Sonus Faber CREMONA M

Ir em baixo

Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Sidney Romano em 17/10/2009, 13:46

Caros membros:

Quando comecei a pensar mais seriamente em ouvir música, comprei um par de B&W 602 S3, porém como nada é definitivo, especialmente em nosso hobby, passei pelas Definitive Tecnology BP 10, tremendas bipolares, porém sem muito refinamento, vindo em seguida as 604 B&W, até que um dia, através de um amigo, ingressei no universo das Sonus Faber, adquirindo as Grand Piano Domus, as quais conservei por quase três anos.

Foram estas substituídas pelas Sonus Faber Cremona M que, a par de possuírem aquela mesma característica doce, quente e aveludada de assinatura sônica, são muito mais refinadas, dinâmicas, extensas e muito, mas muito bonitas visualmente. Geram um som "maior", muito mais bem definido, transparente, com silêncio de fundo que, dependendo da mídia, é sobrenatural. Formação de sound stage magnífica, em lateralidade e profundidade, mesmo numa sala assimétrica e sem preparo como a minha.

Fabulosas, para dizer pouco.

As minhas são em acabamento grafite.




Sonus Faber - Cremona M



Cremona M Overview:
Cremona M, (M = modified) is a loudspeaker that builds forward the recognized technological value of Elipsa in order to achieve new levels of performance in sound reproduction. State of the art components – with particular reference to the midrange made of randomized fibre – combined with a cross-over network that remains faithful to the principle of maximum simplicity, allows this loudspeaker to express itself with great speed, transparency, naturalness and with control of low frequencies.

This allows it to be installed in small rooms as well as large.
Specifications:


SYSTEM: 3 way floorstanding vented box loudspeaker.


CABINET: Lute shape design, combination of sandwich construction obtained using hand selected wood layers and solid maple, quality graded and oriented for carefully optimized resonances control. Substructural ribs are strategically placed for absolute rejection of spurious vibration and standing waves control.


TWEETER: 25 mm ultra dynamic ring radiator-driver.


MIDRANGE: 150 mm cone driver with Symmetric Drive Motor System and selected black wood fiber cone, high resolution, threated for break-up control. Dynamic linear suspension. Designed synergistically with its vented acoustic chamber. Sonus faber exclusive.


WOOFERS: 180 mm lightweight Aluminium/Magnesium alloy cone drivers. Ultra dynamic performance and linearity. Special coaxial anti-compressors are used, designed to remove cavity resonance and distortions.


CROSS-OVER: Non-resonant second order design, optimized phase characteristics for optimal space/time performance, cross-over points 400 Hz – 2.300 Hz.


FREQUENCY RESPONSE: 40 Hz – 30.000 Hz, tuning ports included.


SENSITIVITY: 91 dB SPL (2.83 V/1m). NOMINAL IMPEDANCE: 4 ohm.


POWER HANDLING: 50W – 250W, without clipping.


FINISH: Natural maple or light graphite multicoated with medium gloss ecologically sensitive lacquer.


DIMENSIONS: 1120 x 350 x 565 mm (HxWxD).


WEIGHT: 73 Kg per pair – net weight / 87.5 Kg per pair – shipping weight







Algum dos foristas as têm? Já as ouviram? Como as consideram?

Estou fascinado com meus novos brinquedos, sendo obrigado a reouvir discos e mais discos, sempre notando coisas que não tinha ainda ouvido.

Fraternais abraços,

Sidney

Sidney Romano
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 50
Idade : 60
Localização : São Paulo - Brasil
Ocupação : Desembargador
Interesses : ópera, música clássica, audiofilia
Data de inscrição : 15/10/2009
Pontos/Reputação : 58

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Mr.Spock em 17/10/2009, 14:40

Meu caro,

Os meus parabéns.
São fabulosas. Visualmente mas também em termos de som.

Qualquer apreciação menos positiva...não ligue !

Mr.Spock
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 423
Data de inscrição : 06/04/2008
Pontos/Reputação : 161

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Mr.Spock em 17/10/2009, 14:56

Já agora, o que está a usar em termos de amplificação ?

Mr.Spock
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 423
Data de inscrição : 06/04/2008
Pontos/Reputação : 161

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Manuel Duarte em 17/10/2009, 16:42

Nunca ouvi as Sonus Faber Cremona em condições ideais, mas acredito que tocariam bem na minha sala.

Mas estou agora a chegar da apresentação que a Viasónica está a fazer no Ritz e estavam lá umas Elipsa.

Ouvi e agradou-me o timbre da voz, aliás é essa a característica que mais gosto nas SF, e as cordas também me agradam bastante.

O azar das SF é que na sala do outro lado estavam as Wilson Audio e pronto ... Ainda por cima o disco que estava a tocar conheço-o bastante bem. Poderão dizer, que é comparar alhos com bugalhos, mas é que é mesmo ...

Mas corroboro o disse Mr.Spock, não ligue, mas quando puder ouça as WA e acho que vai trocar. Ou melhor não ouça para não ter que trocar, a decisão vai ser sua.

Cumprimentos e boas audições
avatar
Manuel Duarte
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 259
Data de inscrição : 19/09/2009
Pontos/Reputação : 471

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  jdickson em 17/10/2009, 23:14

Manuel Duarte escreveu:Nunca ouvi as Sonus Faber Cremona em condições ideais, mas acredito que tocariam bem na minha sala.

Mas estou agora a chegar da apresentação que a Viasónica está a fazer no Ritz e estavam lá umas Elipsa.

Ouvi e agradou-me o timbre da voz, aliás é essa a característica que mais gosto nas SF, e as cordas também me agradam bastante.

O azar das SF é que na sala do outro lado estavam as Wilson Audio e pronto ... Ainda por cima o disco que estava a tocar conheço-o bastante bem. Poderão dizer, que é comparar alhos com bugalhos, mas é que é mesmo ...

Mas corroboro o disse Mr.Spock, não ligue, mas quando puder ouça as WA e acho que vai trocar. Ou melhor não ouça para não ter que trocar, a decisão vai ser sua.

Cumprimentos e boas audições

Bem, felizardo aquele que, ao ouvir umas Wilson Watts pode logo trocar umas Sonus Faber pelas ditas cujas!...É que o preço não tem nada, mas nada a ver...
Quanto à comparação do som entre as salas...está muito longe de se dever apenas à diferença entre as colunas.
Eu também lá estive, e o som da sala com os CJ e as WA era simplesmente do melhor que já tenho ouvido! Mas, também, vejamos: o melhor leitor de CD do mundo (Scarlatti), um dos 3-4 melhores prévios do mundo (Conrad-Johnson GAT), a melhor amplificação da CJ ( e, seguramente, também dos melhores amplificadores a válvulas do mundo) e as últimas Wilson Watts! Já para não falar dos cabos interconnect Nordost Odin e os Transparent nas colunas...
Tudo junto, dava para comprar uma casa igual à minha!... affraid
De qualquer forma, o som da sala com as Sonus Faber estava aquém do que se pode obter com todos os componentes presentes nessa sala. Pareceu-me que a sala tinha graves problemas de ressonância, o que me foi confirmado pelo Zé Filipe da Viasónica.
Mas , para que conste, se eu não tivesse umas Martin Logan no meu sistema, teria certamente umas Sonus Faber!... cheers

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 54
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Sidney Romano em 17/10/2009, 23:55

Mr.Spock escreveu:Já agora, o que está a usar em termos de amplificação ?


Amplificador Integrado a válvulas Audio Research VSi 60:





download print version of VSi60 page


VSi60 Integrated Amplifier


The VSi60 clearly proves that you do not have to spend a fortune to enjoy truly great sound at home. Built by hand in Plymouth, Minnesota, to the same exacting standards as our renowned Reference series, the VSi60 offers remarkable sound quality and value.

Its rated output of 50 watts per channel does not convey the VSi60's ability to drive power-hungry, low-impedance loudspeakers. We designed the VSi60 with the finest full-range speakers, not compact monitors. Dynamics are lifelike with a sense of ease normally associated with larger amplifiers. Yes, its resolving power is surprising, allowing you to hear details that were previously hidden in your recordings, but that resolution is in service of the music — grainless, tonally accurate and refined.

Physically, the VSi60 is 14" W x 8" H x 16" D, with a milled, anodized natural top plate with an inset Audio Research logo. On the front there are function and volume LEDs on the left, and soft touch buttons on the right mimicking the layout of our SP17 preamp. The display is available with either a black or a silver finish. The supplied remote controls all functions including power, muting, stereo/mono, input select, and volume up/down.

The rear of the chassis has five pairs of single-ended inputs labeled CD, Tuner, Video, SE1 and SE2; a (full-range) mono subwoofer output; voltmeter test points for setting bias; 0-4-8 ohm, gold plated brass five-way binding posts, and a very high quality detachable line cord. An optional perforated cage-type top cover, specific to the VS60/VSi60, is available at extra cost.

The control section of the VSi60 is passive, utilizing microprocessor-controlled relays. The high performance input relay paths are especially short, the same as those in Reference preamplifiers. The microprocessor control remembers the last input selected and the stereo/mono setting when the unit is powered down. Upon turn-on there is an automatic 30-second warm-up mute, with the volume control reset to zero to avoid possible unwanted surprises. The active circuitry is essentially that of the VS60, but with more gain for greater sensitivity. The preamplifier and amplifier sections cannot be separated.

The VSi60 has a new JFET input stage for low noise, with 6H30 driver tubes. The Svetlana 6550C output tube is used, the same as our other vacuum tube amplifiers. Build quality is typical Audio Research, utilizing thick traces on heavy, plated-through circuit boards, the finest audiophile-grade parts, proprietary litz internal wires, and the VSi60 is completely hand-soldered, assembled, tested and packed by craftspeople in our own facility. No production shortcuts have been taken. We are very proud of the VSi60 because we feel it provides the finest performance available anywhere near its price. Please contact your nearest Audio Research dealer to audition this affordable new integrated vacuum-tube amplifier.







VSi60 Integrated Amplifier:
POWER OUTPUT: 50 watts per channel continuous from 20Hz to 20kHz. 1kHz total harmonic distortion typically 1.5% at 50 watts, .05% at 1 watt.
FREQUENCY RESPONSE: (-3dB points at 1 watt)
1.0Hz to 80 kHz.

INPUT SENSITIVITY: 0.47V RMS Single-ended for rated output. (32.5dB gain into 8 ohms.)
INPUT IMPEDANCE: 50K ohms Single-ended.
INPUTS (5): CD, Tuner, Video, SE1, SE2 (Single Ended RCA connectors).
MAXIMUM INPUT: 3.5V RMS (any input).

OUTPUT POLARITY: Non-Inverting (any input).
PUSH BUTTONS: Volume up, volume down. (103 steps, 20 LED indicators), Input, Mono, Mute, Power. All functions on IR remote control.
OUTPUT TAPS: 8 ohms, 4 ohms.
MONO SUBWOOFER OUTPUT: 1V RMS at rated power.
OVERALL NEGATIVE FEEDBACK: 7dB.
HUM AND NOISE: Less thatn 0.1mV RMS — 106dB beow rated output (IHF weighted, Vol down).
POWER SUPPLIES: Electronically regulated Low and High voltage supplies for input stages. Automatic 30 sec. warm-up/brown-out mute.

POWER SUPPLY ENERGY STORAGE:
Approximately 166 joules.

POWER REQUIREMENTS: 100-125VAC 60 Hz (200-250VAC 50Hz) 300 watts at rated output, 500 watts maximum, 200 watts at "idle".
TUBES REQUIRED:
2 — Matched pair 6550. Power Output: 2-6H30 driver.

DIMENSIONS: 14" (35.6 cm) W x 8" (20.3 cm) H x 16"(40.6 cm) D. Rear connectors extend .88" beyond chassis.
WEIGHT: 34.8 lbs. (15.8 kg) Net; 38.3 lbs. (17.4 kg) Shipping.
Specifications subject to change without notice.



  • Home
  • About Us
  • Vacuum Tubes
  • Products


  • New Products
  • Factory Tour
  • Dealers
  • Warranty Statement
  • Links

Audio Research Corporation
3900 Annapolis Lane North
Plymouth, Minnesota USA 55447-5447
Phone: 763-577-9700 Fax: 763-577-0323
www.audioresearch.com
©2009 Audio Research



Fraternal abraço,

Sidney

var gaJsHost = (("https:" == document.location.protocol) ? "https://ssl." : "http://www.");
document.write(unescape("%3Cscript src='" + gaJsHost + "google-analytics.com/ga.js' type='text/javascript'%3E%3C/script%3E"));





try {
var pageTracker = _gat._getTracker("UA-9571851-1");
pageTracker._trackPageview();
} catch(err) {}

Sidney Romano
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 50
Idade : 60
Localização : São Paulo - Brasil
Ocupação : Desembargador
Interesses : ópera, música clássica, audiofilia
Data de inscrição : 15/10/2009
Pontos/Reputação : 58

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Sidney Romano em 17/10/2009, 23:59

Manuel Duarte escreveu:Nunca ouvi as Sonus Faber Cremona em condições ideais, mas acredito que tocariam bem na minha sala.

Mas estou agora a chegar da apresentação que a Viasónica está a fazer no Ritz e estavam lá umas Elipsa.

Ouvi e agradou-me o timbre da voz, aliás é essa a característica que mais gosto nas SF, e as cordas também me agradam bastante.

O azar das SF é que na sala do outro lado estavam as Wilson Audio e pronto ... Ainda por cima o disco que estava a tocar conheço-o bastante bem. Poderão dizer, que é comparar alhos com bugalhos, mas é que é mesmo ...

Mas corroboro o disse Mr.Spock, não ligue, mas quando puder ouça as WA e acho que vai trocar. Ou melhor não ouça para não ter que trocar, a decisão vai ser sua.

Cumprimentos e boas audições



Em minhas parcas experiências com a audiofilia já tive oportunidade de perceber que, a partir dum certo patamar, não há nem certo nem errado, nem feio nem bonito, só um jeito particular que temos de ouvir música, de gostarmos disso. Poder-se-ia dizer que é idiossincrasia e também haveria acerto nisso.

Já ouvi as Wulson Audio em Feiras Audiófilas realizadadas cá em São Paulo e tive delas muito bela impressão, porém, para os meus ouvidos, e a música que gosto, prefiro a docilidade e o calor característicos das Sonus Faber.

Admito, no entanto, que em qualquer das hipóteses se está muito bem servido.

Fraternal abraço,

Sidney

Sidney Romano
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 50
Idade : 60
Localização : São Paulo - Brasil
Ocupação : Desembargador
Interesses : ópera, música clássica, audiofilia
Data de inscrição : 15/10/2009
Pontos/Reputação : 58

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Sidney Romano em 18/10/2009, 00:02

jdickson escreveu:
Manuel Duarte escreveu:Nunca ouvi as Sonus Faber Cremona em condições ideais, mas acredito que tocariam bem na minha sala.

Mas estou agora a chegar da apresentação que a Viasónica está a fazer no Ritz e estavam lá umas Elipsa.

Ouvi e agradou-me o timbre da voz, aliás é essa a característica que mais gosto nas SF, e as cordas também me agradam bastante.

O azar das SF é que na sala do outro lado estavam as Wilson Audio e pronto ... Ainda por cima o disco que estava a tocar conheço-o bastante bem. Poderão dizer, que é comparar alhos com bugalhos, mas é que é mesmo ...

Mas corroboro o disse Mr.Spock, não ligue, mas quando puder ouça as WA e acho que vai trocar. Ou melhor não ouça para não ter que trocar, a decisão vai ser sua.

Cumprimentos e boas audições

Bem, felizardo aquele que, ao ouvir umas Wilson Watts pode logo trocar umas Sonus Faber pelas ditas cujas!...É que o preço não tem nada, mas nada a ver...
Quanto à comparação do som entre as salas...está muito longe de se dever apenas à diferença entre as colunas.
Eu também lá estive, e o som da sala com os CJ e as WA era simplesmente do melhor que já tenho ouvido! Mas, também, vejamos: o melhor leitor de CD do mundo (Scarlatti), um dos 3-4 melhores prévios do mundo (Conrad-Johnson GAT), a melhor amplificação da CJ ( e, seguramente, também dos melhores amplificadores a válvulas do mundo) e as últimas Wilson Watts! Já para não falar dos cabos interconnect Nordost Odin e os Transparent nas colunas...
Tudo junto, dava para comprar uma casa igual à minha!...
De qualquer forma, o som da sala com as Sonus Faber estava aquém do que se pode obter com todos os componentes presentes nessa sala. Pareceu-me que a sala tinha graves problemas de ressonância, o que me foi confirmado pelo Zé Filipe da Viasónica.
Mas , para que conste, se eu não tivesse umas Martin Logan no meu sistema, teria certamente umas Sonus Faber!...


Com o sistema que vens de mencionar não há comparação possível.

Penso, contudo, que as Stradivari, que acabei de ouvir ainda agora, em casa de amigo aqui em São Paulo, não está a dever nada a nenhuma Wilson Audio ou sonofletor de qualquer marca, mas, como já referi, aí se vai pelo mundo da subjetividade e daí...............

De qualquer sorte, agradeço teu comentário.

Forte abraço,

Sidney

Sidney Romano
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 50
Idade : 60
Localização : São Paulo - Brasil
Ocupação : Desembargador
Interesses : ópera, música clássica, audiofilia
Data de inscrição : 15/10/2009
Pontos/Reputação : 58

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sonus Faber CREMONA M

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum