Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Ir em baixo

Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  paulo_m em 26/1/2010, 00:57

E eis que na 5ª feira o dealer passou outra vez aqui por casa, levou o Qinpu e deixou um par Spectron + deHavilland emprestados. Foto:



As válvulas no pre faziam mesmo falta para dar um 3D mais envolvente. No entanto o Spectron (é um Musician III Signature), que já tinha ouvido anteriormente com estas colunas, continua a não me convencer completamente... Há ali qualquer coisa que falta, talvez por ser um classe D. O deHavilland é um UltraVerve 2 e, como pre, também não me convence por aí além. Mal posso esperar pelo regresso do Pathos (se tudo correr bem, é devolvido esta 6ª feira), que creio ser um amplificador muito mais musical. Coincidentemente, vejo que há gente na Europa que gosta de pôr as Analysis a serem amplificadas pelo Logos, o que aguça ainda mais a minha curiosidade.

Agora, o que se torna imperativo é domar a sala. A superfície do painel nestas colunas é muito maior do que a das Vantage, o que obriga a um tratamento acústico mais extenso, ou seja, a toda a altura da parede. Por outro lado, as Amphitryon são full range (ao contrário das Logan, que são híbridas e com o crossover a 400 Hz, o que significa que muitas das frequências problemáticas não estavam a ser emitidas pelo dipolo) o que exacerbou os problemas acústicos da minha sala e logo vão obrigar-me a arranjar uns bass traps para a parede da frente. Acho que só então as colunas se vão comportar verdadeiramente bem--com isto tal como está neste momento, dou por mim saudoso pelo som das Logan, que era limpo, holográfico e com um palco soberbo (ainda que tonalmente ligeiramente "off" em certos instrumentos).
avatar
paulo_m
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 254
Idade : 47
Localização : Boston, MA, USA
Ocupação : Nudging bits and laying bytes
Interesses : Música, Composição, Matemática, Física, Filosofia
Data de inscrição : 30/12/2009
Pontos/Reputação : 463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  Convidad em 26/1/2010, 09:49

Espero que o provérbio "quem procura sempre alcança" se torne brevemente realidade.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  bluemonday em 26/1/2010, 13:27

Caro paulo ,

Pelos seus topicos, vejo que gosta de colunas de painel . Aquela representação holografica que as colunas de painel conseguem proporcionar é simplesmente divinal.

As colunas que nos mostra parecem ser muito idênticas às Full Range (Duet ? ) da marca já extinta : Apogee. Já alguma vez as ouviu ?

E já agora visto eu ser um fan da marca , já testou Magnepan (os modelos maiores por ex: MG 20.1 , tão populares aí nos EUA) ? Pela critica continuam a ser do melhor em representar um palco cheio de profundidade contudo mostram um sweet spot menor que a concorrência.


colunas de painel nas suas várias tecnologias são outra louça.
avatar
bluemonday
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2351
Localização : Coimbra
Interesses : audio , vjing
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 571

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  paulo_m em 27/1/2010, 03:24

bluemonday escreveu:Caro paulo ,

Pelos seus topicos, vejo que gosta de colunas de painel . Aquela representação holografica que as colunas de painel conseguem proporcionar é simplesmente divinal.

As colunas que nos mostra parecem ser muito idênticas às Full Range (Duet ? ) da marca já extinta : Apogee. Já alguma vez as ouviu ?

E já agora visto eu ser um fan da marca , já testou Magnepan (os modelos maiores por ex: MG 20.1 , tão populares aí nos EUA) ? Pela critica continuam a ser do melhor em representar um palco cheio de profundidade contudo mostram um sweet spot menor que a concorrência.

colunas de painel nas suas várias tecnologias são outra louça.

Nunca tive o prazer de experimentar Apogee. As Analysis Audio são de facto bastante parecidas mas as similaridades ficam-se pelo aspecto exterior. Tecnologicamente as Analysis são mais "avançadas", quanto mais não seja por serem um design mais recente e evoluído. Uma das coisas que distingue as Analysis das Apogee é que estas últimas são notoriamente difíceis de serem guiadas (uns modelos mais do que outros) exigindo muitíssimo da amplificação. Em contraste, as Analysis têm uma curva de impedância extremamente bem comportada ao longo de todo o espectro, chegando a ser mais suave e regrada do que muitas colunas de cones.

O modelo das minhas (Amphitryon), com 2,10 m de altura, é ligeiramente maior do que as Apogee Fullrange e Diva sendo talvez mais comparável às Apogee Grand, excepto, claro está, que as Grand são híbridas.

Já experimentei Magnepan, tanto as 3.6 como as 20.1. As 3.6 experimentei com amplificação McIntosh numa ocasião e Nagra em outra. Achei o som um bocado deslavado. As 20.1 experimentei com os ARC Ref 210 e pre Ref 3 e o dealer não as conseguiu pôr a tocar bem--teve de adicionar o tweak da resistência para controlar os agudos e de lhes pôr uns subwoofers para dar mais corpo ao som. Achei ambos os modelos mal construídos e com maus acabamentos. Nesse mesmo dealer ouvi essa mesma amplificação com as Vandersteen 5A e gostei bastante. Porque é que as 20.1 tiveram uma má prestação, não sei...
avatar
paulo_m
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 254
Idade : 47
Localização : Boston, MA, USA
Ocupação : Nudging bits and laying bytes
Interesses : Música, Composição, Matemática, Física, Filosofia
Data de inscrição : 30/12/2009
Pontos/Reputação : 463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  bluemonday em 27/1/2010, 13:04

Ainda bem que existem empresas a criar algo inspirado na Apogees . Já tive a ler na pagina da Analysis e de facto a tecnologia é completamente diferente. Fiquei muito curioso. É pena não existir representação em Portugal (?)

Como classificas a dinâmica/graves das Analysis face às Martin Logan que tinhas anteriormente ?


Quanto a Magnepan , a primeira audição é crítica , ou se adora ou se detesta. As MG 20.1 com amplificação ARC tinham obrigação de mostrar alguma coisa, talvez a cablagem ou o posicionamento não tenha sido o mais indicado.
Ha quem não goste de ARC nas MG 20.1 e escolha Pass Labs ou Classé.

Subwoofers com magnepan ... julgo que ainda é extramemente dificil de combinar. Talvez só quando sair o Magnepan Woofer.

As 20.1 são colunas dificeis , descendem directamente das Tympani IVa de 6 paineis. Utilizaram a tecnologia das tympani iva para criarem só dois paineis. Ambas absorvem potência tal e qual como as Apogees.

Neste momento tenho as ditas Tympani IVa no meu sistema , para ter resultados positivos tive que rever o posicionamento centenas de vezes , escolher a melhor cablagem (anti cables) e passar de um Classé para um Rowland e agora um Krell fpb600. Necessitam de no minimo 300 w @ 8 ohms para se mostrarem.


Se a Analysis consegue atingir as propriedades sónicas das Apogees e das Magnepan recorrendo a menos amplificação ...
acho fantástico ! impressionante mesmo !

ps: já agora sugiro um teste à cablagem Anti-Cables que casa muito bem com colunas de painel e bem acessível.

http://www.anticables.com/products.html
avatar
bluemonday
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2351
Localização : Coimbra
Interesses : audio , vjing
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 571

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  paulo_m em 28/1/2010, 04:16

bluemonday escreveu:Ainda bem que existem empresas a criar algo inspirado na Apogees . Já tive a ler na pagina da Analysis e de facto a tecnologia é completamente diferente. Fiquei muito curioso. É pena não existir representação em Portugal (?)

Como classificas a dinâmica/graves das Analysis face às Martin Logan que tinhas anteriormente ?

Não creio que as Analysis sejam baseadas nas Apogees. As semelhanças são puramente superficiais.

A dinâmica e graves são excelentes. Ainda não tive oportunidade de experimentar com o Logos por isso não sei que contribuição o Qinpu ou o Spectron estarão a dar. Mas, assim de repente, tenho a impressão que as Analysis chegam mais baixo do que as Logan e têm um grave mais "sólido". Quando experimentei as Orion (que são as Amphitryon com um painel extra de cada lado igual mas sem a fita do tweeter) os graves encheram uma sala 10x8 ao ponto de serem excessivos. O dealer passou uma gravação em que alguém tocou no microfone para experimentar e deu para sentir a "onda de choque".

bluemonday escreveu:
Quanto a Magnepan , a primeira audição é crítica , ou se adora ou se detesta. As MG 20.1 com amplificação ARC tinham obrigação de mostrar alguma coisa, talvez a cablagem ou o posicionamento não tenha sido o mais indicado.
Ha quem não goste de ARC nas MG 20.1 e escolha Pass Labs ou Classé.

Subwoofers com magnepan ... julgo que ainda é extramemente dificil de combinar. Talvez só quando sair o Magnepan Woofer.

Passámos uma tarde inteira a tentar fazê-las tocar. Não creio que o problema fosse posicionamento ou cablagem.

bluemonday escreveu:
As 20.1 são colunas dificeis , descendem directamente das Tympani IVa de 6 paineis. Utilizaram a tecnologia das tympani iva para criarem só dois paineis. Ambas absorvem potência tal e qual como as Apogees.

Os ARC Ref 210 têm a potência e a corrente necessárias. Não estávamos a ouvir música particularmente exigente. O carácter do som não agradou.

bluemonday escreveu:
Se a Analysis consegue atingir as propriedades sónicas das Apogees e das Magnepan recorrendo a menos amplificação ...
acho fantástico ! impressionante mesmo !

Absolutamente! Há algures na net uma análise às Epsilon, que são dois degraus abaixo das minhas, com os gráficos da curva de impedância. As Analysis são colunas com uma variação de impedância mínima ao longo de todo o espectro. Curiosamente, à medida que se sobe no tamanho dos painéis, a impedância nominal aumenta e a facilidade de serem controladas acompanha esse aumento--ao contrário das outras marcas, que tendem a ficar mais difíceis com painéis maiores. Há um membro de um fórum que tem as Apogee Grand e apesar de serem colunas de 3 ohms, ele chegou a medir regiões do espectro em que a impedância descia abaixo de 1 ohm. Isso dá uma ideia da quantidade de corrente que elas sugam.

Quando estava a fazer o break-in do Logos e das Logan fiz um CD com uma sinusoidal a 10 ou 15 kHz que punha a tocar durante bastante tempo abrindo generosamente o volume. Como as Logan têm uma impedância baixa nessas frequências, elas sugam bastante corrente do amplificador, que era o meu objectivo--obrigar a corrente a circular e tal era bastante evidente pela temperatura do aparelho. Um dia, para acelerar o processo de break-in, puxei um pouco mais pelo volume enquanto dei um salto à rua. Quando cheguei a casa, havia um cheiro a queimado no ar... o transformador do Logos tinha queimado. O aparelho ainda estava na garantia, por isso não houve problema nenhum em repará-lo, mas até hoje o dealer e o técnico acham o acontecido um mistério (é claro que não lhes disse o tratamento a que o estava a submeter Very Happy).

bluemonday escreveu:ps: já agora sugiro um teste à cablagem Anti-Cables que casa muito bem com colunas de painel e bem acessível.

http://www.anticables.com/products.html

Pessoalmente uso Pure Note (http://www.purenote.com/) e estou bastante contente. Há quem os prefira aos Valhalla.
avatar
paulo_m
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 254
Idade : 47
Localização : Boston, MA, USA
Ocupação : Nudging bits and laying bytes
Interesses : Música, Composição, Matemática, Física, Filosofia
Data de inscrição : 30/12/2009
Pontos/Reputação : 463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  bluemonday em 28/1/2010, 12:00

Pela sua descrição constata se que a Analysis estudou bem os problemas comuns das colunas planares.

E em relação ao sweet spot ?
avatar
bluemonday
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2351
Localização : Coimbra
Interesses : audio , vjing
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 571

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  paulo_m em 29/1/2010, 03:36

bluemonday escreveu:Pela sua descrição constata se que a Analysis estudou bem os problemas comuns das colunas planares.

E em relação ao sweet spot ?

Medir o sweet spot é algo que não me preocupa (olhando para as fotografias do meu sistema dá para perceber porquê: Não preciso de mais do que um lugar), mas entretanto, devido à altura dos painéis, ouvir em pé ou sentado não faz diferença como fazia com as Logans.
avatar
paulo_m
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 254
Idade : 47
Localização : Boston, MA, USA
Ocupação : Nudging bits and laying bytes
Interesses : Música, Composição, Matemática, Física, Filosofia
Data de inscrição : 30/12/2009
Pontos/Reputação : 463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Qinpu substituído por Spectron + deHavilland

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum