O sistema e a sala

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 27/3/2010, 17:07

Depois de largos anos em que, por diversas razões, a audição cuidada de música foi relegada para segundo plano, foi graças ao nascimento do meu primeiro filho em 2005 que voltei a usufruir do meu sistema.
Com a passagem da parafernália do escritório para a sala de estar, e em parte incentivado pela leitura de algumas revistas da especialidade, seguiram-se também algumas incursões mais ou menos felizes pelas fronteiras mais remotas do mundo da reprodução doméstica como as colunas single driver ou as cornetas.

A sala, um estreito "comboio" de dois espaços que totalizam 3,30m por 8,40m e 3,30m de pé-direito, é constituída por paredes de alvenaria maciça de grande espessura e lajes de betão extremamente delgadas, sob as quais está assente um soalho tradicional com caixa de ar.
A sonoridade peca por excesso de eco e algum ruído de fundo proveniente da circulação automóvel na rua (cerca de 30dB nas horas mais calmas) e o pavimento já velho é instável e vibra bastante com as baixas frequências.

A alimentação é trifásica e não dispõe de circuito independente.


_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  luis lopes em 27/3/2010, 17:53

ok.
temos uma bela explicação tecnica da sala.
mas................o que realmente queremos...??????????
é ser cuscos!!!!
e ver essas fotos.
avatar
luis lopes
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2870
Idade : 51
Localização : algueirão
Ocupação : vigilante
Interesses : AUDIO VINTAGE series tv VALVULAS
Data de inscrição : 19/04/2009
Pontos/Reputação : 3120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 27/3/2010, 21:41

Evolução do sistema

O sistema de escritório temporariamente montado na sala.


Fonte: transporte Audio Alchemy DDS2 + filtro de jitter DTI + DAC DDE v1 ou 47 Laboratory Shigaraki DAC
Amplificação: Audio Innovations S300 mk2
Colunas: Schallwand semi-omni 5"


O segundo par de single drivers com o famoso altifalante Diatone P-610 e electrónica 47 Labs.
Para o meu gosto era um sistema esteticamente perfeito e tive pena de me desfazer dele, especialmente a electrónica, mas o desempenho está em primeiro lugar.


Fonte: transporte e DAC 47 Laboratory Shigaraki
Amplificação: 47 Laboratory Shigaraki
Colunas: Orgue Diatone P-610


Nesta altura comecei, ainda que com pouca regularidade devido à necessidade de recorrer a babysitting, a assistir a alguns concertos da Orquestra Gulbenkian e por sugestão do forista 106 ouvi pela primeira vez o sistema do Ricardo Domingos, aquele que até hoje mais me impressionou.
Com o retomar da música sinfónica e a audição do referido sistema (que acentuou as limitações e deficiências do conjunto 47Labs/Orgue) decidi partir para o full range e em seguida substitui o sistema da 47 Labs.


Fontes: Denon DCD-1450AR + Parasound D/AC1000 ou Pioneer PD-91, Systemdek IIX900 + Rega RB250 + Audio Technica OC9II + Rotel RQ-970 modificado pelo Ricardo Domingos e Technics ST7300
Amplificação: Hafler TA1600 ou Marantz PM50 ou Sonic Impact T-Amp v.2
Colunas: Opera Consonance Barque M-12


Uma das razões para a aquisição das cornetas foi a modularidade destas que permitiu experimentar um pouco com esta topologia, através da adição de um muito necessário tweeter e substituindo a corneta de secção quadrada por uma de perfil tractrix consideravelmente mais linear.
Infelizmente o woofer estava a trabalhar numa gama demasiado larga para suas capacidades e não conseguia reproduzir o extremo inferior do espectro pelo e optei por me desfazer delas.
Nesta altura resolvi também fazer uma incursão pelo vinil mas conclui pouco depois que era difícil justificar o enorme investimento em LPs tendo em conta o preço actual dos CDs (ainda para mais com um primo a viver em Londres).


Fontes: Denon DCD-1450AR + Parasound D/AC1000 ou Pioneer PD-91, Systemdek IIX900 + Rega RB250 + Audio Technica OC9II + Rotel RQ-970 modificado pelo Ricardo Domingos e Technics ST7300
Amplificação: Hafler TA1600 ou Marantz PM50 ou Sonic Impact T-Amp v.2
Colunas: Opera Consonance Barque M-12


Última edição por onga-ku em 28/3/2010, 12:55, editado 3 vez(es) (Razão : gramática)

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 27/3/2010, 21:44

Sistema actual

Enquanto aguardo a modificação do meu PM50 estou a considerar a hipótese de efectuar uma intervenção acústica na sala e a estudar forma de abordar o assunto com a minha mulher, já que se trata da sala comum; de qualquer modo a intervenção, a existir, será necessáriamente de uma enorme subtileza por forma a que não se perceba.
Falta-me ainda montar a antena exterior Teka.


Fontes: Pioneer PD-91 modificado pelo Ricardo Domingos e Yamaha T85
Amplificação: Rotel RA-840BX3
Colunas: Spendor SP9/1


Resposta de frequências no ponto de escuta

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Fernando Novais em 27/3/2010, 22:09

ONGA-KU, os meus parabens pelos seus sistemas e tb pela esposa que tem a minha se eu coloca-se esses travesseiros todos na sala, apanhava com o rolo da massa e punha-me uma semana a pao e água
Abraço
avatar
Fernando Novais
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2643
Idade : 49
Localização : Gondomar/Porto
Ocupação : Funcionario Publico
Interesses : Musica/Cinema/Vespas
Data de inscrição : 18/02/2008
Pontos/Reputação : 1762

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Mango em 27/3/2010, 22:21

Parabens onka-ku e obigado por esta partilha com resto da comunidade

Mango
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 540
Idade : 45
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 23/08/2009
Pontos/Reputação : 716

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 27/3/2010, 22:21

Fernando Novais escreveu:ONGA-KU, os meus parabens pelos seus sistemas e tb pela esposa que tem
a minha se eu coloca-se esses travesseiros todos na sala, apanhava com o rolo da massa e punha-me uma semana a pao e água
Abraço

He, he.
Os travesseiros estão ali por causa (da televisão e da testa) do miúdo que aparece na fotografia.
A alternativa seria um capacete mas assim sempre se conseguem limar algumas arestas à sala. Wink

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Fernando Novais em 27/3/2010, 22:27

onga-ku escreveu:
Fernando Novais escreveu:ONGA-KU, os meus parabens pelos seus sistemas e tb pela esposa que tem
a minha se eu coloca-se esses travesseiros todos na sala, apanhava com o rolo da massa e punha-me uma semana a pao e água
Abraço

He, he.
Os travesseiros estão ali por causa (da televisão e da testa) do miúdo que aparece na fotografia.
A alternativa seria um capacete mas assim sempre se conseguem limar algumas arestas à sala.

avatar
Fernando Novais
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2643
Idade : 49
Localização : Gondomar/Porto
Ocupação : Funcionario Publico
Interesses : Musica/Cinema/Vespas
Data de inscrição : 18/02/2008
Pontos/Reputação : 1762

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Blink em 27/3/2010, 22:46

onga-ku escreveu:..........
He, he.
Os travesseiros estão ali por causa (da televisão e da testa) do miúdo que aparece na fotografia.
A alternativa seria um capacete mas assim sempre se conseguem limar algumas arestas à sala. Wink

Está boa, e o pessoal a pensar que era para tratamento acústico.
avatar
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4708
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1995

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Fernando Novais em 27/3/2010, 22:52

Blink escreveu:
onga-ku escreveu:..........
He, he.
Os travesseiros estão ali por causa (da televisão e da testa) do miúdo que aparece na fotografia.
A alternativa seria um capacete mas assim sempre se conseguem limar algumas arestas à sala.

Está boa, e o pessoal a pensar que era para tratamento acústico.

avatar
Fernando Novais
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2643
Idade : 49
Localização : Gondomar/Porto
Ocupação : Funcionario Publico
Interesses : Musica/Cinema/Vespas
Data de inscrição : 18/02/2008
Pontos/Reputação : 1762

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  João Henrique em 2/4/2010, 23:47

onga-ku escreveu:Sistema actual




Resposta de frequências no ponto de escuta
Dá-me a impressão que aqui a alteração entre outras foi a troca de colunas... Verdade?
Mas parece que não foi um bom upgrade... O filhote largou os brinquedos e fugiu a sete pés, tadinho.
Desculpa mas não resisti...
Bem pelo menos o teu ainda ouve um pouco de música, os meus só ipod para a frente, enfim gerações diferentes...

Um abraço e parabéns pelo sistema
avatar
João Henrique
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 326
Idade : 53
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 27/09/2008
Pontos/Reputação : 293

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 4/4/2010, 22:38

João Henrique escreveu:Dá-me a impressão que aqui a alteração entre outras foi a troca de colunas... Verdade?
Mas parece que não foi um bom upgrade... O filhote largou os brinquedos e fugiu a sete pés, tadinho.
Desculpa mas não resisti...
Bem pelo menos o teu ainda ouve um pouco de música, os meus só ipod para a frente, enfim gerações diferentes...

Um abraço e parabéns pelo sistema

O problema não está nas colunas mas nos filhotes que são muito desarrumados...

Desde que instalei o sistema nesta sala experimentei caixas acústicas de três topologias diferentes - single driver, cornetas e "convencionais" de radiação frontal -, bem como diversos tipos de amplificação solid state e também uma fonte digital Non Oversampling e Filterless.

Cumprimentos,
onga-ku

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  td124 em 7/4/2010, 22:07

onga-ku escreveu:Evolução do sistema

...

O segundo par de single drivers com o famoso altifalante Diatone P-610 e electrónica 47 Labs.
Para o meu gosto era um sistema esteticamente perfeito e tive pena de me desfazer dele, especialmente a electrónica, mas o desempenho está em primeiro lugar.


Fonte: transporte e DAC 47 Laboratory Shigaraki
Amplificação: 47 Laboratory Shigaraki
Colunas: Orgue Diatone P-610

...

Eis um verdadeiro sistema que faz musica !!! Desfazer-se disto é ... UM ERRO

Até+
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Nuno-remix em 8/4/2010, 00:00

parabéns , adorei , já li que a corrente eléctrica é 50% do sistema !?
avatar
Nuno-remix
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 203
Idade : 47
Localização : Rio Maior
Ocupação : venda pecas auto
Interesses : musica - filmes - dj -
Data de inscrição : 21/05/2008
Pontos/Reputação : 220

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 8/4/2010, 11:08

td124 escreveu:
onga-ku escreveu:Evolução do sistema

...

O segundo par de single drivers com o famoso altifalante Diatone P-610 e electrónica 47 Labs.
Para o meu gosto era um sistema esteticamente perfeito e tive pena de me desfazer dele, especialmente a electrónica, mas o desempenho está em primeiro lugar.


Fonte: transporte e DAC 47 Laboratory Shigaraki
Amplificação: 47 Laboratory Shigaraki
Colunas: Orgue Diatone P-610

...

Eis um verdadeiro sistema que faz musica !!! Desfazer-se disto é ... UM ERRO

Até+

Caro Paulo,

Os erros existem para que possamos aprender com eles. Razz
As Diatone não eram más, tinham as limitações típicas de umas monitoras deste tipo e a dificuldade de "activar" uma sala com mais de 90m3 de volume.
Na altura escutava acima de tudo música acústica, pequenos agrupamentos de étnica e jazz vintage...depois veio a paixão por Bruckner, por Brahms, por Tachikovsky, por Berlioz e não tive alternativa se não despachá-lo.
Digamos que era um bom sistema para reproduzir quartetos de corda numa pequena sala, mas que padecia de alguns males importantes como limitações ao nível da dinâmica e dos extremos de frequência, e uma sonoridade algo velada e monofónica que atribuo ao DAC (será uma assinatura da configuração filterless non-oversampling?).
Actualmente estou bastante bem servido: a fonte (graças às modificações) é de uma resolução tímbrica e suavidade magníficas e as colunas também são bastante boas...apenas aguardo a modificação do amplificador e penso que terei um sistema para muitos anos de escutas musicais.

Até breve,
Ricardo

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  td124 em 8/4/2010, 12:19

[quote="onga-ku"]
td124 escreveu:
...
Na altura escutava acima de tudo música acústica, pequenos agrupamentos de étnica e jazz vintage...depois veio a paixão por Bruckner, por Brahms, por Tachikovsky, por Berlioz e não tive alternativa se não despachá-lo.
Digamos que era um bom sistema para reproduzir quartetos de corda numa pequena sala, mas que padecia de alguns males importantes como limitações ao nível da dinâmica e dos extremos de frequência, e uma sonoridade algo velada e monofónica que atribuo ao DAC (será uma assinatura da configuração filterless non-oversampling?).
Actualmente estou bastante bem servido: a fonte (graças às modificações) é de uma resolução tímbrica e suavidade magníficas e as colunas também são bastante boas...apenas aguardo a modificação do amplificador e penso que terei um sistema para muitos anos de escutas musicais.

Até breve,
Ricardo

Caro Ricardo,

creio que està na fase em que necessita ouvir coisas... Mais tarde compreenderà que a verdadeira HiFi nao se ouve, nada de demonstrativo nao è reproduzido, apenas a musica !!!
Nesse dia compreenderà a minha frase, e parabens pelo sistema actual, apesar de tudo ...

Até+
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 8/4/2010, 14:54

td124 escreveu:
onga-ku escreveu:
...
Na altura escutava acima de tudo música acústica, pequenos agrupamentos de étnica e jazz vintage...depois veio a paixão por Bruckner, por Brahms, por Tachikovsky, por Berlioz e não tive alternativa se não despachá-lo.
Digamos que era um bom sistema para reproduzir quartetos de corda numa pequena sala, mas que padecia de alguns males importantes como limitações ao nível da dinâmica e dos extremos de frequência, e uma sonoridade algo velada e monofónica que atribuo ao DAC (será uma assinatura da configuração filterless non-oversampling?).
Actualmente estou bastante bem servido: a fonte (graças às modificações) é de uma resolução tímbrica e suavidade magníficas e as colunas também são bastante boas...apenas aguardo a modificação do amplificador e penso que terei um sistema para muitos anos de escutas musicais.

Até breve,
Ricardo

Caro Ricardo,

creio que està na fase em que necessita ouvir coisas... Mais tarde compreenderà que a verdadeira HiFi nao se ouve, nada de demonstrativo nao è reproduzido, apenas a musica !!!
Nesse dia compreenderà a minha frase, e parabens pelo sistema actual, apesar de tudo ...

Até+

Caro Paulo,

Na realidade tendo a aborrecer-me a ouvir e analisar sons e a menos que o sistema seja muito mau rapidamente me perco na música (desde que esta seja do meu agrado).
Quando ligo o sistema é para escutar.

Até hoje o sistema que conheço melhor reproduz música sinfónica é o do Ricardo Domingos (CD Pioneer e amplificação Marantz extensamente modificados e colunas BW) e a minha electrónica será igual à deste sistema.
Mas conforme já referi, falta-me ouvir um bom sistema de SET e cornetas, melhor do que as habituais demonstrações da Avantgarde que, tal como os melhores sistemas de high end, estão alguns furos abaixo do meu (já referido) sistema de referência.

Até breve,
Ricardo

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Convidad em 8/4/2010, 22:00



Gostava de deixar aqui uma questão a qual há muito descansa no meu armazém profundo, mas que recorrentemente me atormenta (mais do que eu gostaria).

Começo por confessar que tal como o Ricardo, o que me faz respirar é a música, e só em casos de extrema gravidade, é que os meus ouvidos tendem a fechar-se a obras que me agradem.

Posto isto, lá vai a história. Nos primórdios da minha aventura audio, era um purista, dedicado de corpo e alma aos SET e Full-range. Como na altura tocava em bandas de Jazz e Blues acústicos, era esta a música que ouvia predominantemente. E claro, a malta amiga também levava com as gravações dos grupos onde eu tocava.
Surgiu então a hipótese de ir estudar para Londres. E lá fui eu. Estoirei todo o dinheiro que tinha amealhado, não em equipamento, mas em bilhetes para os mais variados concertos de música. E mamei tudo e mais alguma coisa. Desde Segovia, a Sarah Vaughan, até às grandes orquestras. E aqui começou o problema. Chegado a Portugal, com a mania que ia mudar o país, depressa cheguei à conclusão que era eu que tinha de mudar, nomeadamente o meu sistema audio. E porquê?
Porque, por exemplo, quando quis ouvir Berlioz, a »Marcha para o cadafalso« soava mais como »E agora de castigo, vais jantar a casa da sogra, um menu que não gostas, um cheiro que te enjoa, e ainda por cima está um dia cinzento». Enfim, embora com um ligeiro peso punitivo, e com alguma sinstesia, mas nada que se assemelhasse a uma marcha para o cadafalso.
E a coisa piorou com os órgãos de Bach, Mahler, Stravinsky, Blues eléctrico, e por aí fora.

Lá foram as Full-range.

E aqui é que está a minha questão. Embora eu respeite e defenda todos os que juram pelos seus sistemas Full-range, como é que eu poderia continuar a usar o meu sistema Fr, se depois de um banho fenomenal de música vivinha da costa, esse mesmo sistema não correspondia de todo aquilo que eu pretendia ouvir reproduzido?

Desde que me »matriculei« neste fórum, a vontade de voltar aos SET e às Full-range, tem sido enorme.

Por isso peço a Vossa ajuda. Onde é que esta alminha errou?

Cumprimentos,

Mário

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  MikeF em 8/4/2010, 23:06

Ah, se tivesse visto isto não tinha de presumir nada
Esse amp realmente é o ponto fraco do conjunto... mas tens de dar alguma volta à sala, não podes estar a ouvir a meio... se bem percebi é o que acontece.
avatar
MikeF
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 236
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 314

http://www.ZenAudio.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Convidad em 9/4/2010, 07:59

Tenho que dar os meus sinceros parabéns ao caro Ricardo pelo excelente tópico que aqui lançou. Com belíssimas fotos de equipamento de sonho. Leva-me a pensar que ás vezes somos demasiado exigentes com este nosso hobby. Eu sei que o amor à musica a isso nos obriga, mas muitas das coisas que tens e que tivestes, dariam para muitos comuns mortais serem felizes, até que a morte os separasse.
Um dos problemas é que a constante busca do "melhor" (ou não) inquieta-nos e tira-nos tempo para aquilo que gostamos mais, que é ouvir musica. Mas penso que é uma cruz à qual não podemos fugir com facilidade.
Depois há também o factor da habituação. O que muitas vezes nos soa maravilhosamente bem quando mudamos algo, passado uns meses e a fase de namoro, já lhe começamos a encontrar uns defeitos aqui e ali. Faz lembrar aquela do falecido Raul Solnado, que dizia que no namoro ela tinha um sinal e passado uns anos já era uma verruga.
Por outro lado, são estas "inquietudes" da alma que proporcionam este tipo de tópicos interessantes e consequente troca de ideias e conversas saudáveis.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Orion em 9/4/2010, 15:14

Subscrevo e concordo

_________________
Carpe Diem
avatar
Orion
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4623
Idade : 47
Localização : bem localizado
Ocupação : escutophilia
Interesses : so many
Data de inscrição : 28/06/2007
Pontos/Reputação : 2572

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  td124 em 9/4/2010, 21:50

M Fernandes escreveu:

Gostava de deixar aqui uma questão a qual há muito descansa no meu armazém profundo, mas que recorrentemente me atormenta (mais do que eu gostaria).

Começo por confessar que tal como o Ricardo, o que me faz respirar é a música, e só em casos de extrema gravidade, é que os meus ouvidos tendem a fechar-se a obras que me agradem.

Posto isto, lá vai a história. Nos primórdios da minha aventura audio, era um purista, dedicado de corpo e alma aos SET e Full-range. Muito bom começo... Como na altura tocava em bandas de Jazz e Blues acústicos, era esta a música que ouvia predominantemente. E claro, a malta amiga também levava com as gravações dos grupos onde eu tocava.
Surgiu então a hipótese de ir estudar para Londres. E lá fui eu. Estoirei todo o dinheiro que tinha amealhado, não em equipamento, mas em bilhetes para os mais variados concertos de música. E mamei tudo e mais alguma coisa. Desde Segovia, a Sarah Vaughan, até às grandes orquestras. E aqui começou o problema. Chegado a Portugal, com a mania que ia mudar o país, depressa cheguei à conclusão que era eu que tinha de mudar, nomeadamente o meu sistema audio. E porquê?
Porque, por exemplo, quando quis ouvir Berlioz, a »Marcha para o cadafalso« soava mais como »E agora de castigo, vais jantar a casa da sogra, um menu que não gostas, um cheiro que te enjoa, e ainda por cima está um dia cinzento». Enfim, embora com um ligeiro peso punitivo, e com alguma sinstesia, mas nada que se assemelhasse a uma marcha para o cadafalso.
E a coisa piorou com os órgãos de Bach, Mahler, Stravinsky, Blues eléctrico, e por aí fora.

Lá foram as Full-range. Compreendo perfeitamente...

E aqui é que está a minha questão. Embora eu respeite e defenda todos os que juram pelos seus sistemas Full-range, como é que eu poderia continuar a usar o meu sistema Fr, se depois de um banho fenomenal de música vivinha da costa, esse mesmo sistema não correspondia de todo aquilo que eu pretendia ouvir reproduzido?

Desde que me »matriculei« neste fórum, a vontade de voltar aos SET e às Full-range, tem sido enorme. Isso quer dizer que hoje voçê ganhou coisas em melhor com o sistema actual, mas que havia coisas nas full-range que hoje nao tém...

Por isso peço a Vossa ajuda. Onde é que esta alminha errou? As full-range ao principio da viagem audiofila sao uma etapa e nao a meta. Ao meio da viagem sao um desgosto, mas à medida que avançamos elas tornao-se uma evidência. Nao creio que haja erro da sua parte mas, a conviçao que é preferavel menos mas melhor, que o contrario...

Mas é possivel, e provavel, que eu nao tenha razao no que digo, pois hà full-range e full-range !!!

Cumprimentos,

Mário

Até+
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Convidad em 9/4/2010, 23:42

Muito obrigado amigo TD124.

Só uma pequena nota; as full-range nunca foram uma desilusão ou desgosto.
Apenas vesti outro casaco, o qual na altura me pareceu assentar melhor.

Se calhar agora já estou farto de casacos e gravatas...

Abraço,

Mário

Post Scriptum: Actualmente, e para destabilizar, tenho passado bastante tempo a ouvir gravações Mono, com célula Mono e com uma (1) Quad ESL-57. E gosto. Tenho uma grande vantagem sobre muita gente. Moro muito perto do Hospital Júlio de Matos em Lisboa...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Orion em 10/4/2010, 00:30

M Fernandes escreveu:Muito obrigado amigo TD124.

Só uma pequena nota; as full-range nunca foram uma desilusão ou desgosto.
Apenas vesti outro casaco, o qual na altura me pareceu assentar melhor.

Se calhar agora já estou farto de casacos e gravatas...

Abraço,

Mário

Post Scriptum: Actualmente, e para destabilizar, tenho passado bastante tempo a ouvir gravações Mono, com célula Mono e com uma (1) Quad ESL-57. E gosto. Tenho uma grande vantagem sobre muita gente. Moro muito perto do Hospital Júlio de Matos em Lisboa...




Ó Mário, essa não, eheheheh

_________________
Carpe Diem
avatar
Orion
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4623
Idade : 47
Localização : bem localizado
Ocupação : escutophilia
Interesses : so many
Data de inscrição : 28/06/2007
Pontos/Reputação : 2572

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  MikeF em 10/4/2010, 09:05

M Fernandes escreveu: Tenho uma grande vantagem sobre muita gente. Moro muito perto do Hospital Júlio de Matos em Lisboa...

Actual Parque da Saúde... com lindas árvores e lindos edifícios baixinhos, uma zona calma, a não ser que a malta que vai à Junta Médica e é mandada interromper a baixa e trabalhar desate a vociferar.
avatar
MikeF
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 236
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 314

http://www.ZenAudio.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  td124 em 10/4/2010, 09:30

M Fernandes escreveu:Muito obrigado amigo TD124.

Só uma pequena nota; as full-range nunca foram uma desilusão ou desgosto.
Apenas vesti outro casaco, o qual na altura me pareceu assentar melhor.

Se calhar agora já estou farto de casacos e gravatas...

Abraço,

Mário


Post Scriptum: Actualmente, e para destabilizar, tenho passado bastante tempo a ouvir gravações Mono, com célula Mono e com uma (1) Quad ESL-57. E gosto. Tenho uma grande vantagem sobre muita gente. Moro muito perto do Hospital Júlio de Matos em Lisboa...

Olà mario,

Graças à sua intervençao, penso à citaçao de um grande mestre budista K. Rinpoché, que diz mais ou menos "A nasçensa todos os homens sao iguais, aos quarenta todos sao unicos, mas aos oitenta somos todos unicos e iguais".

Talvez seja esta a grande liçao da alta-fidelidade, é que finalmente o audio, é apenas uma escola de vida disfarçada em disciplina técnica e que somos todos ainda muito novos para poder compreender todo o seu sentido... Para os japoneses, é uma disciplina iniciàtica, e quase uma arte !!!

O sonho começa, aonde as palavras acabam..., e como cantou um grande português, "O sonho comanda a vida, e cada vez que o homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as maos de uma criança"

A cultura portuguesa poderia ter dado origem, a uma grande escola de audio !!!

Até+

PS: Desculpe Ricardo, de transformar o seu post, num delirio mistico/filosofico, mas é bom às vezes...


Última edição por td124 em 10/4/2010, 13:47, editado 1 vez(es)
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 10/4/2010, 10:22

td124 escreveu:
M Fernandes escreveu:Muito obrigado amigo TD124.

Só uma pequena nota; as full-range nunca foram uma desilusão ou desgosto.
Apenas vesti outro casaco, o qual na altura me pareceu assentar melhor.

Se calhar agora já estou farto de casacos e gravatas...

Abraço,

Mário


Post Scriptum: Actualmente, e para destabilizar, tenho passado bastante tempo a ouvir gravações Mono, com célula Mono e com uma (1) Quad ESL-57. E gosto. Tenho uma grande vantagem sobre muita gente. Moro muito perto do Hospital Júlio de Matos em Lisboa...

Olà mario,

Graças à sua intervençao, penso à citaçao de um grande mestre budista K. Rinpoché, que diz mais ou menos "A nasçensa todos os homens sao iguais, aos quarenta todos sao unicos, mas aos oitenta somos todos unicos e iguais".

Talvez seja esta a grande liçao da alta-fidelidade, é que finalmente o audio, é apenas uma escola de vida disfarçada em disciplina técnica e que somos todos ainda muito novos para poder compreender todo o seu sentido... Para os japoneses, é uma disciplina iniciàtica, e quase uma arte !!!

O sonho começa, aonde as palavras acabam..., e como cantou um grande português, "O sonho comanda a vida, e cada vez que o homem sonha, o mundo pula e avança, como bala colorida entre as maos de uma criança"

A cultura portuguesa poderia ter dado origem, a uma grande escola de audio !!!

Até+

PS: Desculpe Ricardo, de transformar o seu post, num delirio mistico/filosofico, mas é bom às vezes...

Continue, por favor.
O que me atrai mais no audio partilhado (o dos fórums) é a filosofia (e as pessoas) que o envolve, não as marcas e os aparelhos ou os seus mitos e as lendas.

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Convidad em 10/4/2010, 10:26

onga-ku escreveu:

Continue, por favor.
O que me atrai mais no audio partilhado (o dos fórums) é a filosofia (e as pessoas) que o envolve, não as marcas e os aparelhos ou os seus mitos e as lendas.




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 7/9/2010, 18:33

Já recebi o amplificador há uma semana mas infelizmente não tenho tido grande tempo para audições.
A modificação, a cargo do Ricardo Domingos, é de tal modo profunda que do Marantz original apenas fica a caixa, o transformador e pouco mais...
Assim por alto, os maiores ganhos foram ao nível da suavidade e da transparência que permite ouvir os timbres dos instrumentos com grande clareza.
O enorme controlo das baixas frequências também é evidente, e o grave é agora mais claro e além de ir mais baixo tem uma gama tonal muito mais alargada.
A ausência de grão dá uma ideia aparente de menor capacidade ao nível dos micro-contrastes mas é uma questão de tempo até apagar o (mau) hábito da memória auditiva.
Agora tenho de voltar a afinar o posicionamento das colunas, que não vai ser o ideal (trata-se de uma sala de estar) mas o melhor possível, e substituir a cablagem interior das mesmas; só tenho pena que as colunas não sejam de caixa fechada, mas não se pode ter tudo na vida.

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  ricardo onga-ku em 25/9/2010, 20:29

Estive a efectuar uma medição das colunas com novo posicionamento do ponto de escuta e o Marantz modificado.


Púrpura - coluna esquerda; Verde - coluna direita; Azul - mic

É engraçado ver as diferenças entre as curvas dos dois canais que reflectem a assimetria da sala.
As curvas inferiores referem-se à distorção harmónica.

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O sistema e a sala

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum