Bicablagem de Colunas

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  manel1 em 13/7/2011, 09:10

Viva bruno3955

O link não funciona, por acaso tenho curiosidade a esse respeito.

manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2042
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2459

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/7/2011, 09:11

Basta tirar o último ponto (.):

http://www.sowter.co.uk/dacs.php
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2979
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4660

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/7/2011, 09:22

Mfigueiredo escreveu:A curva de resposta nas baixas frequências (até 300 Hz) é típica de caixas em bass-reflex. Não é propriamente um defeito, mas o grave torna-se um pouco "gordo" demais para os meus gostos.

bruno3955 escreveu:Sobre o tipo de caixa julgo o bass reflex será o mais sensato quando devidamente alinhado, isto é, com um decaimento lento. A resposta da sala faz o resto, puxa os baixos para cima, ficando a resposta praticamente linear, “sem bunda” .

Tanto quanto sei este acentuar muito british tem duas justificações objectivas (tratando-se, claro está, de colunas bem concebidas):

- equilibrar a resposta das colunas nas baixas frequências com a nossa sensibilidade auditiva a baixos níveis de pressão sonora

- compensar o cancelamento provocado pelo pavimento a estas frequências

e uma justificação subjectiva:

- engordar as gravações de música clássica, algo anémicas abaixo dos 500Hz

Recomendo a leitura dos artigos publicados pelo Departamento de Pesquisa da BBC.

O que me incomoda nesta topologia é a falta de definição e claridade das frequências reproduzidas pelo pórtico por comparação com a solução de caixa fechada, a meu ver aquela que melhor desempenha a sua função.
Julgo que isso se deve ao facto do som produzido pelo pórtico resultar de uma ressonância e não de um impulso finito.
Um pórtico acaba por ser uma muleta.

bruno3955 escreveu:Relativamente ao tema do tópico, a utilização de dois cabos, um que ataca o filtro passa baixo (woofer) e o outro que ataca o filtro dos agudos e/ou médios não passa, na minha humilde opinião, de um preciosismos e técnica de marketing de venda utilizada pelos fabricantes.

Consta que os fabricantes de colunas e mesmo os de electrónica foram pressionados por distribuidores e revendedores (nos mercados anglófonos) para "alinharem" na "cantiga" dos cabos e isso percebe-se dadas as enormes margens envolvidas no "negócio" dos fios conductores... Rolling Eyes

Basta pensar que um cabo de sinal coaxial produzido por um fabricante reconhecido no mercado profissional pode custar ao público apenas algumas dezenas de cêntimos por metro e um IC com um metro desse mesmo cabo já terminado com fichas Neutrik somente duas ou três dezenas de euros.
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2979
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4660

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  bruno3955 em 13/7/2011, 15:37

É isso mesmo, devemos seguir os profissionais. Afinal são eles que gravam os nossos discos.

bruno3955
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/07/2011
Pontos/Reputação : 74

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  ughö em 29/7/2011, 23:27

Venho até este tópico mais uma vez tentar transmitir a minha ideia acerca da bi-cablagem e reproduzir um excerto do manual da Monitor Audio GX100 que vai de encontro àquilo que tenho dito. Peço desculpa por estar em Inglês. Quero contudo antes disso fazer salientar uma outra ideia e contrapor ao que tem sido muitas vezes dito (com as suas razões também) neste mesmo tópico. Trata-se da questão comercial. Estou totalmente de acordo que é óbvio que interessa ás empresas produtoras de cabos vender dois cabos em vez de um. Por isso estas são suspeitas em relação à informação que transmitem acerca desta matéria mas são-no também em relação à informação que transmitem acerca de muitos outros produtos porque no fundo o seu interesse é convencer-nos que vale a pena adquirir um cabo que tem menos 0.000001 microFarad de capacitancia por Km ou outra coisa qualquer e por isso pagar 3, 4 ou mais vezes. Quem me conhece sabe que sou um maníaco da ponderação custo/beneficio (embora às vezes também cometa algumas extravagancias) e que por isso quando "defendo" a bi-cablagem não estou própriamente a pensar em cabos esotéricos de centenas ou mesmo milhares de euros mas sim em cabos simples de qualidade boa e custos razoáveis (3 euros por metro já compram um cabo suficientemente competente na minha opinião). Por isso quando penso em bi-cabalgem estou a pensar em gastar 30 euros em vez de 15 e não 300 em vez de 150 ou muito menos 3000 em vez de 1500) e nessa ordem de custos continuo a achar que esta se justifica. Dada a explicação aqui fica então o que diz a Monitor Audio:

>>>>>>> Bi-wiring is accomplished via separate pairs of terminals on the
>>>>>>> loudspeaker. In the case of the GX Series, the bottom terminals
>>>>>>> connect to the bass driver(s) and the top terminals connect to the
>>>>>>> tweeter in 2 way loudspeakers, or the mid and tweeter in 3 way
>>>>>>> loudspeakers.
>>>>>>> The normal function of a loudspeaker crossover is to guide
>>>>>>> appropriate
>>>>>>> frequencies to the appropriate driver/tweeter. Low frequencies to the
>>>>>>> bass drivers, mid frequencies to the mid/bass drivers and high
>>>>>>> frequencies to the tweeter.
>>>>>>> Fundamentally a loudspeaker crossover varies the impedance seen by
>>>>>>> the
>>>>>>> speaker and by the power amplifier. The situation is such that when
>>>>>>> the full range musical signal is applied to the terminals of a
>>>>>>> full-range speaker system, the bass driver(s) only receives low
>>>>>>> frequency signals, the mid driver receives the mid band frequency
>>>>>>> signals and the tweeter only gets sent high frequency signals. This
>>>>>>> means that if separate speaker cables are connected to the low
>>>>>>> frequency terminals, and the high frequency terminals, not only have
>>>>>>> the drive units and the frequency’s directed and divided for them,
>>>>>>> but
>>>>>>> the two separate
>>>>>>> speaker cables will now also carry different signals, the bass cable
>>>>>>> mostly the lows, and the tweeter cable mostly the highs.
>>>>>>> Once the high and low frequencies have been separated in this
>>>>>>> fashion,
>>>>>>> the strong current pulses and surges demanded by bass drivers when
>>>>>>> reproducing bass or drums, will not interact with the delicate sounds
>>>>>>> of a flute or cymbal.
>>>>>>>
>>>>>>> The Effects
>>>>>>> In a single wired system, unwanted mechanical and electrical
>>>>>>> resonances manifest as distortion at both sets of speaker terminals.
>>>>>>> Due to the impedance of the speaker cables, these distortions will
>>>>>>> not
>>>>>>> be entirely cancelled by the amplifier. Instead, they modulate
>>>>>>> between
>>>>>>> the two crossovers, and degrade sound quality. When bi-wiring, this
>>>>>>> interaction
>>>>>>> is minimised as signal distortion is ‘seen’ at the amplifier’s output
>>>>>>> where it can be more effectively cancelled. Bi-wiring therefore
>>>>>>> presents a ‘cleaner’ signal at both the low frequency and high
>>>>>>> frequency speaker terminals, and because the high and low frequencies
>>>>>>> have already been separated, each has a minimal effect on the other -
>>>>>>> in essence the bass does not overpower delicate treble.
>>>>>>> In terms of the audible benefit, bi-wiring, provides more clarity and
>>>>>>> detail to the midrange and high frequencies. Often the bass will
>>>>>>> become faster and tighter. Focus and staging will improve as well. In
>>>>>>> all, this is a very effective and desirable improvement and is highly
>>>>>>> recommended by Monitor Audio.


cumprimentos


avatar
ughö
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 285
Localização : Porto
Interesses : musica; fotografia
Data de inscrição : 30/04/2011
Pontos/Reputação : 285

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  _nimitz_ em 16/3/2012, 10:07

A minha contribuição para este tópico...

Pag. 10 de "O meu sistema" (para não me repetir).
http://www.audiopt.net/t11048p135-o-meu-sistema

avatar
_nimitz_
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 865
Localização : Oeste
Ocupação : IT
Interesses : Musica, Fotografia
Data de inscrição : 28/02/2011
Pontos/Reputação : 972

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  pbarata em 12/7/2013, 18:41

pbarata escreveu:As vantagens da bi-cablagem têm que ser provadas caso a caso, experimentando !

Embora só tenhas uma saída (par de fichas para bananas ou forquilhas) para cada canal, portanto para cada coluna, a bi-cablagem faz-se usando um cabo para o efeito com uma configuração tipo Y. Se procurares as versões de bi-wiring, encontras muitos fabricantes de cabos a oferecerem essa versão.

Em geral, consegue-se um efeito semelhante à bi-cablagem quando substituis os "shunts" metálicos das fichas das colunas por um shunt "melhor", tipo cabo igual ao que usas para ligar as colunas ao amplificador. (Vê o tópico http://www.audiopt.net/diy-cabos-acessoriostweaks-tratamentos-acusticos-racks-f6/jumper-shunt-colunas-t701.htm?highlight=shunt ).

Podes também prolongar o cabo da coluna, descarnando-o nos pontos de ligação/aperto, efectuando logo a ligação aos dois terminais da coluna.

Um exemplo de um excelente cabo preparado para bi-cablagem é o Kimber BiFocal XL, em que para cada par de tomadas do lado do amplificador, tens 2 pares do lado da coluna:



No meu sistema, depois de experimentar várias configurações, cheguei à conclusão que gosto mais do som na versão em que os "shunts" metálicos foram substituídos por um "shunt" em cabo do mesmo fabricante e modelo.



A linha de terra deve ser de preferência comum a todos os equipamentos. Doutro modo, se existirem pontos de terra com potênciais diferentes, poderão ser induzidas correntes parasitas entre as respectivas ligações.

Uma vez que houve alterações na configuração dos jumpers da coluna, venho aqui fazer uma actualização do estado actual das mesmas.
Fiquei sempre com duvidas onde ligar o par de terminais do cabo de coluna. Se no par inferior para a secção da baixas frequências da coluna (LF) ou se na parte de cima correspondente às altas frequências (HF).

O manual B&W da série 700 ilustra uma ligação no par inferior (LF), referindo que é indiferente, enquanto o manual da série 800 ilustra uma ligação no terminal superior (HF) sem referir se deve ser assim sempre. Na série 800 as colunas são fornecidas com um par de jumpers em cabo, em alternativa aos habituais shunts de metal.

Infelizmente este pequeno troço de circuito, que separa os cross-overs, não é tão indiferente ao tipo ligação (cabo de jumper ou shunt de metal) usado, nem à prioridade dada ao sinal (ligar directamente a LF ou HF). scratch 

Aquilo que noto é que existe um desfasamento perfeitamente audível. Se ligar o cabo de coluna na secção LF e continuar o circuito com o cabo de jumper para HF, a resposta final acentua os graves, enquanto que se trocar a ordem, a resposta dá mais ênfase aos agudos.

Com o tempo percebi que a resposta mais coerente obtém-se na situação em que um dos terminais do cabo da coluna liga num borne de HF e o outro no borne de LF, percorrendo a corrente percursos iguais.

Experimentem, pode ser que cheguem à mesma conclusão, ou quiçá, não faça diferença no vosso sistema ou ao vosso ouvido !

avatar
pbarata
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1113
Idade : 50
Localização : Lisboa
Interesses : Jazz & Clássica
Data de inscrição : 08/06/2007
Pontos/Reputação : 450

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  enxuto em 12/7/2013, 20:03

O que o Pbarata fez foi o que a Davis Acoustics aconselha (pelo menos para o modelo que eu possuo).

enxuto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 672
Data de inscrição : 15/11/2008
Pontos/Reputação : 588

http://anos80.abportal.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  pbarata em 12/7/2013, 20:13

enxuto escreveu:O que o Pbarata fez foi o que a Davis Acoustics aconselha (pelo menos para o modelo que eu possuo).

Desconhecia este fabricante de colunas. Consultei várias manuais, de muitos fabricantes e em algum consegui informação precisa sobre este aspecto. É realmente interessante já que eles têm essa informação na respectiva página:

http://www.davis-acoustics.com/en/get-the-best-of-your-davis/
avatar
pbarata
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1113
Idade : 50
Localização : Lisboa
Interesses : Jazz & Clássica
Data de inscrição : 08/06/2007
Pontos/Reputação : 450

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  manel1 em 12/7/2013, 21:32

pbarata escreveu:
Com o tempo percebi que a resposta mais coerente obtém-se na situação em que um dos terminais do cabo da coluna liga num borne de HF e o outro no borne de LF, percorrendo a corrente percursos iguais.


Por acaso tenho um amigo que usa essa configuração com bons resultados e penso que teóricamente faz algum sentido, embora pense que as diferenças sejam muito pequenas, muito em breve vou falar neste fórum de algo que pode ser colocado nas colunas e cujo efeito é bem maior que aquilo que aqui se discute, portanto, fiquem atentos.

manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2042
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2459

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  Julião em 12/7/2013, 23:47

Como por exemplo num fio de terra exterior ligado aos cestos metálicos dos altifalantes com utilizam alguns modelos da Tannoy e outros.
Ou as terras virtuais ligadas aos terminais.

E depois ainda existem algumas outras configurações onde a bicablagem devera ser utilizada conforme as saídas dos amplificadores , embora nos dias de hoje os novos amplificadores ja nem utilizem tal coisa como saídas a 2/4, 4/8 e 8/16 ohm configuráveis conforme as ligações nos terminais.

avatar
Julião
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 278
Idade : 48
Localização : Oeiras
Interesses : Muita musica
Data de inscrição : 24/09/2010
Pontos/Reputação : 477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  enxuto em 13/7/2013, 14:29

pbarata escreveu:
enxuto escreveu:O que o Pbarata fez foi o que a Davis Acoustics aconselha (pelo menos para o modelo que eu possuo).

Desconhecia este fabricante de colunas. Consultei várias manuais, de muitos fabricantes e em algum consegui informação precisa sobre este aspecto. É realmente interessante já que eles têm essa informação na respectiva página:

http://www.davis-acoustics.com/en/get-the-best-of-your-davis/

Não são muito conhecidos mas fabricam colunas muito boas.

São francesas de fabrico francês. Os altifalantes são fabricados por eles também.

enxuto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 672
Data de inscrição : 15/11/2008
Pontos/Reputação : 588

http://anos80.abportal.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  SergioRZ em 21/6/2017, 21:54

In terms of the audible benefit, bi-wiring, provides more clarity and detail to the midrange and high frequencies. Often the bass will become faster and tighter. Focus and staging will improve as well. In all, this is a very effective and desirable improvement and is highly recommended by Monitor Audio.

É exactamente isto que ouço, moderadamente claro não é nada "night-and-day", com a bi-cablagem no meu sistema, faço biwiring há muitos anos sempre com os mesmos benefícios e recomendo vivamente Smile

No meu caso, com cabos Mission Solid Core, ainda se torna mais benéfico porque duplica a secção do núcleo do cabo, de um curto 1mm para uns muito mais adequados 2mm (ou seja na verdade 4x1mm = 4mm em cada coluna).
avatar
SergioRZ
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 228
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 21/10/2009
Pontos/Reputação : 394

http://www.VinylGourmet.com/pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bicablagem de Colunas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum