, que se tinha aliado ao PCP e ao PSD para deitar o Governo abaixo e provocar a demissão e eleições (no cálculo eleitoralista misturado com a doutrina esquerdista que ignorava a realidade e as contas de Portugal), me ter dito numa entrevista que considerava "miserável" a "campanha pessoal" da direita contra Sócrates. Palavras dele.
Aqui chegados, convém recordar o que o Governo de Passos Coelho tem dito e feito. Recordar as prepotências de Miguel Relvas, os despedimentos, os SMS, os conluios entre a Maçonaria e os serviços secretos, os relatórios encomendados, os escândalos, a ameaça da venda do canal público ao regime angolano, e, por fim, o suave milagre de um inexistente diploma. Convém recordar as mentiras sobre o sistema fiscal, os cortes orçamentais, a adiada e nunca apresentada reforma do Estado, as privatizações apressadas e investigadas pelo MP, os negócios e nomeações, a venda do BPN, as demissões (a de Gaspar, a "irrevogável" de Portas), as mentiras de Maria Luís, os swaps e, por último, cúmulo das dezenas de trapalhadas, o espetáculo da "Razão de Estado" vista pela miopia de Rui Machete. Convém recordar que na semana da demissão de José Sócrates os juros do nosso financiamento externo passaram de 7% para 14%. E os bancos avisaram-no de que não aguentavam. Sócrates sentou-se e assinou o memorando.

Que o atual primeiro-ministro não hesitasse, mais uma vez, em invocar um segundo resgate para ganhar as eleições autárquicas que perdeu, diz tudo sobre a falta de escrúpulos deste Governo, a que se soma a sua indigência, a sua incompetência, o seu amadorismo. A intransigência. Este é o problema, não a austeridade.

José Sócrates foi estudar. Escreveu uma tese, agora em livro, que o honra porque tem um ponto de vista bem argumentado, politicamente corajoso vindo de um ex-primeiro-ministro. E vê-se que sabe o que diz. Podem continuar a odiá-lo, criticá-lo, chamar-lhe nomes. Não alinho nas simpatias ou antipatias pela personagem, com a qual falei raras vezes. O que não podem é culpá-lo de uma infâmia que levou o país ao colapso político, financeiro, cívico e moral.

Entre os portugueses e a luxúria do poder, Passos Coelho escolheu o poder. Fica registado».


(Clara Ferreira Alves)
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 2/1/2014, 22:17

Subsídios de Férias e de Natal dos deputados para 2014 aumentam 91,8%!



A notícia é mesmo verdadeira e vem no Diário da República.

O orçamento para o funcionamento da Assembleia da República foi já aprovado em 25 de Outubro passado.
Fomos ver e notámos logo, contudo já sem surpresa, que as despesas e os vencimentos previstos com os deputados e demais pessoal aumentam em 2014.

Mais uma vez, como é já conhecido e sabido, a Assembleia da República dá o mau exemplo do despesismo público e, pelos vistos, não tem emenda.

Em relação ao ano em curso de 2013, o Orçamento para o funcionamento da Assembleia da República para 2014 prevê um aumento global de 4,99% nos vencimentos dos deputados, passando estes de 9.803.084 € para 10.293.000,00 €.

Mais estranho ainda é a verba relativa aos subsídios de férias de natal que, relativamente ao orçamento para o ano de 2013, beneficia de um aumento de 91,8%, passando, portanto, de 1.017.270,00 € no orçamento relativo a 2013 para 1.951.376,00 € no orçamento para 2014 (são 934.106,00 € a mais em relação ao ano anterior!).

Este brutal aumento não tem mesmo qualquer explicação racional, ainda assim fomos consultar a respetiva legislação para ver a sua fórmula de cálculo e não vimos nenhuma alteração legal desde o ano de 2004, pelo que não conseguimos mesmo saber as causa e explicação para tanto..

Basta ir ao respetivo documento do orçamento da Assembleia da República para 2014 e, no capítulo das despesas, tomar atenção à rubrica 01.01.14, está lá para se ver.

Já as despesas totais com remunerações certas e permanentes com a totalidade do pessoal, ou seja, os deputados, assistentes, secretárias e demais assessores, ao serviço da Assembleia da República aumentam 5,4%, somando o total € 44.484,054.

Os partidos políticos também vão receber em 2014,  a título de subvenção política e para campanhas eleitorais,  o montante de € 18.261.459.

Os grupos parlamentares ainda recebem uma subvenção própria de 880.081,00 €, sendo a subvenção só para despesas de telefone e telemóveis a quantia de 200.945,00 €.

É ver e espantar!...É fartar, vilanagem!...

Caso tenham dúvidas é só consultarem o D.R.,  1.ª Série, n.º 226,  de 21/11/2013, relativo ao orçamento de 2014, e o D.R., 1.ª Série, n.º 222, de 16/11/2012, relativamente ao orçamento de 2013.


Paulo Jorge Teodósio
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  enxuto em 2/1/2014, 22:43

Incrível. E nós aturamos tudo.

enxuto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 672
Data de inscrição : 15/11/2008
Pontos/Reputação : 588

http://anos80.abportal.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 4/1/2014, 00:42



isto é para ver tudo até ao FIM...

Vejam só o minuto 7:05... e está tudo dito.

Os portugueses têm de se revoltar... se não for através dos militares vai ter de ser os próprios cidadãos a organizar e a resolver isto.




Sigam este conselho...

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 4/1/2014, 00:56



Porque é que os portugueses perderam os subsídios e ganham mal...
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 4/1/2014, 01:03

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 4/1/2014, 01:16

Made in Portugal - Página 24 Swaps

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 4/1/2014, 17:24

As premonições de Natália Correia


"A nossa entrada (na CEE) vai provocar gravíssimos retrocessos no país, a Europa não é solidária com ninguém, explorar-nos-á miseravelmente como grande agiota que nunca deixou de ser. A sua vocação é ser colonialista".

"A sua influência (dos retornados) na sociedade portuguesa não vai sentir-se apenas agora, embora seja imensa. Vai dar-se sobretudo quando os seus filhos, hoje crianças, crescerem e tomarem o poder. Essa será uma geração bem preparada e determinada, sobretudo muito realista devido ao trauma da descolonização, que não compreendeu nem aceitou, nem esqueceu. Os genes de África estão nela para sempre, dando-lhe visões do país diferentes das nossas. Mais largas mas menos profundas. Isso levará os que desempenharem cargos de responsabilidade a cair na tentação de querer modificar-nos, por pulsões inconscientes de, sei lá, talvez vingança!"

"Portugal vai entrar num tempo de subcultura, de retrocesso cultural, como toda a Europa, todo o Ocidente".

"Mais de oitenta por cento do que fazemos não serve para nada. E ainda querem que trabalhemos mais. Para quê? Além disso, a produtividade hoje não depende já do esforço humano, mas da sofisticação tecnológica".

"Os neoliberais vão tentar destruir os sistemas sociais existentes, sobretudo os dirigidos aos idosos. Só me espanta que perante esta realidade ainda haja pessoas a pôr gente neste desgraçado mundo e votos neste reaccionário centrão".

"Há a cultura, a fé, o amor, a solidariedade. Que será, porém, de Portugal quando deixar de ter dirigentes que acreditem nestes valores?"

"As primeiras décadas do próximo milénio serão terríveis. Miséria, fome, corrupção, desemprego, violência, abater-se-ão aqui por muito tempo. A Comunidade Europeia vai ser um logro. O Serviço Nacional de Saúde, a maior conquista do 25 de Abril, e Estado Social e a independência nacional sofrerão gravíssimas rupturas. Abandonados, os idosos vão definhar, morrer, por falta de assistência e de comida. Espoliada, a classe média declinará, só haverá muito ricos e muito pobres. A indiferença que se observa ante, por exemplo, o desmoronar das cidades e o incêndio das florestas é uma antecipação disso, de outras derrocadas a vir"."

Natália Correia, escritora
Fajã de Baixo, São Miguel, 13 de Setembro de 1923 — Lisboa, 16 de Março de 1993
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 7/1/2014, 12:04

COMPOSIÇÃO DO GABINETE DO ''NOSSO'' 1º-MINISTRO          
           
Função Nome Idade Nomeação Vencimento    
Chf,  Gabinete Francisco Ribeiro de Menezes 46 anos 06-08-2011------------------------------4.592,43    
Assessor Carlos Henrique Pinheiro Chaves 60 anos 21-06-2011---------------------------------3.653,81    
Assessor Pedro Afonso A, Amaral e Almeida 38 anos 18-07-2011-------------------------------3.653,81    
Assessor Paulo João L, Rêgo Vizeu Pinheiro 48 anos 11-07-2011-------------------------------3.653,81    
Assessor Rudolfo Manuel Trigoso Rebelo 48 anos 21-06-2011-----------------------------------3.653,81    
Assessor Rui Carlos Baptista Ferreira 47 anos 21-06-2011---------------------------------------- 3.653,81    
Assessora Eva Maria Dias de Brito Cabral 54 anos 12-10-2011---------------------------------- 3.653,81    
Assessor Miguel Ferreira Morgado 37 anos 21-06-2011--------------------------------------------3.653,81    
Assessor Carlos A Sá Carneiro Malheiro 38 anos 01-12-2011------------------------------------ 3.653,81    
Assessora Marta Maria N, Pereira de Sousa 34 anos 21-06-2011------------------------------- 3.653,81    
Assessor Bruno V de Castro Ramos Maçaes 37 anos 01-07-2011------------------------------ 3.653,81    
Adjunta Mafalda Gama Lopes Roque Martins 35 anos 01-07-2011------------------------------ 3.287,08    
Adjunto Carlos Alberto Raheb Lopes Pires 38 anos 21-06-2011----------------------------------3.287,08    
Adjunto João Carlos A Rego Montenegro 34 anos 21-06-2011------------------------------------3.287,08    
Adjunta Cristina Maria Cerqueira Pucarinho 46 anos 23-08-2011---------------------------------3.287,08    
Adjunta Paula Cristina Cordeiro Pereira 41 anos 22-08-2011--------------------------------------3.287,08    
Adjunto Vasco Lourenço C P Goulart Ávila 47 anos 21-11-2011----------------------------------3.287,08    
Adjunta Carla Sofia Botelho Lucas 28 anos 25-01-2012---------------------------------------------3.287,08    
Técnica Especialista Bernardo Maria S Matos Amaral 38 anos 07-09-2011--------------------3.287,08    
Técnica Especialista Teresa Paula Vicente Figueiredo Duarte 44 anos 21-07-2011---------3.653,81    
Técnica Especialista Elsa Maria da Palma Francisco 40 anos 16-01-2012---------------------3.653,81    
Técnica Especialista Maria Teresa Goulão de Matos Ferreira 49 anos 18-07-2012----------3.653,81    
Secretária pessoal Maria Helena Conceição Santos Alves 54 anos 18-07-2011--------------1.882,76    
Secretária pessoal Inês Rute Carvalho Araújo 46 anos 18-07-2011------------------------------1.882,76    
Secretária pessoal Ana Clara S Oliveira 38 anos 13-07-2011--------------------------------------1.882,76    
Secretária pessoal Maria de Fátima M L Hipólito Samouqueiro 47 anos 21-06-2011--------1.882,76    
Secretária pessoal Maria Dulce Leal Gonçalves 52 anos 01-07-2011----------------------------1.882,76    
Secretária pessoal Maria M, Brak-Lamy Paiva Raposo 59 anos 13-07-2011-------------------1.882,76    
Secretária pessoal Margarida Maria A A Silva Neves Ferro 53 anos 21-06-2011-------------1.882,76    
Secretária pessoal Maria Conceição C N Leite Pinto 51 anos 21-06-2011----------------------1.882,76    
Secretária pessoal Maria Fernanda T C Peleias de Carvalho 45 anos 01-08-2011-----------1.882,76    
Secretária pessoal Maria Rosa E Ramalhete Silva Bailão 58 anos 01-09-2011----------------1.882,76    
Coordenadora Luísa Maria Ferreira Guerreiro 48 anos 01-01-2012-------------------------------1.506,20    
téc, administrativo Alberto do Nascimento Cabral 59 anos 01-01-2012---------------------------1.506,20    
téc, administrativo Ana Paula Costa Oliveira da Silva 42 anos 01-01-2012----------------------1.506,20    
téc, administrativo Elisa Maria Almeida Guedes 47 anos 01-01-2012-----------------------------1.500,00    
téc, administrativo Isaura Conceição A Lopes de Sousa 59 anos 01-01-2012------------------1.506,20    
téc, administrativo José Manuel Perú Éfe 60 anos 01-01-2012-------------------------------------1.506,20    
téc, administrativo Liliana de Brito 50 anos 01-01-2012-----------------------------------------------1.500,00    
téc, administrativo Maria de Lourdes Gonçalves Ferreira Alves 61 anos 01-01-2012---------1.506,20    
téc, administrativo Maria Fernanda Esteves Ferreira 57 anos 01-01-2012-----------------------1.506,20    
téc, administrativo Maria Fernanda da Piedade Vieira 61 anos 01-01-2012---------------------1.506,20    
téc, administrativo Maria Umbelina Gregório Fernandes Barroso 47 anos 1-1-2012----------1.500,00    
téc, administrativo Zulmira Jesus G Simão Santos Velosa 47 anos 01-01-2012---------------1.506,20    
téc, administrativo Artur Vieira Gomes 53 anos 01-01-2012-----------------------------------------1.600,15    
téc, administrativo Benilde Rodrigues Loureiro da Silva 58 anos 01-01-2012---------------------975,52    
Apoio Auxiliar Fernando Manuel da Silva 68 anos 01-01-2012----------------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Francisco José Madaleno Coradinho 45 anos 01-01-2012------------------------1.472,82    
Apoio Auxiliar Joaquim Carlos da Silva Batista 57 anos 01-01-2012---------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar José Augusto Morais 51 anos 01-01-2012-----------------------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Maria Lurdes da Silva Barbosa Pinto 58 anos 01-01-2012--------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Maria de Lurdes Camilo Silva 65 anos 01-01-2012------------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Maria Júlia R Gonçalves Ribeiro 58 anos 01-01-2012--------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Maria Natália Figueiredo 64 anos 01-01-2012------------------------------------------975,52    
Apoio Auxiliar Maria Rosa de Jesus Gonçalves 58 anos 01-01-2012-------------------------------975,52    
Motorista António Francisco Guerra 52 anos 01-01-2012--------------------------------------------1.848,53    
Motorista António Augusto Nunes Meireles 61 anos 01-01-2012----------------------------------2.028,28    
Motorista António José Pereira 48 anos 01-01-2012--------------------------------------------------1.848,53    
Motorista Arnaldo de Oliveira Ferreira 49 anos 01-01-2012-----------------------------------------1.848,53    
Motorista Jaime Manuel Valadas Matias 52 anos 01-01-2012--------------------------------------1.848,53    
Motorista Jorge Henrique S Teixeira Cunha 52 anos 01-01-2012----------------------------------1.848,53    
Motorista Jorge Martins Morais 46 anos 01-01-2012--------------------------------------------------1.848,53    
Motorista José Hermínio Frutuoso 53 anos 01-01-2012----------------------------------------------1.848,53    
Motorista Nuno Miguel R Martins Cardoso 37 anos 01-01-2012-----------------------------------1.848,53    
Motorista Paulo Jorge Pinheiro da Cruz Barra 40 anos 01-01-2012-------------------------------1.848,53    
Motorista Rui Miguel Pedro da Silva Machado 42 anos 01-01-2012-------------------------------1.848,53    
Motorista Vitor Manuel G Marques Ferreira 42 anos 01-01-2012-----------------------------------1.848,53    
   
Total/Mês € 149.486,76  
           
Resumo    
   
1 Chefe de Gabinete          
10 Assessores          
7 Adjuntos          
4 Técnicos Especialistas          
10 Secretárias Pessoais          
1 Coordenadora          
13 Técnicos Administrativos          
9 Apoio Auxiliar          
12 Motoristas        
           
           
E o povão que lhe alimente estas sansessugas...
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty AS tabelas do IRS para 2014 estão aqui.

Mensagem  Blink em 15/1/2014, 16:40

AS tabelas do IRS para 2014:

http://dre.pt/pdf2sdip/2014/01/010000001/0000200004.pdf

Não deixa de ser interessante porque é que os pensionistas pagam mais IRS do que se estivessem a trabalhar...
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Vida e obra de passos coelho..

Mensagem  Blink em 15/1/2014, 16:42

Vida e obra de passos coelho - Empresa dirigida por Passos Coelho condenada por negligência


http://tretas.org/PedroPassosCoelho#Empresa_dirigida_por_Passos_Coelho_condenada_por_neglig.2BAOo-ncia
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  rjbv17 em 15/1/2014, 21:58

A «Burla dos direitos adquiridos», segundo Ângelo Correia

Reparem bem no comportamento deste sujeito....


Em Novembro de 2010, no Plano Inclinado da SIC Notícias, Ângelo Correia afirmou que adquiridos são apenas os direitos como o direito à vida, o direito à liberdade, etc. Defendeu que todos os outros direitos, ou seja, aqueles que custam dinheiro ao Estado, são direitos que «não existem», que estão dependentes da solidez da economia. Concluiu mesmo que a ideia de direitos adquiridos é uma «burla».

No entanto, menos de um ano depois, em 23 de Outubro de 2011, quando questionado por uma jornalista da Antena 1 sobre a possibilidade de, em função do momento difícil que o país atravessa, abdicar da sua subvenção vitalícia de ex-titular de cargo público (quando, ainda por cima, é empresário no sector privado), Ângelo Correia afirmou não estar disponível para o fazer, por se tratar de um «direito adquirido» legalmente.

Vale a pena ver e ouvir, para perceber quem é  Ângelo Correia  


https://www.youtube.com/watch?v=HLfOhT6GfIg#t=59
rjbv17
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 205
Idade : 64
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 380

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  rjbv17 em 15/1/2014, 22:02

Outra demonstração de coerência ...

https://www.youtube.com/watch?v=0XJawEGhwTc
rjbv17
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 205
Idade : 64
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 380

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 15/1/2014, 22:58

rjbv17 escreveu:A «Burla dos direitos adquiridos», segundo Ângelo Correia

Reparem bem no comportamento deste sujeito....


Em Novembro de 2010, no Plano Inclinado da SIC Notícias, Ângelo Correia afirmou que adquiridos são apenas os direitos como o direito à vida, o direito à liberdade, etc. Defendeu que todos os outros direitos, ou seja, aqueles que custam dinheiro ao Estado, são direitos que «não existem», que estão dependentes da solidez da economia. Concluiu mesmo que a ideia de direitos adquiridos é uma «burla».

No entanto, menos de um ano depois, em 23 de Outubro de 2011, quando questionado por uma jornalista da Antena 1 sobre a possibilidade de, em função do momento difícil que o país atravessa, abdicar da sua subvenção vitalícia de ex-titular de cargo público (quando, ainda por cima, é empresário no sector privado, apenas e somente porque lhes dá jeito), Ângelo Correia afirmou não estar disponível para o fazer, por se tratar de um «direito adquirido» legalmente.

Vale a pena ver e ouvir, para perceber quem é  Ângelo Correia  


https://www.youtube.com/watch?v=HLfOhT6GfIg#t=59

Não é só o Angelo Correia são todos...

No sentido da Conversa destes idiotas (que agora parece que esta na moda), propunha que se acabasse com o direito adquirido das fronteiras de Portugal continental e que se começasse de novo.

Que dizem? De acabar com este direito adquirido? Eu Acho que sim...
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 22/1/2014, 18:06

O banqueiro, a sua Isabel e o senhor Presidente

Sabem quem é uma das «consultoras» do senhor Presidente da República? Não sabem? Então comecem pelas quadras. Se não acreditarem, vejam, mais abaixo, o Despacho do Sr.Aníbal.

Era uma vez um banqueiro
À D. Isabel ligado.
Vive do nosso dinheiro,
Mas nunca está saciado.

Vai daí, foi a Belém
E pediu ao presidente
Que à sua Isabel, também,
Desse um job consistente.

E o bom do Dom Cavaco
Admitiu a senhora,
Arranjando-lhe um buraco
E o cargo de consultora.

O banqueiro é o Fernando,
Conhecido por Ulrich,
E que diz, de vez em quando,
«Quero que o povo se lixe!».

E o povo aguenta a fome?
«Ai aguenta, aguenta!».
E o que o povo não come
Enriquece-lhe a ementa.

E ela, D. Isabel,
Com Cavaco por amigo.
Não sabe da vida o fel
Nem o que é ser sem-abrigo.

Cunhas, tachos, amanhanços,
Regabofe à descarada.
É fartar, que nós, os tansos,
Somos malta bem mandada.

Mas cuidado, andam no ar
Murmúrios, de madrugada.
E quando o povo acordar
Um banqueiro não é nada.

É só um monte de sebo,
Bolorento gabiru.
Fora do banco é um gebo,
Um rei que passeia nu.

Cavaco, Fernando Ulrich,
Bancos, Troikas, Capital.
Mas que aliança tão fixe
A destruir Portugal!



Despacho nº.5776/2011



Nos termos artigos 3º. nº2 e 16º. nºs 1 e 2 do Decreto-Lei nº. 28-A/96, de 4 de Abril, nomeio consultora da Casa Civil Isabel Diana Bettencourt Melo de Castro Ulrich, funcionária do Partido Social Democrata, com efeito a partir desta data e em regime de requisição, fixando-lhe os abonos previstos nos nºs. 1 e 2 do artigo 20º. do referido diploma em 50% dos abonos de idêntica natureza estabelecidos para os adjuntos.



9 de Março de 2011.--O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva





DITOSA PÁTRIA... QUE TAIS FILHOS TEM!

Claro, com o "AGUENTA... AGUENTA...", este "SEM-ABRIGO"
vê-se obrigado a recorrer ao "Padrinho" para "abrigar" a esposa!


de * Armindo Castelo Bento *
(armindobento@gmail.com)
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 12/2/2014, 21:44

Para que servem as fundações em portugal?

Precisamente paa isto:

Isaltino com lugar em fundação depois da prisão
Nomeado para a Administração da Fundação Marquês de Pombal.


Isaltino Morais, que pode estar a dias de sair da prisão, onde se encontra a cumprir uma pena de dois anos por fraude fiscal, tem à sua espera um lugar no conselho de administração da Fundação Marquês de Pombal, Ao que o CM apurou, o nome do ex-presidente da Câmara de Oeiras, de 64 anos, surge em primeiro lugar na lista de designados para a administração da Fundação, entre 2013 e 2016, da qual fazem parte também Armindo de Azevedo, Alfredo Castro, Aline de Almeida e Maria Paula da Silva....

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/isaltino-com-lugar-em-fundacao-depois-da-prisao
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Carta de Julio Isidro. Passaram 40 anos do sonho de Abril...

Mensagem  Blink em 15/2/2014, 21:40

NÃO, NÃO ESTOU VELHO!!!!!!
NÃO SOU É SUFICIENTEMENTE NOVO PARA JÁ SABER TUDO!

Passaram 40 anos de um sonho chamado Abril.
E lembro-me do texto de Jorge de Sena…. Não quero morrer sem ver a cor da liberdade.
Passaram quatro décadas e de súbito os portugueses ficam a saber, em espanto, que são responsáveis de uma crise e que a têm que pagar…. civilizadamente, ordenadamente, no respeito das regras da democracia, com manifestações próprias das democracias e greves a que têm direito, mas demonstrando sempre o seu elevado espírito cívico, no sofrer e ….calar.
Sou dos que acreditam na invenção desta crise.
Um “directório” algures decidiu que as classes médias estavam a viver acima da média. E de repente verificou-se que todos os países estão a dever dinheiro uns aos outros…. a dívida soberana entrou no nosso vocabulário e invadiu o dia a dia.
Serviu para despedir, cortar salários, regalias/direitos do chamado Estado Social e o valor do trabalho foi diminuído, embora um nosso ministro tenha dito decerto por lapso, que “o trabalho liberta”, frase escrita no portão de entrada de Auschwitz.
Parece que alguém anda à procura de uma solução que se espera não seja final.
Os homens nascem com direito à felicidade e não apenas à estrita e restrita sobrevivência.
Foi perante o espanto dos portugueses que os velhos ficaram com muito menos do seu contrato com o Estado que se comprometia devolver o investimento de uma vida de trabalho.Mas, daqui a 20 anos isto resolve-se.
Agora, os velhos atónitos, repartem o dinheiro entre os medicamentos e a comida.
E ainda tem que dar para ajudar os filhos e netos num exercício de gestão impossível.
A Igreja e tantas instituições de solidariedade fazem diariamente o miagre da multiplicação dos pães.
Morrem mais velhos em solidão, dão por eles pelo cheiro, os passes sociais impedem-nos de sair de casa, suicidam-se mais pessoas, mata-se mais dentro de casa, maridos, mulheres e filhos mancham-se de sangue , 5% dos sem abrigo têm cursos superiores, consta que há cursos superiores de geração espontânea, mas 81.000 licenciados estão desempregados.
Milhares de alunos saem das universidades porque não têm como pagar as propinas, enquanto que muitos desistem de estudar para procurar trabalho.
Há 200.000 novos emigrantes, e o filme “Gaiola Dourada” faz um milhão de espectadores.
Há terras do interior, sem centro de saúde, sem correios e sem finanças, e os festivais de verão estão cheios com bilhetes de centenas de euros.
Há carros topo de gama para sortear e auto-estradas desertas. Na televisão a gente vê gente a fazer sexo explícito e explicitamente a revelar histórias de vida que exaltam a boçalidade.
Há 50.000 trabalhadores rurais que abandonaram os campos, mas há as grandes vitórias da venda de dívida pública a taxas muito mais altas do que outros países intervencionados.
Há romances de ajustes de contas entre políticos e ex-políticos, mas tudo vai acabar em bem...estar para ambas as partes.
Aumentam as mortes por problemas respiratórios consequência de carências alimentares e higiénicas, há enfermeiros a partir entre lágrimas para Inglaterra e Alemanha para ganharem muito mais do que 3 euros à hora, há o romance do senhor Hollande e o enredo do senhor Obama que tudo tem feito para que o SNS americano seja mesmo para todos os americanos. Também ele tem um sonho…
Há a privatização de empresas portuguesas altamente lucrativas e outras que virão a ser lucrativas. Se são e podem vir a ser, porque é que se vendem?
E há a saída à irlandesa quando eu preferia uma…à francesa.
Há muita gente a opinar, alguns escondidos com o rabo de fora.
E aprendemos neologismos como “inconseguimento” e “irrevogável” que quer dizer exactamente o contrário do que está escrito no dicionário.
Mas há os penalties escalpelizados na TV em câmara lenta, muito lenta e muito discutidos, e muita conversa, muita conversa e nós, distraídos.
E agora, já quase todos sabemos que existiu um pintor chamado Miró, nem que seja por via bancária. Surrealista…
Mas há os meninos que têm que ir à escola nas férias para ter pequeno- almoço e almoço.
E as mães que vão ao banco…. alimentar contra a fome , envergonhadamente , matar a fome dos seus meninos.
É por estes meninos com a esperança de dias melhores prometidos para daqui a 20 anos, pelos velhos sem mais 20 anos de esperança de vida e pelos quarentões com a desconfiança de que não mudarão de vida, que eu não quero morrer sem ver a cor de uma nova liberdade.
Júlio Isidro
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty O POLVO LARANJA e o seu Principal Dirigente

Mensagem  Blink em 16/2/2014, 12:53

========== O POLVO LARANJA e o seu Principal Dirigente ===============

.
Lá diz o povo, a verdade é como o azeite. Acaba sempre por vir à tona.
"O POLVO" E A OPERAÇÃO FACE OCULTA COM RABO DE FORA:

1- A partir de 2008 torna-se evidente que a operação Face Oculta foi redirecionada pela investigação e pelos Media para passar a visar principalmente Sócrates. Era preciso derrubar Sócrates e mudar de governo, porque havia gigantescos interesses em jogo e, em particular, o caso BPN prometia dar cabo do PSD.

2. Das fraudes do BPN ignora-se ainda hoje a maior parte. Trata-se de uma torrente de lama inesgotável, que todos os nossos Media evitam tocar.

3. O agora falado caso IPO/Duarte Lima, de que Isaltino também foi uma peça fulcral, nem foi sequer abordado durante o Inquérito Parlamentar sobre o BPN , inquérito a que o PSD se opôs então com unhas e dentes, como é sabido. A tática então escolhida pelo polvo laranja foi desencadear um inquérito parlamentar paralelo, para averiguar se Sócrates estava ou não a «asfixiar» comunicação social ! Mais uma vez, uma produção de ruído para abafar o caso BPN e desviar as atenções.

4. Mas é interessante examinar como é que o negócio IPO/Lima foi por água abaixo.

5. Enquanto Lima filho, Raposo e Cia. criavam um fundo com dezenas de milhões, amigavelmente cedidos pelo BPN de Oliveira e Costa, Isaltino pressionava o governo para deslocar o IPO para uns terrenos de Barcarena, concelho de Oeiras. Isaltino comprometia-se a comprar os terrenos (aos Limas e Raposo, como sabemos hoje) com dinheiro da autarquia e a «cedê-los generosamente» ao Estado para lá construir o IPO. Fazia muito jeito que fosse o município de Oeiras a comprar os terrenos e não o ministério da Saúde, porque assim o preço podia s ajustado entre os amigos vendedores e compradores, quiçá com umas comissões a transferir para a Suíça.

6. Duarte Lima tinha sido vogal da comissão de ética (!) do IPO entre 2002 e 2005, estava bem dentro de todos os assuntos e tinha ótimas relações para propiciar o negócio. Além disso, construiu a imagem de homem que venceu o cancro, história lacrimosa com que apagava misérias anteriores. O filho e o companheiro do PSD Vítor Raposo eram os escolhidos para dar o nome, pois ao Lima pai não convinha que o seu nome figurasse como interessado no negócio.

7. Em Junho de 2007 Isaltino dizia ainda que as negociações para a compra dos terrenos em causa estavam "em fase de conclusão" (só não disse nunca foi a quem os ia comprar, claro). E pressionava o ministro da Saúde: "Se se der uma mudança de opinião do governo, o cancelamento do projeto não será da responsabilidade do município de Oeiras."

8. Como assim, "mudança de opinião do governo"?

9. Na verdade, Correia de Campos apenas dissera à Lusa que o governo encarava a transferência do IPO para fora da Praça de Espanha e que estava a procurar um terreno, em Lisboa ou fora da cidade, para esse efeito. Nenhuma decisão tinha sido tomada, nem nunca o seria antes das eleições para a Câmara de Lisboa, que iam realizar-se pouco depois, em Julho de 2007.

10. No decorrer do ano de 2007, porém, a Câmara de Lisboa, cuja presidência foi conquistada por António Costa, anunciou que ia disponibilizar um terreno municipal para a construção do novo IPO no Parque da Bela Vista Sul, em Chelas, Lisboa. Foi assim que se lixou o projeto Lima-Isaltino: o ministro Correia de Campos não cedeu às pressões de Isaltino e a nova Câmara de Lisboa pretendia que o IPO se mantivesse em Lisboa. Com Santana à frente da autarquia e um ministro da Saúde do PSD teria tudo sido muito diferente. E os Limas e Raposos não teriam hoje as chatices que se sabe. E Duarte Lima até talvez já tivesse uma estátua no Parque dos Poetas do amigo Isaltino.

11. Sabemos como, alguns meses depois deste desfecho, o ministro Correia de Campos foi atacado por Cavaco no discurso presidencial de Ano Novo, em 1 de janeiro de 2008. Desgostado com as críticas malignas do vingativo Presidente, Correia de Campos pediu a sua demissão ainda nesse mês. Não sabemos o que terá levado Cavaco a visar dessa maneira um ministro do governo Sócrates, por sinal um dos mais competentes. Que Cavaco queria a pele de Correia de Campos, foi bem visível. Ele foi a causa do fracasso do projeto do IPO/Oeiras e dos prejuízos causados ao clan do seu amigo Duarte Lima e ao polvo laranja (ª).

É bem possível que essa tenha sido a razão.

(ª) - é bom que se entenda que o polvo laranja tem o seu pai no Senhor Silva, hoje PR, que nunca falou sobre o BPN, mas o lodo deste senhor é bem maior !!!

SE QUERES REVERTER ESTA SITUAÇÃO E VER A JUSTIÇA SENDO FEITA PELA FORÇA DOS CIDADÃOS, ENTÃO REPASSA PARA TODOS OS TEUS CONTACTOS SEM RECEIO DO QUE POSSAM VIR A PENSAR DE TI.
Ajuda-os a serem CIDADÃOS, despertando sua consciência.
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 16/2/2014, 21:33

Made in Portugal - Página 24 264539_3701865883146_1444023543_n
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 16/2/2014, 21:40

Made in Portugal - Página 24 1476719_621632717896705_1326804897_n
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 16/2/2014, 21:46

Made in Portugal - Página 24 I_20110107_14_accoesDeCavacoVendidasSemContratoIsentasImposto
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 21/2/2014, 13:04


Só emigram os talentos, quem devia emigrar era estes cachopos que nos desgovernam...

http://www.leituras.eu/?p=15423#CiumAqAQ65z5cRJw.99
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 21/2/2014, 13:05

Faria de Oliveira ganha mais na CGD do que Christine Lagarde no FMI !

E nós é que estamos em crise?!...



A Agencia da Caixa Geral de Depósitos encerrou na Ilha da Madeira (acabou o Paraíso Fiscal) e abriu dependência nas Ilhas Caimão ... não é só o PINGO DOCE que foge...

Sem comentários

Faria de Oliveira ganha mais na CGD do que Christine Lagarde no FMI

Em média os trabalhadores portugueses ganham menos de 50% em relação aos dos restantes 27 países da EU.
Isto ajuda a explicar a grave crise económica, financeira e social que Portugal está a viver.
Para que conste, e para que os futuros Faria de Oliveira e outros possam ser respeitados, repasso o presente e-mail esperando com o mesmo contribuir para a moralização da política em Portugal.
Retirado do site da CGD, referente a 2009 (ainda não divulgaram os valores de 2010):

Presidente - remuneração base: 371.000,00 ?
Prémio de gestão: 155.184,00 ?
Gastos de utilização de telefone: 1.652,47 ?
Renda de viatura: 26.555,23 ?
Combustível: 2.803,02 ?
Subsídio de refeições: 2.714,10 ?
Subsídio de deslocação diário: 104,00 ?
Despesas de representação: não quantificado (cartão de crédito onde "apenas" são consideradas despesas decorrentes da actividade devidamente documentadas com facturas e comprovativos de movimento)

Christine Lagarde receberá do FMI mais 10% do que Dominique Strauss-Kahn, mas mesmo assim menos do que o presidente da Caixa Geral de Depósitos, entre outros gestores portugueses, pelo que a senhora ainda está mal paga pelo padrão de Portugal.
Palavras para quê?
Isto só se resolverá quando a Troika, obrigada a justificar como é que o dinheiro dos contribuintes dos países da EU se gasta na ajuda a Portugal, for obrigada a tomar posição.
É imperioso reduzir a despesa do Estado abrangendo também os Institutos e empresas do Estado e municipais (provavelmente a ultrapassar o milhar).
Não esquecer que na maioria são empresas que duplicam funções do Estado ou do poder local (autarquias) e todas elas com gestores com vencimentos e regalias muito superiores ao vencimento dos Deputados e do Presidente da República (PR), até Outubro de 2005 com direito a reforma antecipada, podendo acumular com outros vencimentos ou reformas. Até o PR Cavaco Silva tem pelo menos mais duas reformas.
Se José Sócrates não tivesse tido o desplante de acabar com as reformas antecipadas dos políticos e dos gestores públicos em Outubro de 2005, os processos do Freeport, do diploma de Engenheiro e outros nunca teriam tido o eco que tiveram.

É preciso que se saiba que:
"... os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro, mas os nossos gestores recebem, em média:
· mais 32% do que os americanos;
· mais 22,5% do que os franceses;
· mais 55 % do que os finlandeses;
· mais 56,5% do que os suecos"


(Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/09)

E têm a lata de chamar a nossa atenção afirmando que "os portugueses devem trabalhar mais e gastam acima das suas possibilidades."
Com um abraço de cidadão preocupado com o futuro de Portugal, incluindo sobretudo os jovens, desempregados e os empregados pobres (vencimentos na média dos 500 ?).

Não divulgar é cumplicidade!
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 22/2/2014, 14:15

Passos Coelho:

"O país está melhor..."
http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO325620.html
(2014) 240 mil milhões!!!

É uma coisa que se nota bastante.
http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/1294-divida-publica-voltou-furar-meta-governo-2013

Divida publica: (2000) 60 mil milhões!!! seria? - (2011) 120 mil milhões!!! será? - (2014) 240 mil milhões!!! esta parece que é!

Corrijam-me sff.
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 22/2/2014, 14:21

resumindo:

É preciso que se saiba que:
"... os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro, mas os nossos gestores recebem, em média:
· mais 32% do que os americanos;
· mais 22,5% do que os franceses;
· mais 55 % do que os finlandeses;
· mais 56,5% do que os suecos"


Os portugueses não podem pagar impostos a PRIVADOS!

E se o estado não quer mexer em dinheiro então a assembleia da republica tem se ser dissolvida... o cavaco demitido e o passos que vá arranjar trabalho coisa aliás que ele nunca fez...
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 22/2/2014, 21:00

Cont(h)abilidades

Os titulares das Finanças são quem mais descredibiliza a função. Sempre que um novo entra, arrasa com a reputação do antecessor. Muitos milhares de milhões são gastos de forma secreta, como reconheceu o próprio presidente do Tribunal de Contas.


http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/conthabilidades-001816040

desmoronamento da civilização

Não tenho dúvidas de que vamos entrar num período de idade média...
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 5/3/2014, 21:01

Nada que as pessoas mais atentas já não saibam...

Mas já começa a meter nojo estes mercenários pagos pelos EUA e pela Europa, aliás o ideal europeu começa a desmoronar porque as pessoas começam a acordar...

É inquestionável a semelhança entre estas manifestações na Ucrânia com as do Cairo no Egipto ou com a Primavera Árabe como é conhecida internacionalmente, a onda revolucionária de manifestações e protestos que vêm ocorrendo no Médio Oriente e no Norte de África desde 18 de Dezembro de 2010. O Modus Operandi é igual à primavera árabe, incrível não é!

Manifestantes que não trabalham há mais de 3 meses (vivem de quê?), manifestantes armados com armas automáticas, fardados e com a cara tapada, vestem coletes à prova de vala que custam 1.500 euros cada num país onde os ordenados rondam os 150 euros!!!... entre outras coisas...

Pois o que eu acho é que os Ucranianos não têm nada a ganhar com a aproximação à União Europeia e que alguns (não muitos) aqueles que estão a favor, estão a ser enganados e utilizados pelo ocidente.

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 5/3/2014, 23:58

Quando o ocidente tiver o que quer nas mãos (depois já não haverá mais mercenários para fazerem a revolução) e os ucranianos serão espoliados pela França, Inglaterra, Alemanha, EUA e pelo FMI... a troco da mentira da falsa democracia...

Os portugueses esses continuarão a ter cortes nos seus salários até estarem iguais aos dos ucranianos e a serem despedidos...
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 10/3/2014, 15:07

300 mercenários americanos na Ucrânia...

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty VAMOS VOTAR CONTRA ESTE desGOVDERNO!

Mensagem  Blink em 5/4/2014, 14:45

Cada vez que se aproxima um ato eleitoral surgem, na sociedade civil, opiniões diversas sobre o voto, a abstenção e as respetivas interpretações.

É importante lembrarmos o SIGNIFICADO de cada um dos comportamentos eleitorais:

1. ABSTENÇÃO, significa:
- Estou de ACORDO com os Governantes no poder;
- Tanto me servem estes Governantes, como quaisquer outros;
- NÃO DOU nenhum valor ao facto de poder dar opinião sobre a Governação.

2. VOTO BRANCO, significa:
- Estou de ACORDO com os Governantes no poder;
- Tanto me servem estes Governantes, como quaisquer outros;
- DOU valor ao facto de poder dar opinião sobre a Governação.

3. VOTO NO GOVERNO, significa:
- Estou de ACORDO com os Governantes no poder;
- NÃO QUERO Governantes vindos da oposição;
- DOU valor ao facto de poder dar opinião sobre a Governação.

4. VOTO NA OPOSIÇÃO, significa:
- NÃO estou de ACORDO com os Governantes no poder;
- QUERO Governantes vindos da oposição;
- DOU valor ao facto de poder dar opinião sobre a Governação.

5. VOTO NULO, significa:
- NÃO estou de ACORDO com os Governantes no poder;
- NÃO quero Governantes vindos da oposição;
- DOU valor ao facto de poder dar opinião sobre a Governação.

Resumindo:
- Abstenção, Voto Branco e Voto no Governo, são três formas distintas de APOIAR a Governação;
- Voto na Oposição e Voto Nulo, são duas formas distintas de CONTRARIAR a Governação.
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 24 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 24 de 26 Anterior  1 ... 13 ... 23, 24, 25, 26  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum