Parar ou não parar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parar ou não parar

Mensagem  longplay em 2/11/2009, 23:32

Boa noite,

venho aqui colocar uma questão para a qual gostaria de saber qual o vosso método.

Tem que ver com a mudança de disco no prato. Devemos ou não manter o motor em funcionamento?

Já li algo sobre isso mas não fiquei esclarecido. Será que o motor ao parar e voltar a funcionar numa tarde de audições será mais prejudicial do que manter o constante funcionamento? Por outro lado, parece-me haver mais desgaste de alguns componentes neste caso, certo?
Por fim, giras e motores antigos... possivelmente estarei a esforçar demasiado um motor já com uns anitos se mudar o disco em andamento?

Ou isto não faz sentido?

No Still Vinil, por exemplo, vi os dois métodos.

Obrigado, desde já, pelos comentários.

Cumprimentos,
Noé Gonçalves
avatar
longplay
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 616
Idade : 38
Localização : Batalha
Data de inscrição : 12/04/2009
Pontos/Reputação : 791

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Blink em 2/11/2009, 23:37

Na minha maneira de vêr deve ser pior para o motor e a correia o desligar e voltar a ligar de cada vez que se mete um disco, isto porque no arranque o motor faz muito esforço e a correia também.

Eu faço assim com ele sempre ligado, agora se for uma audição mais pausada e intervalada, aí pode desligar e ao ligar no arranque dar uma ajuda com a mão no prato para não cansar tanto o motor e não forçar a correia.
avatar
Blink
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4695
Localização : Porto - Póvoa de Varzim
Interesses : DIY, Fotografia e Viajar
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 1978

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Convidad em 3/11/2009, 00:04

Eu quase nunca paro o prato, apesar de ser mais seguro para o vinil, que o mesmo esteja parado.
Mas como ouço muitos discos numa tarde e sou demasiado calão...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  longplay em 3/11/2009, 00:28

obrigado, esclarecido.

Cumprimentos,
Noé Gonçalves
avatar
longplay
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 616
Idade : 38
Localização : Batalha
Data de inscrição : 12/04/2009
Pontos/Reputação : 791

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  fm&stereo em 3/11/2009, 00:59

O parar o motor faz sentido se o GD tem o «clamp» de rosca, em que é preciso desenroscar e voltar a enroscar.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 56
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Manuel Duarte em 3/11/2009, 01:10

O TD124 tem uma embraiagem que permite tirar o disco com o prato parado enquanto o motor se mantém em funcionamento. É um requinte de GD profissional.

Quando uso o TD160 deixo-o sempre a funcionar e até faço mais, à primeira utilização num dia só o desligo ao fim do dia, não vá ter que o utilizar mais alguma vez nesse dia. Acho que é mais prejudicial o tempo que estão parados do que em funcionamento. Pára arranca é que nunca.

Cumprimentos
avatar
Manuel Duarte
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 259
Data de inscrição : 19/09/2009
Pontos/Reputação : 471

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Convidad em 3/11/2009, 01:38

Tem certas coisas que não custa nada pegarmos o "costume" de fazer, uma delas é girar o prato com as mãos antes de ligar o motor, principalmente sem clamp.

Abraços

José Augusto

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  longplay em 3/11/2009, 16:59

Obrigado amigos,

de facto, ajudar a rodar o prato com as mãos foi coisa que nunca fiz.. mas já comecei a ganhar o hábito, no início deste disco que está a tocar...

mais uma vez obrigado e muito som analógico...

abraço
Noé
avatar
longplay
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 616
Idade : 38
Localização : Batalha
Data de inscrição : 12/04/2009
Pontos/Reputação : 791

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Elso em 3/11/2009, 17:04

O meu método é o seguinte, se é que se pode chamar método, ao ligar o motor dou um empurrãozinho no prato para o motor arrancar com mais leveza, e os discos são trocados com o prato sempre a rodar.

Basicamente o que muita gente já disse aí em cima.
avatar
Elso
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1014
Idade : 48
Localização : Barreiro
Ocupação : Muito ocupado
Interesses : Capri/2CV/Carocha/Road King/Baterias e muita musica
Data de inscrição : 14/12/2007
Pontos/Reputação : 594

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Convidad em 3/11/2009, 17:04

longplay escreveu:Obrigado amigos,

de facto, ajudar a rodar o prato com as mãos foi coisa que nunca fiz.. mas já comecei a ganhar o hábito, no início deste disco que está a tocar...

mais uma vez obrigado e muito som analógico...

abraço
Noé

Eu tinha esse habito no meu td125, mas depois de lhe aplicar o kit que inclui uma correia de qualidade, e a fonte de alimentação Dr. Fuss, aquilo agora leva uma volta para atingir rotação total.
Perdi novamente o habito.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  A Pauca Sed Bona em 3/11/2009, 18:26

Elso escreveu:O meu método é o seguinte, se é que se pode chamar método, ao ligar o motor dou um empurrãozinho no prato para o motor arrancar com mais leveza, e os discos são trocados com o prato sempre a rodar.

Basicamente o que muita gente já disse aí em cima.

Quanto a mim a ajuda no arranque deverá ser aplicada exactamente assim, depois de ligar o motor. Isto porque se girarmos o prato primeiro o motor vai funcionar como dinamo e aplicar tensão à fonte de alimentação o que não será lá muito saudável.

Nos pratos com puck de enroscar isso não é possível, temos mesmo de desligar o motor.

Nos AVID os motores são todos sobredimensionados sendo que o do ACUTUS tem 10x mais binário que o habitual. Isto, em conjunção com uma fonte de alimentação também ela sobredimensionada, permite que após uma rotação o prato já esteja a rodar à velocidade desejada, seja ela 33.33 ou 45rpms. Parece coisa de pouca monta mas o prato do Acutus pesa 10,0Kg.

Tal como já foi dito, com motores menos potentes a ajuda no arranque, poderá aumentar-lhes o tempo de vida.

Um Abraço

João Gouveia

_________________
PAUCA SED BONA,Lda Importador oficial exclusivo para Portugal, das marcas PURE SOUND, AVID HIFI e BENZ-MICRO. Reparação e restauro de gira-discos e colunas de som. Home Cinema, amplificação a válvulas e solid state.
www.paucasedbona.pt
Sala de Audições: Rua João das Regras Nº 5 GR6 2605-792 Casal de Cambra
Nota: a 5 minutos do Dolce Vita Tejo
Tlm:91 231 5200 contacto:João Gouveia
email: paucasedbona2004@gmail.com
avatar
A Pauca Sed Bona
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 658
Localização : Casal da Cambra: a 5 min do Dolce Vita Tejo ou: Saír da CREL no nó de Belas
Data de inscrição : 24/07/2007
Pontos/Reputação : 287

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parar ou não parar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum