Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Mensagem  marcosta em 9/3/2010, 01:28

http://www.farcb.com/jornalsantamarinha2/index.php?option=com_content&view=article&id=195:visita-ao-museu-de-radios-antigos&catid=40:cultura&Itemid=60


Visita ao Museu de Rádios Antigos


Quinta, 04 Março 2010 14:57


António Augusto da Costa
tem 91 anos de idade e é natural de Vila Nova de Tazem. Foi o
sócio-fundador dos Bombeiros de Vila Nova de Tazem e com o acordo da
família resolveu doar a esta Associação, a sua colecção de Rádios
Antigos, mas com a condição de ser instalado um Museu neste Quartel.

Trata-se de uma colecção com rádios,
gravadores, gira-discos, amplificadores, num total de cerca de 220. Dos
anos 20-40-50-60 e, ainda, dos primeiros rádios “Galena” dos anos
1918/19.

O Museu de Rádios Antigos foi doado à Associação
Humanitária dos Bombeiros de Vila Nova de Tazem, por António Augusto da
Costa. Nascido a 15 de Janeiro de 1919, em Vila Nova de Tazem, António
Costa foi empregado comercial e em 1940 estabeleceu-se por sua conta no
ramo dos electrodomésticos, tendo sido a partir daqui que se apaixonou
pela rádio.
“Na altura nunca pensei em coleccionar rádios. Mais
tarde, fui à Holanda, a convite da Phillips e vi lá um Museu de Rádios. E
foi a partir daqui que também me lembrei de criar cá um”.
Com já
alguns rádios em “stock”, António Costa decidiu, então, criar um Museu.
Foi comprando alguns em feiras de velharias e outras pessoas foram
oferecendo, uma vez que já conheciam esta sua paixão.
Entretanto
parou de se dedicar a esta actividade, uma vez que a sua disponibilidade
de tempo não lhe permitia. Em 1971 recomeçou, mas, entretanto, teve de
parar novamente. Só quando se reformou é que arranjou o tal tempo que
lhe faltava e deu origem a este Museu. “Tinha os rádios em casa e já não
tinha espaço para eles. Estavam amontoados e já começavam a
deteorar-se. Como os meus filhos não se interessavam por esta colecção,
resolvi oferecê-la aos Bombeiros”.
Apesar de se ter manifestado
interessada, a Câmara de Gouveia nunca deu um passo em frente para que
este Museu fosse inserido no Roteiro Turístico, nem na Agenda Cultural
do Município. “Já cá têm vindo várias excursões, mas nunca inseridas no
Roteiro da Câmara de Gouveia.”
António Costa

Primeiras emissões de Rádio

António Costa recorda as primeiras emissões da
Rádio, em Lisboa. Foi a 25 de Outubro de 1925 que se realizaram as
primeiras emissões de Rádio da estação CT1AA, pertencente aos grandes
Armazéns do Chiado, audível em Lisboa e arredores.
Um ano depois foi a
vez da cidade do Porto e parte da Região Norte a ouvirem as estações
Ideal Rádio, por ORSEC e INVICTA Rádio.
Nos anos 30 existiu, em
Gouveia, um emissor CT1GG, construído por Belmiro Graça, que, aos
domingos, transmitia música gravada e notícias da região. Era audível
até Viseu funcionando em 200 metros da onda média.
Em 1968
começaram-se a fazer as emissões em estereofonia e em 1975, a
nacionalização da rádio em Portugal.

Emissoras que transmitiram a II Guerra Mundial

António Costa passou pelas duas Grandes Guerras Mundiais e na segunda lembra-se das
emissões de rádio que a BBC transmitia sobre a Guerra, em onda curta.
«Antigamente, as estações que se ouviam eram em onda longa, onda média
ou onda curta, sendo esta última para grandes distâncias. No período da
Guerra era audível em Portugal, a BBC, emissões espanholas e as da
Rússia.». O 25 de Abril de 1974 foi transmitido pela emissora Rádio
Clube Português. «Fui a primeira pessoa do Distrito da Guarda a ter
televisão e também, uma das primeiras a ter rádio», revela.

O Espólio
Depois de se ter reformado, foi sócio de um supermercado em Vila Nova. Só depois de sair é
que se dedicou a esta colecção. De salientar que cerca de 95 por cento
dos rádios deste Museu estão a funcionar. O primeiro rádio que, também
se encontra no Museu, foi concebido por Marconi. Foi oferecido e só
apanhava estações locais. Tem a data de 1918 e, tal como este, todos os
outros têm os preços marcados de quanto custavam na altura. Quanto mais
modernos eram mais caros se tornavam. «Antes da Rádio Clube Português,
aqui só se captava uma estação francesa (a Toulouse) e outra espanhola
(a de Andorra)», informou.

Histórias
Antigamente e como muita gente ainda se deve lembrar, quem tinha rádio tinha de
pagar uma taxa. Em 1934 pagavam, anualmente, 7 escudos.
António Costa recorda que a Emissora Nacional importava estas rádios e
vendia-os, a um preço popular, aos funcionários públicos, os quais não
pagavam taxa. «Muitos adquiriram e ofereceram a particulares. Um ano
depois de as pessoas terem rádio, a emissora obrigou-os a pagar a taxa.
Foi uma autêntica ratoeira.»
Visitas ao Museu
Quem quiser visitar o Museu poderá fazê-lo
sem qualquer tipo de marcação. Este Museu fica na Associação Humanitária
dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Tázem. O valor monetário das
entradas reverterá em benefício da Associação.

Salomé Silva
Marta Correia

marcosta
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 2
Data de inscrição : 18/03/2008
Pontos/Reputação : 7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Mensagem  fm&stereo em 9/3/2010, 01:41

Eu trabalhei com um velhote que tinha construido o seu próprio emissor e foi dos primeiros a emitir também.
Bons tempos, que ainda se sentia um pouco da simplicidade da vida!... Very Happy
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 56
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Mensagem  Convidad em 9/3/2010, 09:27

"Alô,alô dona Rosa....a sua filha já chegou!"

quem não se lembra do filme?
é uma pena o link não nos dar um cheirinho da exposição.
se um dia passar por aqueles lados(e não me tiver esquecido de tomar os comprimidos prá memória )prometo que vou lá.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Mensagem  New Challenger em 10/3/2010, 00:40

Caramba ...e eu ali mesmo ao lado e ainda não consegui lá ir !!!

Além de uma Adega de pinga jeitosa....tem muito para ver...e com este Museu agora é ainda uma mais valia para a Vila do meu estimado (ex)concelho! Smile

também eu era um radiologista no tempo "contemporâneo" áureo das rádios, com a extinta Rádio Clube de Gouveia em 1985 e depois na actual Antena Livre de Gouveia!!

Grandes tardaças a ouvir e escolher Lp's que não conhecia!

_________________
Audio: Amp TagMclaren 60iRv;Tuner TagMclaren T20;Tag McLaren DAC20+CDT20R; Sony XA5ES; MD JA 555ES; Monitor Audio RX1;
Video: Pioneer SC 2022; DVD Pio LX50;Popcorn Hour C200; Col. Monitor Audio Silver 7i; 12i; FXi; LCD Philips 9604

Sons na Serra:TagMclaren 60i + 60iRv;CD Pio PD 9700; Minidisc MD JA 50ES/ JA 333ES/ JA 555ES;
Video
:Pioneer VSX 1015; DVD Pio DV 989; Monitor Audio Silver 7/ 10i/ Kef Coda 7/ + NAD T763/  RS1/ RS LCR/ BR2 / Rel Quake; LED Philips 47PFL7606H

Outside: Minidisc MZ-Rh1.
avatar
New Challenger
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 1741
Idade : 46
Localização : Barreiro / Serra da estrela
Ocupação : Mandar políticos à fava
Interesses : Dedicar-me aos hobbies
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 734

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu de Rádios Antigos. Vila Nova de Tázem.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum