Fórum audiopt.net
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Made in Portugal

Página 3 de 26 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 14 ... 26  Seguinte

Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo felisberto em 19/1/2011, 23:15

Olha já eu estou muito mais de acordo com o que é dito acima.

Actualmente em pt há uma clarissima clivagem entre os esmifrados (que em alguns casos são mesmo sodomizados) e os meia-duzia de filhos-da-p..a que usufruem desse esmifranço.

Ha, e as contas são simples. Mesmo PIB sem depreciação de preços equivale a dizer que a massa monetária em circulação é a mesma.

O mesmo dinheiro.

Pensionistas, funcionarios publicos, beneficiários de apoios sociais (rendimento minimo, desempregados, abonos de familia), ...

Milhões com menos.

Milhões. O mesmo dinheiro.

Quem está melhor? Quantos são? Porque razão os acionistas da PT não pagaram impostos sobre as mais-valias (atenção que não falo das mais-valias, mas dos impostos sobre as mesmas)? E os desgraçados com o salario minimo subiram 10€.

Uma Giga-vergonha, ou melhor uma Xuxa-vergonha. P..a que os pariu !!!

ricardo felisberto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 508
Localização : Almada/Lisboa
Ocupação : Infelizmente tenho de trabalhar ...
Interesses : Isto, gastronomia e viagens
Data de inscrição : 06/06/2007
Pontos/Reputação : 430

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 21/1/2011, 13:01

É, e discutem-se migalhas para o aumento do salário mínimo, ainda por cima faseado. Só se pode estar a brincar com esta treta toda.

francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Ouvinte em 23/1/2011, 01:46

E assim vai Portugal:http://www.ionline.pt/conteudo/99890-tres-decadas-boycracia-em-portugal-nunca-faltaram-jobs
Made in Portugal - Página 3 581125 Made in Portugal - Página 3 641851
Ouvinte
Ouvinte
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 87
Idade : 58
Localização : Póvoa de Varzim
Interesses : Música, Literatura, Fotografia
Data de inscrição : 20/09/2010
Pontos/Reputação : 121

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 28/1/2011, 01:00

Boa noite!

Mais do mesmo… Até os russos já sabem qual é o problema do nosso país, parece que os únicos que não sabem são mesmo os portugueses, porque será?

Artigo no Pravda, jornal russo, sobre Portugal:

http://albertofernandes.blogspot.com/2010/10/artigo-no-pravda-jornal-russo-sobre.html
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 28/1/2011, 18:19

Mais,

Pensam que isto passou nos telejornais da 20.00 horas? NÃO! Nos telejornais das 20.00h passou a morte do Carlos Castro, a neve na Serra da Estrela e outras coisas... esta notícia foi tratada apenas em telejornais pouco vistos para evitar, naturalmente, o contágio.

Porque será?

Vejam:

Aqui: http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Reformas-na-Suica-com-tecto-maximo-de-1700-euros.rtp&headline=20&visual=9&article=390426&tm=7
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  manel1 em 28/1/2011, 19:55

Sim, Portugal vai mal, mas eu digo, temos aquilo que merecemos (pode haver algumas excepções, é claro, e costuma dizer-se que as excepções confirmam a regra).

Com esta frase aposto que a temperatura corporal de alguns dos que estão a ler deve ter subido pelo menos meia dúzia de graus, e nem quero pensar no que vos vai na cabeça, mas passo a a explicar.

De onde são originários os politicos do nosso Portugal (câmaras, assembleia da republica, juntas de freguesia, etc?)? não são estrangeiros, não, extraterrestres? scratch , não, não se dariam ao trabalho. Pois é são portugueses. Já agora, eleitos por quem? Pois é, por nós.
-À, mas eu não votei neles, nem fui votar.
Ou então.
- Votei no que era menos mau.

Se não foram votar deveriam ir, se votamos no que era menos mau, bolas, não havia ninguém bom para o lugar? ninguém decente se candidatou?
Será que as boas pessoas (e competentes) não querem saber da politica? não se misturam com essa gente(dirão alguns). Pois, é bem mais fácil criar uma família, usufruir dos bens materiais que vamos conseguido, saborear algum poder que cai nas nossas mãos (os mais capacitados), passar umas boas férias, etc.

Quantas pessoas conhecem que realmente se preocupam com os outros? passo a explicar:

-Está um sem abrigo na rua, estendido no chão, parece mesmo estar mal; quem se dá ao trabalho de parar a sua ida para o emprego ou supermercado para averiguar? se calhar racionalizamos, pensando:
- E pago eu os meus impostos e estas cenas não são acauteladas pela protecção social, ou então:
- A bebedeira é tão grande que já nem se levanta, como é possível chegarem a isto, devia ter vergonha...

-Mandamos fazer um móvel na carpintaria, no final o carpinteiro pergunta se quer factura, dizemos que não precisamos ou exigimos factura? Dá jeito dizer que não é preciso factura, pois na realidade não precisamos dela para nada e custa mais 23%.

-No emprego, temos conhecimento de uma falcatrua que um colega de trabalho fez, devido a isto outro colega nosso é prejudicado, ou quem sabe vem para a rua. Se denunciarmos o caso podemos ser prejudicados (ok, bem prejudicados). Denunciamos o caso? e a nossa família, se correr mal quem leva dinheiro lá para casa?

- Na rua vemos um grupo de jovens vandalizar o nosso (público) património, ou as viaturas que lá se encontram, que fazemos, denunciamos?criticamos? intervimos ali, naquele momento?

- No café, um grupo de pessoas menos bem formada faz algazarra, exigimos que saiam do café, falando disso ao dono? Vamos embora?

- Na casa ao lado de vez em quando há imenso barulho, apercebe-mo-nos que poderá ser um caso de violência domestica, o que fazemos?

- Ainda é bonito na nossa terra escapar aos impostos...

Poderia continuar aqui a falar de corrupção, de negligencia, de deixar passar tudo e mais alguma coisa quando os problemas não são connosco, mas penso que já sabem qual é a ideia.

Quando a mentalidade das nossas gentes mudar também aqueles que serão eleitos para nos governarem serão outros, serão pessoas de bem, serão pessoas interessadas (pelos interesses do povo claro).


Por enquanto sempre podemos ir mudando a nossa conduta, contagiando os outros, manifestando o nosso desagrado por certas atitudes. Não é fácil, pode ser perigoso, mas se não o fizermos teremos autoridade moral para criticar?

NOTA: Não quero com este comentário atingir ninguém em particular, nem tão pouco aqueles que contribuíram para este tópico, criticar, denunciar o que vai mal é positivo, pelo menos alerta alguns mais distraídos.

Cumprimentos


manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2073
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2465

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 28/1/2011, 22:07

Por várias vezes quando vou ao correio da minha zona que vejo chineses a transferirem dinheiro via Western Union, mas nunca dei importância porque pensei que fossem envios de alguns euros para ajudarem a família.

Ontem fui levantar uma encomenda e ouço uma discussão entre a empregada de balcão e uma chinesa, depois veio um chinês falar com a compatriota e lá foram embora, foi aí que eu disse á empregada de balcão "não sou curioso mas gosto de saber tudo", ela estava furiosa e disse-me, "estes gajos vêm cá todos os dias mandar para a China cada um 5000 euros, têm que me mostrar os documentos, só que esta gaja de hoje já cá veio duas vezes e estava a negar comigo".

Depois de uma conversa mais em detalhe, estes gajos enviam milhares de euros para a China, eu pergunto se ninguém do governo sabe disto, ou se sabe e se admite não fazem nada, é legal? É uma autêntica sangria de dinheiro sem passar pelo crivo dos impostos, isto é diário numa pequena estação, agora eu penso que o devem fazer po N estações, e em carros topos de gama, este esquema fará parte das concessões e contra-partidas no processo Macau?



Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  pbarata em 29/1/2011, 09:14

Os Chineses estão a ajudar o Governo comprando dívida pública. Como não há almoços grátis, é perfeitamente normal que tirem daí benefícios que foram devidamente autorizados pelo Governo (no estrito interesse da nação, claro jocolor ) e que a plebe em geral não precisa de conhecer.

Mas mais uma vez se provou que o pessoal anda anestesiado, convencido que tudo se há-de resolver sem intervenção e participação de todos. Pelos vistos 53,3% da população votante nem se deu ao trabalho de ir votar, o que faz pensar que se o tivessem feito, o resultado deste escrutínio poderia ser um qualquer diferente do que foi. Mas como reina o nacional porreirismo, do safe-se quem puder, safe-se quem tiver amigos e conhecidos, temos o que merecemos, porque pensamos sempre que desgraças só acontecem aos outros e o melhor é nem falar para não atrair muita atenção. Rolling Eyes

Este país provavelmente só se vai endireitar com “outsourcing” da gestão, uma vez que a actual se baseia numa lógica meramente política em que os quadros técnicos na maioria dos casos, nada têm de formação base nos pelouros em que estão a gerir. Este problema é transversal a todos os sectores do estado, com raras excepções. Excepções que em muitos casos estão totalmente condicionadas pelo chamado “sistema” instaurado, que a boa vontade individual não consegue contrariar. scratch

A ajudar a festa da nossa desorientação o facto de sermos muito “inbejosos”, faz com que passemos a vida a dizer mal, a prejudicar se for caso disso, quem com trabalho, honestidade e empreendedorismo faz alguma coisa. É assim que uma geração de gestão de quadros mal preparados e com fracas competências, limita, distorce e prejudica aqueles que mais em baixo lhe podem fazer frente. Mais, este sentimento de “inbeja” faz com que sejamos como o “Zé da piça, que tudo o que vê cobiça”, nem que nos tenhamos que endividar até a raiz dos cabelos, o outro é que não se vai ficar a rir por pensar que tem mais e melhor. king


Última edição por pbarata em 29/1/2011, 11:11, editado 1 vez(es)
pbarata
pbarata
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1125
Idade : 53
Localização : Lisboa
Interesses : Jazz & Clássica
Data de inscrição : 08/06/2007
Pontos/Reputação : 456

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 29/1/2011, 10:36

Já se percebeu que nas presidenciais existiu um divórcio transversal entre a população e a classe política, isso foi notório e é preocupante, mas outra coisa não seria de esperar.

Não se alegue que foi devido ao frio, não se alegue que foi devido a problemas técnicos, ou melhor, razões não faltariam para alegar o completo desinteresse pela coisa. O Zé, adjectivo muito revisteiro, mas pronto, contenta-se com outras revistas, contenta-se com casas do segredos, telenovelas, e uma idas de fim de semana a centros comerciais da zona, e está feita a resignação da coisa, enquanto os politicos e grandes gestores públicos vão cozinhando a coisa...

Candidatos da treta, sem qualquer valor e percurso político, talvez a triste excepção de Cavaco mas não é o melhor exemplo, em minha opinião. Uma campanha do mais miserável que a democracia conheceu, debates sem interesse algum, com base única exclusivamente no ataque pessoal e no bota abaixo como dizem os brasileiros, debates em plena época natalícia alguma vez o país se ia preocupar em quem votar, o derreter dinheiro era o único objectivo da população, quanto mais perder tempo frente o TV a ver candidato sem interesse algum, apenas com o fim de defender os seus interesses, apenas para se servir e não para servirem o país.

O people e desculpem esta terminologia redutora, agora é que se vai começar a preocupar com os créditos a caír e que fizeram no mês de Dezembro, com o desemprego a crescer, cortes nos salários, despedimemtos facilitados, as medidas de austeridade em força sabendo que hoje não se está seguro no nosso posto de trabalho, daí a emigração estar a crescer.

O que é certo hoje, amanhã já não o será. A angústia a incerteza, a falta de esperança num futuro melhor obriga-nos a reflectir se vale a pena ficar por cá, sejamos novos ou de meia idade.

Tanta gente que dá com os pés a isto, com ou sem filhos, testemunhos por aí não faltam de casais com filhos que dão com os pés a esta treta toda, porque sabem precocemente que Portugal não dá nem tem futuro para eles próprios e para as suas crias, desculpem o adjectivo, mas é no bom sentido claro. Portugal? sim, muito bom, óptimo do melhor quase que existe na europa, mas para 15 dias de férias, nos Allgarves, aí sim, vale a pena. mas depois ala que é cardoso e até para o ano.

Portugal não dá apoios sociais, o estado não protege o cidadão,o estado continua a ser despesista e a esbanjar á grande em motoristas, e frotas automóveis topo de gama, e tem o descaramento de pedir sacrificios aos Portugueses, com agravante destes sacrificios não serem para todos os Portugueses, são só para alguns, o problema é sempre o mesmo por cá.

Alegre cantou mas não alegrou, e levou cartão vermelho, belo cartão sem dúvida. Com apoio de uma esquerda já muito direitista, com apoio de uma extrema esquerda cujo refilanço é o que melhor sabe fazer, Alegre não podia ficar muito Alegre. 2.ª Volta era o objectivo, não conseguido, o povo está profundamente anestesiado e já há muito tempo, mas não será parvo de todo, pode ser um bocadinho...
Alegre, um poeta, um burguês, escreve uns poemas, gosta de praticar caça com armas de uma marca que só se vende aos pares de valor absurdo levou vermelho, talvez a escrita seja o seu caminho.

Cavaco, o azar e o mal com que Portugal vai ter de conviver nos próximos 5 anos, azar o nosso, ganhou, melhor quem ganhou foi a abstenção, logo Cavaco cresceu, azar o nosso. Com discurso final do mais baixo que existe, isto não é um Presidente, é uma espécie de...

Os outros candidatos..., no comments

Vejam a Tunisia, Grécia e agora o Egipto, se a coisa pega, com o que aí vem, livra.

A política não é bom assunto em sítio sítio nenhum, só na assembleia para os cartéis que por lá andam, e como estamos no fórum onde se fala só de música penso que se deverá seguir essa linha e nada mais do que isso, pois como se sabe o tema acaba sempre por se desviar para outros caminhos, e... vamos continuar a ouvir música.




francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku em 3/2/2011, 08:43

Boys, boys, boys...I'm looking for a good time.

Made in Portugal - Página 3 52707616

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo felisberto em 3/2/2011, 10:28

seguindo com a minha teoria de qu eo dinehiro é o mesmo, são milhões com menos e uma duzia com muito mais ...

"Às vezes uma música resume quase todas as angústias e revoltas de uma geração. Não precisa de grandes declarações ideológicas. Há uns dias, o grupo Deolinda pôs o Coliseu do Porto de pé. Uma frase simples - "que Mundo tão parvo em que para ser escravo é preciso estudar" - torna-se facilmente o grito de uma geração adiada. Impedida de sair de casa dos seus pais para construir as suas vidas, condenada ao recibo verde, aos caprichos dos negreiros a que agora se dá o nome de "empresas de trabalho temporário" e a salários miseráveis que lhe são pagos como se de um favor se tratasse.

Claro que nas colunas de jornais e de edições online lá estarão outros jovens que, como em todas as épocas, não se importam de ser os intelectuais amestrados do regime, e nas televisões muitos economistas ideologicamente encartados continuarão a dedicar-se aos ralhetes mediáticos à Nação. A tese continuará a ser a mesma: a desgraça desta geração resulta dos "privilégios" dos mais velhos. É sempre esta a teoria: não tens direitos porque outros os têm. O teu inimigo é o teu pai, o sindicato, o que tem contrato, o imigrante. O inimigo da tua dignidade é sempre a dignidade do teu vizinho. Convenientemente, a desgraça da geração 500 euros é a de haver quem ainda não tenha as suas vidas a prazo. E assim se poupa quem realmente lucra com o trabalho descartável.

Pode ser diferente? Pode. E tudo começa onde sempre começou: na capacidade das pessoas se revoltarem. Se as frases simples que se ouvem nesta música retratam tão bem as suas vida, só lhes falta fazer um pouco mais do que aplaudir. Se olharem para a história universal e dela tirarem a maior das lições: nunca a dignidade foi oferecida a ninguém. Foi sempre conquistada contra o que parecia inevitável.

Em baixo, deixo a letra de "Parva que sou". Podia bem ser o hino da primeira geração que, apesar de ser a mais bem preparada de sempre, parece estar condenada a viver pior do que os seus pais."


in http://aeiou.expresso.pt/para-ser-escravo-e-preciso-estudar=f629723

ricardo felisberto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 508
Localização : Almada/Lisboa
Ocupação : Infelizmente tenho de trabalhar ...
Interesses : Isto, gastronomia e viagens
Data de inscrição : 06/06/2007
Pontos/Reputação : 430

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 3/2/2011, 11:08

Na sequência do texto acima e pegando no exemplo dos Deolinda, e só um aparte no bom sentido claro, veja-se como é que um Coliseu ficou rendido a 4 músicos, a cru, sem efeitos sonoros e visuais, é a prova mais do que provada que o simples bem feito é o melhor.
Isto só para dizer e contrapôr um pouco muitos users que se vão vendo por aí, que se deixam deslumbar com muita facilidade ao show business, quanto mais efeitos de luz e som melhor, os artista podem ser uma grande m...., mas como existe muito espectáculo audio-visual continuam a ter um bom desempenho. é um pouco como o audio, alguns equipamentos podem ser muitos grandes, no aspecto, no preço, mas não são grande coisa.

Voltando ao tópico e ao tema sempre muito delicado quando se fala em assuntos de carácter social, politico, e coisa e tal, Portugal não tem mais esperança para os que vivem honestamente do seu trabalho com salários da treta onde já quase nem dá para pagar as despesas fixas, é fantástico ao que isto chegou. Portugal não existe esperança para os mais novos, não há horizontes novos, e o mais grave é que os nossos filhos irão viver pior do que os nosso pais.

Ter Ipad, Ipod, Iphone, smartphone de última geração e outras tecnologias muito bonitas não é sinónimo de se viver com dignidade, muito antes pelo contrário, são aparências, dinheiro ''falso'', porque se não pagarem o que está no credit card, está tudo entalado, e basta ficar sem emprego de um momento para o outro e ciao tecnologia, basta perder o emprego e ciao dignidade mínima. Porque pobres estão a crescer a um ritmo estrondoso, e pobres não são os sem abrigo, é chocante dizer que os novos pobres são os que teêm trabalho, a ganhar meia dúzia de euritos por mês, isto é grave meus amigos, e Portugal continua bem anestesiado.

Como já disse estaqs eleições espelharam um pouco o descontentamento da população. Se é pouco ou muito letrada não me compre ajuízar tal condição, mas lá que se está borrifando para a classe política é um dado adquirido. Por um lado é bom por outro é nefasto, e quem ganha com isso são os que sentam o rabinho no parlamento e que fazem e aprovam as leis, e quando se tem um povo mole, maleável, e volúvel, é condição para se fazer o que se quer e como se quiser, porque ninguém protesta vigorosamente, esta é a chave da coisa.

Tenho alguns familiares e amigos que deram o fora desta treta em 2005 e 2006, e eu muito certamente estou a reunir condições para fazer fazer o mesmo. Por cá contavam tostões, alguns quase sobreviviam, lá trabalham no duro, mas recebem dinheiro palpável, sentem-no, não se enriquece, porque se se vai nessa base, então é para esquecer, parte-se com uma ideia de que também não é fácil, mas existe uma coisa que não há por cá: Muitas Oportunidades,existe protecção social e isso já dá algum encanto e ânimo à coisa.

Escândalo meus caros, é esbanjar 8 milhoês de euros para pagar reformas e ordenados a 232 deputados inúteis, e discutem-se migalhas para atingir o valor mínimo nacional. Olhem, uma desigualdade destas na Grécia, na Tunisia e mais recentemente no Cairo, dava origem a uma autêntica batalha campal como a que se tem visto recentemente no médio oriente.

Ah, por falar em médio oriente, não sei se estão a ver bem o filme, mas com isto tudo e com outros países á volta, a situação era ter bastante ramificações, estamos a falar de países produtores de petróleo, logo se a coisa descamba ainda mais como tudo indica, o preço do barril do petróleo já está a USD 105 ou 110, imaginem os aumentos de preços de tudo que nos vão começar bater à porta, vejam as gasolineiras, até dói, como tal meus caros amigos, há que poupar e ter algum cuidado com os upgrades nos sistemas, porque depois não há €€€€ para o resto...

francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku em 3/2/2011, 11:10

ricardo felisberto escreveu:seguindo com a minha teoria de qu eo dinehiro é o mesmo, são milhões com menos e uma duzia com muito mais ...

A minha teoria é diferente: existe realmente muito dinheiro em Portugal mas é emprestado.
Se todos os portugueses falissem muitos ficariam sem casa sem carro sem férias sem compras-de-supermercado sem cinema-em-casa sem pagar-o-colégios-dos-filhos sem ginásio sem obras sem computador sem telemóvel sem... Sleep

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 3/2/2011, 11:47

Existem dois grupos da sociedade Portuguesa que são uns uns bons milhares de pessoas e famílias que nem sabem o que é a crise, passa-lhes completamente ao lado.

São os pobres que sempre viveram na mais crise profunda e que nunca sairão dela, e aqueles que sempre foram ricos por variadas razões, alguns herdam de gerações abastadas e assim perpetuam o seu património, outros atingiram fortunas mais recentes por variadas razões que a própria natureza das coisas não consegue compreender.

E a terceira via onde eu me incluo que estamos no meio e que temos que trabalhar para comer, trabalhar para pagar os salários e as reformas chorudas dos que estão acima da pirâmide social, e trabalhar para e ir ao super-mercado, trabalhar para gerar impostos, trabalhar para gerar riquezas nas empresas para estas terem lucros fabulosos e comprarem mais empresas noutros paises como a EDP, a PT, a Galp entre muitas outras, etc, etc.

Com alguma sorte e engenho lá vamos conseguindo trabalhar para aguentar com todo este País que de vez em quando lá retira a máscara de oxigénio e dá umas golfadas de ar, para logo a estar ligado nos cuidados intensivos, mas quando a terceira via parar irá ser o caos completo, e penso que neste estado de coisas mais ano menos ano se não forem resolvidas estas diferênças (não vão ser como é lógico, está no sangue dos Portugueses, 1º eu depois eu e depois eu) abismais da distribuição da riqueza e do emprego iremos assistir a tumultos de rua nalguns paises da Europa, nós pacato povo do fado porventura não seremos o rastilho mas seremos contagiados.
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 3/2/2011, 13:50

Eu dava o meu miserável ordenado por inteiro para ver a serem corridos à pedrada e à fisgada todos aqueles 232 deputados inúteis que estão no parlamento, mas atenção, que ninguém sofresse danos físicos, seria apenas um susto., punha-os em sentido e aí talvez reflectissem mais e melhor a aprender a respeitar a população, mas se moda pega como no Cairo, foge, mas também com a escassez de pedra que anda por aí, a ver pelos buracos por tapar.

Alguém viu as imagens dos conflitos de ontem no Cairo?, Eh pá nunca vi tanta pedra no ar, até parecia aquelas pragas de gafanhotos que existem em África, era caso para se dizer: Anda tudo com uma grande pedra Rir lol!


Última edição por francisco chaves em 3/2/2011, 16:06, editado 1 vez(es)

francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  joevalve em 3/2/2011, 15:53

Retirado do site "económico" onde poderão encontrar uma opinião acerca dos ordenados que vão ser pagos aos detentores dos cargos relativos a Fundação Cidade de Guimarães capital da cultura:

http://economico.sapo.pt/noticias/euromilhoes-passa-a-ter-dois-concursos-por-semana_110302.html

o tema era sobre passar a haver 2 concursos semanais do euromilhões, mas a opinião veio em contraciclo.
A ser verdade só prova que somos um país surreal.

joevalve
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 1180
Localização : porto
Ocupação : as válvulas estão de regresso - há vida para além do hi-fi
Interesses : música de carácter politico
Data de inscrição : 29/05/2007
Pontos/Reputação : 1354

https://sites.google.com/site/joevalve/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 3/2/2011, 16:19

Folha salarial da Fundação Cidade de Guimarães

Folha salarial (da responsabilidade da Câmara Municipal) dos Administradores e de outros figurões, da Fundação Cidade de Guimarães, criada para a Capital da Cultura 2012:

- Cristina Azevedo - Presidente do Conselho de Administração: 14.300 € (2 860 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 500 € por reunião

- Carla Morais - Administradora Executiva: 12.500 € (2 500 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião

- João B. Serra - Administrador Executivo: 12.500 € mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião

- Manuel Alves Monteiro - Vogal Executivo: 2.000 € mensais + 300 € por reunião

Todos os 15 componentes do Conselho Geral, de entre os quais se destacam Jorge Sampaio, Adriano Moreira, Diogo Freitas do Amaral e Eduardo Lourenço, recebem 300 € por reunião, à excepção do Presidente (Jorge Sampaio) que recebe 500 €.

Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano, em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros !!!

Reparem bem: Administradores ganhando mais do que o PR e o PM !

Esta obscenidade acontece numa região, como a do Vale do Ave, onde o desemprego ronda os 15 % !!!

Alguem acredita em leis anti-corrupção feita por corruptos?
Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku em 3/2/2011, 16:23

Meu caro Blink, estamos em Portugal; por cá corrupção é sinónimo de malandrice inofensiva, coisa perfeitamente aceitável...

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 3/2/2011, 16:24

onga-ku escreveu:Meu caro Blink, estamos em Portugal; por cá corrupção é sinónimo de malandrice inofensiva, coisa perfeitamente aceitável...

Não, permitam-se a correcção: Ser corrupto é já uma condição lol!

francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Gorogoro em 3/2/2011, 16:54

Blink escreveu:Folha salarial da Fundação Cidade de Guimarães


Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano, em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros !!!

Sem contar com as reunioes..

Gorogoro
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 325
Idade : 41
Localização : Lisboa
Ocupação : Programador
Interesses : fotografia, desporto, concertos, etc..
Data de inscrição : 29/05/2007
Pontos/Reputação : 52

http://zicazica.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  francisco chaves em 3/2/2011, 17:04

Se não fôr feita uma divulgação vigorosa do evento não adianta, e os turistas não poêm cá/lá os calcantes. Além fronteira quem é que conhece Guimarães? Só os vimaranenses, e D. Afonso Henriques, porque a mãe cascava muito no pobre do homem, assim aprendeu a lição, caso contrário é dinheiro sempre para os mesmos, para os tais comissários, como ainda hoje alguns da Expo98, a receber quantias bem gordas, é continuamente para rir e escandaloso e ninguém pôe cobro a esta treta, temos que contratar alguns gajos do Cairo montados em camelos para correr com esta malta toda à paulada lol! lol!

francisco chaves
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 172
Idade : 45
Localização : Lisboa
Interesses : Música, Viajar e conhecer novos povos
Data de inscrição : 20/12/2010
Pontos/Reputação : 265

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 27/2/2011, 02:36

Henrique Medina

O retrato de Portugal: Portugal é um grande caso BPN.

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku em 27/2/2011, 10:08

É uma entrevista em 5 partes:










_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 28/2/2011, 02:26

Mais...

Um grupito de Institutos que levam os dinheiros dos nossos impostos. Mas ainda falta pelo menos um. Tentem adivinhar o seu nome!

Ora tomem nota!

Estudo do Economista Álvaro Santos Pereira, Professor da Simon Fraser University, no Canadá

Portugal tem hoje 349 Institutos Públicos, dos quais 111 não pertencem ao sector da Educação. Se descontarmos também os sectores da Saúde e da Segurança Social, restam ainda 45 Institutos com as mais diversas funções.
Há ainda a contabilizar perto de 600 organismos públicos, incluindo Direcções Gerais e Regionais, Observatórios, Fundos diversos, Governos Civis, etc.) cujas despesas podiam e deviam ser reduzidas, ou em alternativa - que parece ser mais sensato - os mesmos serem pura e simplesmente extintos.
Para se ter uma noção do despesismo do Estado, atentemos apenas nos supra-citados Institutos, com funções diversas, muitos dos quais nem se percebe bem para o que servem.

Veja-se então as transferências feitas em 2010 pelo governo socialista de Sócrates para estes organismos:

ORGANISMOSDESPESA (em milhões de €)
Cinemateca Portuguesa 3,9
Instituto Português de Acreditação 4,0
Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos 6,4
Administração da Região Hidrográfica do Alentejo 7,2
Instituto de Infra Estruturas Rodoviárias 7,4
Instituto Português de Qualidade 7,7
Administração da Região Hidrográfica do Norte 8,6
Administração da Região Hidrográfica do Centro 9,4
Instituto Hidrográfico 10,1
Instituto do Vinho do Douro 10,3
Instituto da Vinha e do Vinho 11,5
Instituto Nacional da Administração 11,5
Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural 12,3
Instituto da Construção e do Imobiliário 12,4
Instituto da Propriedade Industrial 14,0
Instituto de Cinema e Audiovisual 16,0
Instituto Financeiro para o Desenvolvimento Regional 18,4
Administração da Região Hidrográfica do Algarve 18,9
Fundo para as Relações Internacionais 21,0
Instituto de Gestão do Património Arquitectónico 21,9
Instituto dos Museus 22,7
Administração da Região Hidrográfica do Tejo 23,4
Instituto de Medicina Legal 27,5
Instituto de Conservação da Natureza 28,2
Laboratório Nacional de Energia e Geologia 28,4
Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu 28,6
Instituto de Gestão da Tesouraria e Crédito Público 32,2
Laboratório Militar de Produtos Farmacêuticos 32,2
Instituto de Informática 33,1
Instituto Nacional de Aviação Civil 44,4
Instituto Camões 45,7
Agência para a Modernização Administrativa 49,4
Instituto Nacional de Recursos Biológicos 50,7
Instituto Portuário e de Transportes Marítimos 65,5
Instituto de Desporto de Portugal 79,6
Instituto de Mobilidade e dos Transportes Terrestres 89,7
Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana 328,5
Instituto do Turismo de Portugal 340,6
Inst. Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação 589,6
Instituto de Gestão Financeira804,9
Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas 920,6
Instituto de Emprego e Formação Profissional 1.119,9

TOTAL.........................5.018,4

Se se reduzissem em 20% as despesas com este - e apenas estes - organismos, as poupanças rondariam os 1000 milhões de €, e evitava-se a subida do IVA.

Se fossem feitas fusões, extinções ou reduções mais drásticas a poupança seria da ordem dos 4000 milhões de €, e não seriam necessários cortes nos salários.

Se para além disso mais em outros tantos Institutos se procedesse de igual forma, o PEC 3 não teria sequer razão de existir.
nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 1/3/2011, 03:31

Bom! Isto é só dar continuidade...

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 1/3/2011, 03:39

...

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  nole em 9/3/2011, 20:54

Kadafi fala aos portugueseses...

nole
nole
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 557
Data de inscrição : 28/06/2009
Pontos/Reputação : 813

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Blink em 9/3/2011, 21:49

Blink
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4711
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  ricardo onga-ku em 14/3/2011, 22:06

Governo baixa IVA aplicado ao golfe para seis por cento - Economia - PUBLICO.PT

jocolor geek santa cheers

Os campos de golfe deverão voltar a ser tributados à taxa reduzida de IVA,
de seis por cento, em vez dos 23 por cento que estavam a ser aplicados desde o início do ano,
no quadro do Orçamento do Estado (OE) para 2011, revelou o Negócios.

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
ricardo onga-ku
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  manel1 em 15/3/2011, 00:47

onga-ku escreveu:
Governo baixa IVA aplicado ao golfe para seis por cento - Economia - PUBLICO.PT

jocolor geek santa cheers

Os campos de golfe deverão voltar a ser tributados à taxa reduzida de IVA,
de seis por cento, em vez dos 23 por cento que estavam a ser aplicados desde o início do ano,
no quadro do Orçamento do Estado (OE) para 2011, revelou o Negócios.

Só demonstra bom senso da parte deles, e demonstra uma excelente capacidade de análise da situação, pois esta-se mesmo a ver que estão a prever que em breve vão sair do poleiro e ficar com imenso tempo para jogar umas partidinhas de golfe Rir

manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2073
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2465

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made in Portugal - Página 3 Empty Re: Made in Portugal

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 26 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 14 ... 26  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum