células MM versus CD: que raio de comparação?!

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  fm&stereo em 30/8/2009, 01:20

António José da Silva escreveu:
fm&stereo escreveu:
António José da Silva escreveu:

Tu a fazeres o teu melhor pelo país, e nós de boca aberta com a beleza do vinil. Num sistema com o Norbert/transformadores/MC no outro com o Norbert/MM. Em ambos os casos o resultado foi de encanto. Very Happy

E que transformadores são esses?

Os meus passivos.

Ainda não me vou pornunciar sobre o meu passivo, mas começo a perceber o que se diz sobre os mesmos.

Voltando ao tema, lembro uma impressão muito corrente, que é o «politicamente correcto», em que se observa constantemente o comparar daquilo que não é comparável. E para dar maior enfase, como que para desviar as atenções daquilo que realmente importa, o político utiliza expressões que se destacam do comum. Por exemplo, estrangeirismos, ou palavras invulgares, não se apercebendo muitas vezes que estão a por em causa aquilo que tanto se esforçam para manter - o «politicamente correcto». Uma dessas palavras, até muito usada socialmente é imenso/a, quando deveriam dizer muito/a. Laughing
Portanto, embora se possam e devam fazer comparações, neste caso e como tenho já dito, há que procurar antes de mais compreender o que é essencial. Pois o essencial aqui é o analógico.
Quanto a MM versus CD, ainda há pouco tempo tive a ocasião de ouvir e comparar o material de um nosso forista, juntamente com o António. O suporte digital era muito mais caro que o analógico e ainda assim, o analógico ganhou.
E digo mais: se bem que nem todos os casos são dignos de comparação, o certo é que facilmente um sistema analógico relativamente barato bate um digital.
Mas o maior desafio está em apreciar de facto as potencialidades em questão, então sim, o julamento será justo e não uma questão de «conveniência». Mas se se procura a justiça, então não estamos no sítio certo. Laughing
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Orion em 30/8/2009, 02:32

td124: Concordo absolutamente :partyman: ;

E a mim, parece-me que se começa também a enfatizar demasiado o (pre)conceito pré-estabelecido (como se de uma verdade inquestionável se tratasse), de que a "musicalidade" de um sistema e a dita alta-fidelidade terão sempre obrigatoriamente de andar de costas voltadas :damn: . Não o considero (longe disso) nem a larga maioria de pessoas relacionadas, useiros e vezeiros (também) em concertos e audições ao vivo, o consideram. Mas... por razões que me escapam ou talvez não, há que ter sempre uma máxima dita muitas vezes... e assim talvez um dia se faça verdade Wink Very Happy .

A subjectividade e a enorme abrangência de se dizer que uma coisa é melhor que outra, refutando tudo o que os demais testemunham ter como sua opinião sensorial, não é de todo, a minha visão de algo tão dependente de tantas variaveis. Até porque, quantos de nós poderão igualmente dizer que atravessaram as fases x e y, que (apesar disso) não é sinónimo de que tenha prevalência de razão, creditada e reconhecida... senão perante ele mesmo.

Posso sim dizer pessoalmente que, não obstante a paixão enorme que me leva a, diariamente, absorver toda a informação (seja ela obtida ou sensoriada) deste nosso hobbie, sinto a cada dia que passa que terei SEMPRE algo a aprender e a descobrir. E é essa descoberta que cada um de nós tem, que não deve - na minha opinião - de ser menosprezada ou menos tida em conta. Porque é por ela que passa grande parte da magia da questão.

Indo mais à questão objectivamente, posso me incluir naqueles que aqui também já disseram que consideram o som mais musical e real das válvulas e do analógico. E que, não obstante a discrepância de valores dos sistemas cá residentes, os meus ouvidos prefirem sem margem para dúvidas (na generalidade, não na totalidade) o som que brota pela parte analógica. E mesmo com um imenso trabalho de melhoramentos ainda pela frente, que sinto poder almejar, pois a célula MM é sim mediana Shocked affraid Shocked . E nem me vou dar ao trabalho de dizer algumas das marcas ss que por aqui passaram nesta ou naquela fase, antes de "estacionar" nas ditas válvulas. É apenas o MEU gosto pessoal e, como tal, somente transmissível por opinião, nunca por perssuação ou imposição medida pela experiencia "x".

Portanto, cada caso é um caso e, como já aqui foi sabiamente dito, a minha minha musicalidade acaba onde começa a de outro.

Retrospectivando, também relevo a generalidade de mais este excelente tópico com experiências e gostos pessoais de cada um. Keep going cheers

PS - Àh, ia me esquecendo (herege dos hereges) EU fui um dos blásfemos :damn: :damn: :damn: que também se rendeu ao encanto das valvulas, com grande contribuição do "pequenino" Dynavox Shocked Shocked Shocked. Que heresia não é? Há mesmo quem saia muito pouco alien jocolor geek.

_________________
Carpe Diem
avatar
Orion
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4587
Idade : 46
Localização : bem localizado
Ocupação : escutophilia
Interesses : so many
Data de inscrição : 28/06/2007
Pontos/Reputação : 2549

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  pbarata em 30/8/2009, 09:57

António José da Silva escreveu:(...)
http://www.opus3records.com/vinyl.html
(...)
A propósito desta referência é mencionado que:

"Since most complete CD's are too long to be accommodated on a regular LP (33 rpm) it was necessary to produce a double LP, which in turn meant that advantage could be taken of the use of 45rpm. The main advantages of this is that it is possible to increase the cutting level thus reducing, in relative terms, the noise of the record. In addition the increased speed of rotation of the record gives improved high-frequency performance which is of particularly significance especially in the later parts of the record as the circumference progressively reduces."

Ora, tive como prenda de aniversário Metallica: Vinyl Box Set precisamente em 4 LPs de 45 rpm, cada lado com um tema. Confesso que fiquei rendido ao som, não sendo um grande fan da banda.

Diz o comentário ao album que "a banda apontou seu foco em busca de um caminho mais musical e melódico, e o resultado é excepcional. Basta mencionar ´Enter Sandman´ e ´The Unforgiven´."
avatar
pbarata
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1113
Idade : 50
Localização : Lisboa
Interesses : Jazz & Clássica
Data de inscrição : 08/06/2007
Pontos/Reputação : 450

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Orion em 30/8/2009, 16:01

pbarata escreveu:Ora, tive como prenda de aniversário Metallica: Vinyl Box Set precisamente em 4 LPs de 45 rpm, cada lado com um tema. Confesso que fiquei rendido ao som, não sendo um grande fan da banda.

Diz o comentário ao album que "a banda apontou seu foco em busca de um caminho mais musical e melódico, e o resultado é excepcional. Basta mencionar ´Enter Sandman´ e ´The Unforgiven´."

Que sortudo Very Happy

Desfruta aí desses disquinhos, Pedro. Pois acredito serem mesmo bons. Tive ha dias a ver uma reportagem numa mtv estrangeira (por satélite) sobre a parte recente da vida deles e foi muito engraçado. Depois daquele hiato de tempo motivado pelos caminhos menos bons de alguns elementos da banda, foi mt bom terem voltado.

Desculpem o breve off topic. Very Happy

_________________
Carpe Diem
avatar
Orion
Equipa Audiopt - Admin.
Equipa Audiopt - Admin.

Número de Mensagens : 4587
Idade : 46
Localização : bem localizado
Ocupação : escutophilia
Interesses : so many
Data de inscrição : 28/06/2007
Pontos/Reputação : 2549

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Brás em 30/8/2009, 20:21

Eu tenho uma célula MM que é a Clearaudio Maestro wood e posso dizer que gosto bastante da sua musicalidade com um som grande e cheio com um detalhe excelente e um uma extensão de agudos notável que é dificil o digital se aproximar mas ao mesmo tempo sei que o digital que tenho faz o melhor possivél para apróximar o som digital ao anlógico e isto devido ao DAC eu tenho resolução e detalhe com fartura.Mas houve alguém que me disse que com uma MC era ainda melhor.Será confused
avatar
Brás
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1440
Data de inscrição : 05/12/2007
Pontos/Reputação : 593

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  ricardo felisberto em 30/8/2009, 21:24

Orion escreveu:td124: Concordo absolutamente :partyman: ;

E a mim, parece-me que se começa também a enfatizar demasiado o (pre)conceito pré-estabelecido (como se de uma verdade inquestionável se tratasse), de que a "musicalidade" de um sistema e a dita alta-fidelidade terão sempre obrigatoriamente de andar de costas voltadas :damn: . ...

...

Indo mais à questão objectivamente, posso me incluir naqueles que aqui também já disseram que consideram o som mais musical e real das válvulas e do analógico. E que, não obstante a discrepância de valores dos sistemas cá residentes, os meus ouvidos prefirem sem margem para dúvidas (na generalidade, não na totalidade) o som que brota pela parte analógica.

...

Portanto, cada caso é um caso e, como já aqui foi sabiamente dito, a minha minha musicalidade acaba onde começa a de outro.
...

Absolutamente. A musicalidade e a verdade podem, e devem, existir conjuntamente. Já a musica ser (sempre) quente e redondinha (sem arestas), etc e tal, já é mais complicado (não me refiro a ninguém em concreto).

Atentemos no seguinte. No panorama pt, a maioria dos principais importadores dispõem de marcas que se batem nos mais variados quadrantes. Têm Vinil e CD para fonte e SS e valvulas (e mesmo digital) para amplificação.

Estranhamente, considerando a superioridade não-total-mas-para-lá-caminhando (em alguns casos, noutros total-e-absoluta Twisted Evil) do vinil e das valvulas, estes profissionais, gente que só faz isto na vida, e que, (supostamente?) conhece e percebe disto, o que fazem nos shows? Levam na maioria dos casos os equipamentos com maior compromisso ... que estranho, não é? :damn:

Só querem vender disto? Preferem agradar à maioria ? Mas mesmo neste caso, se excluirmos as fontes e amp, ainda temos as colunas e os cabos, entre outros, que soariam muito superiores com o vinil e valvulas? Não seria de potenciar as vendas também nestes quadrantes?

Mas podíamos falar doutros profissionais do ramo, como os criticos e ... surpresa, mais do mesmo Question

É que queiramos, quer não, mesmo no nicho da audiofilia (onde se incluem os profissionais acima), as valvulas e o vinil, não deixam de ser uma (enorme) minoria? Todos os outros, muitos (não eu) nisto à decadas, anda tudo equivocado? surdo? Ou será que tudo somado existem mais vantagem do 'outro lado'? Rolling Eyes Ou será tão-somente um caso de preferências, que alguns insistem em transformar na superioridade dum vs outro?

ricardo felisberto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 508
Localização : Almada/Lisboa
Ocupação : Infelizmente tenho de trabalhar ...
Interesses : Isto, gastronomia e viagens
Data de inscrição : 06/06/2007
Pontos/Reputação : 430

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 30/8/2009, 23:43

Brás escreveu:Eu tenho uma célula MM que é a Clearaudio Maestro wood e posso dizer que gosto bastante da sua musicalidade com um som grande e cheio com um detalhe excelente e um uma extensão de agudos notável que é dificil o digital se aproximar mas ao mesmo tempo sei que o digital que tenho faz o melhor possivél para apróximar o som digital ao anlógico e isto devido ao DAC eu tenho resolução e detalhe com fartura.Mas houve alguém que me disse que com uma MC era ainda melhor.Será confused

Pois. De facto, as células de absoluta referência são TODAS MC. Quando começamos a descer os patamares, começam a surgir algumas MM e, especialmente as MI-Moving Iron, que se comportam em termos de ganho, como as MM, que rivalizam e, nalguns casos, batem as MC.
Agora, dentro da gama de preços de, digamos, até aos 250-500 euros, eu nuca ouvi uma MM que fosse melhor que uma MC da mesma gama. E é precisamente por isso que eu lancei este tópico: como é possível que sistemas com MM batam grandes fontes digitais (o ênfase aqui deve ser dado na palavra "grandes", por forma a perceber que estou a referir-me ao desencontro de patamares)?
Antes que surjam as respostas com casos particulares, devo dizer que tenho lido muitos posts com experiências pessoais que vâo precisamente ao encontro do que digo, por isso, não batam mais no ceguinho. Vou ficar à espera que me convidem para eu confirmar esses factos (?)... What a Face

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 30/8/2009, 23:49

jdickson escreveu:
Brás escreveu:Eu tenho uma célula MM que é a Clearaudio Maestro wood e posso dizer que gosto bastante da sua musicalidade com um som grande e cheio com um detalhe excelente e um uma extensão de agudos notável que é dificil o digital se aproximar mas ao mesmo tempo sei que o digital que tenho faz o melhor possivél para apróximar o som digital ao anlógico e isto devido ao DAC eu tenho resolução e detalhe com fartura.Mas houve alguém que me disse que com uma MC era ainda melhor.Será confused

Pois. De facto, as células de absoluta referência são TODAS MC. Quando começamos a descer os patamares, começam a surgir algumas MM e, especialmente as MI-Moving Iron, que se comportam em termos de ganho, como as MM, que rivalizam e, nalguns casos, batem as MC.
Agora, dentro da gama de preços de, digamos, até aos 250-500 euros, eu nuca ouvi uma MM que fosse melhor que uma MC da mesma gama. E é precisamente por isso que eu lancei este tópico: como é possível que sistemas com MM batam grandes fontes digitais (o ênfase aqui deve ser dado na palavra "grandes", por forma a perceber que estou a referir-me ao desencontro de patamares)?
Antes que surjam as respostas com casos particulares, devo dizer que tenho lido muitos posts com experiências pessoais que vâo precisamente ao encontro do que digo, por isso, não batam mais no ceguinho. Vou ficar à espera que me convidem para eu confirmar esses factos (?)... What a Face

Quem sabe se não se arranja um tempinho para um almoço aqui por estas bandas e uma audição de um prato mais célula (MM) na ordem dos 1000 euros, contra um leitor na ordem dos 4000? Junta-se o útil (almoço e convívio) ao agradável (ouvir musica) Laughing
Mas também prefiro as MC's Very Happy

Abraço

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 30/8/2009, 23:56

E, já agora, aceito sem reservas que as válvulas "dêem" melhor som, mas mais realista?... Eu sei que as vozes, particularmente as femininas soem tão bem, tão quentes, tão sedutoras, que "só podem er mais reais", mas parece-me a mim que fazem o papel de sereias, enfeitiçam-nos, e fazem-nos dizer o que quer que seja!
Mas, para que fique bem claro, eu sou dos que, em matéria de som, prefiro uma mentira bonita do que uma verdade feia e adoro as válvulas, especialmente nos pré-amplificadores I love you ...

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 30/8/2009, 23:58

António José da Silva escreveu:
jdickson escreveu:
Brás escreveu:Eu tenho uma célula MM que é a Clearaudio Maestro wood e posso dizer que gosto bastante da sua musicalidade com um som grande e cheio com um detalhe excelente e um uma extensão de agudos notável que é dificil o digital se aproximar mas ao mesmo tempo sei que o digital que tenho faz o melhor possivél para apróximar o som digital ao anlógico e isto devido ao DAC eu tenho resolução e detalhe com fartura.Mas houve alguém que me disse que com uma MC era ainda melhor.Será confused

Pois. De facto, as células de absoluta referência são TODAS MC. Quando começamos a descer os patamares, começam a surgir algumas MM e, especialmente as MI-Moving Iron, que se comportam em termos de ganho, como as MM, que rivalizam e, nalguns casos, batem as MC.
Agora, dentro da gama de preços de, digamos, até aos 250-500 euros, eu nuca ouvi uma MM que fosse melhor que uma MC da mesma gama. E é precisamente por isso que eu lancei este tópico: como é possível que sistemas com MM batam grandes fontes digitais (o ênfase aqui deve ser dado na palavra "grandes", por forma a perceber que estou a referir-me ao desencontro de patamares)?
Antes que surjam as respostas com casos particulares, devo dizer que tenho lido muitos posts com experiências pessoais que vâo precisamente ao encontro do que digo, por isso, não batam mais no ceguinho. Vou ficar à espera que me convidem para eu confirmar esses factos (?)... What a Face

Quem sabe se não se arranja um tempinho para um almoço aqui por estas bandas e uma audição de um prato mais célula (MM) na ordem dos 1000 euros, contra um leitor na ordem dos 4000? Junta-se o útil (almoço e convívio) ao agradável (ouvir musica) Laughing
Mas também prefiro as MC's Very Happy

Abraço

Com todo o gosto, desde que também possa retribuir Laughing

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  fm&stereo em 31/8/2009, 01:18

É que queiramos, quer não, mesmo no nicho da audiofilia (onde se incluem os profissionais acima), as valvulas e o vinil, não deixam de ser uma (enorme) minoria? Todos os outros, muitos (não eu) nisto à decadas, anda tudo equivocado? surdo? Ou será que tudo somado existem mais vantagem do 'outro lado'? Rolling Eyes Ou será tão-somente um caso de preferências, que alguns insistem em transformar na superioridade dum vs outro?

Devemos, antes demais, perguntar-nos o que queremos aqui, como em tudo na vida. Mas é verdade que não faz sentido sequer gastar uma fortuna num sistema quando não é para apreciar, ou seja, quando se quer apenas ouvir música, sem dar importância à qualidade sonora.

E, já agora, aceito sem reservas que as válvulas "dêem" melhor som, mas mais realista?... Eu sei que as vozes, particularmente as femininas soem tão bem, tão quentes, tão sedutoras, que "só podem er mais reais", mas parece-me a mim que fazem o papel de sereias, enfeitiçam-nos, e fazem-nos dizer o que quer que seja!
Mas, para que fique bem claro, eu sou dos que, em matéria de som, prefiro uma mentira bonita do que uma verdade feia e adoro as válvulas, especialmente nos pré-amplificadores I love you ...


Como se costuma dizer, gostos não se discutem. Very Happy
O problema começa normalmente com algum tipo de compromisso, em que condiciona o julgamento. Isto não impede naturalmente que se compreenda o valor das coisas, mas pode sempre ficar na sobjectividade.

Meus amigos, isto faz-me lembrar a cultura, que ora para uns tem um interesse mais do tipo conservador e para outros mais enovador. Acontece que o suposto nada tem que ver com nenhum tipo de tendência, seja ela de uma repetição tradicional ou praxe, ou de moda e exclusividade, mas sim com aquilo que realmente importa. E isto, passa por compreender o que está em causa e que não é propriamente uma questão de gostos mas de interesses. Por exemplo, e como já disse, para quem apenas quer ouvir música sem dar importância à qualidade sonora, não precisa gastar muito. Agora, comprender também a ausência de limites, é já um grande erro, que de resto é típico.

Para nós, aqui do forum, que haja mais apreciação e menos convicção, é o que desejo. Wink
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  TAVARES em 31/8/2009, 02:00

Desmistificando este debate arrisco a resumir este assunto numa única palavra: TIMBRE,
é uma palavra que condensa diversas explicações sobre os temas em questão. Se pusermos os reprodutores de parte e falar somente dos suportes, apartida podemos dizer que o vinil leva vantagem exatamente pela ausência de compressão, que por sua vez tem se reduzido em grande parte no formato digital. Esta dita compressão que todos nós sabemos existir, mas que nem todos a sabem desdobrar por palavras, consiste, de uma forma simplista e perceptivel na não aceitação do formato digital em sobrepôr amostragens de frequências prejudicando assim o rigor tímbrico.

Ou seja, se se gravar dois instrumentos de sopro diferentes (saxofone,trompete) obviamente têm tímbres diferentes, mas que algures em certas frequências se cruzam e sobrepoêm, aí o formato digital aceita apenas uma dessas frequências, enquanto o formato vinil regista as duas,beneficiando o tímbre o que facilita distinguir bem os dois instrumentos a tocar em simultâneo. Essas ditas diferênças já começam a ser quase, disse quase nulas tendo em conta a evolução do dig.

Mas...o formato dig tem algumas vantagens (amplitude da gama de frequências) que por vezes levam a melhor ao outro suporte de gravação. Numa gravação a solo de um determinado instrumento com uma gama ampla de frequências poderá ser um caso complicado bater o dig.

Contudo timbricamente, é o que nos faz aceitar melhor ou pior tudo o que se ouve, pois não tem nada haver com o factor qualidade. Passo a explicar:

Quantas vezes já não aconteceu entrarmos em determinada loja ou casa de alguém e ouvimos música vindo de um pequeno rádio antigo (nomeadamente a válvulas) e ficamos deliciados com tamanha músicalidade?!! No entanto estamos a falar de um rádio baixa amplitude de frequências, mesmo assim sabemos que o prazer músical é enorme, o que por vezes o nosso sistema (muito mais evoluido) tem dificuldade em transmitir a emoção daquela música vindo do pequeno rádio antigo. Pois é aqui que poderá começar a traição dos sons, sem nos aperceber queremos a força que o nosso sistema nos relembre aquela emoção, o que no fundo não pode, pecando pela maior qualidade do sitema.
Com isto é muito facil cairmos em tentação em afirmar que um aplificador baratinho toque melhor que um muito mais caro, embora sei que em algumas situações se consigam resultados muito bons com aparelhos menos pretenciosos. Também é preciso não esquecer que na maioria de aparelhos mais baratos trabalham deficientemente ou não trabalham puro e simplesmente (sendo limitados na banda passante de frequências) para não comprometer a sonoridade do projecto. Pode-se notar isso em alguns discos com muita profundidade de graves ou extensos nos agudos, ficando o som pouco articulado e defenido no grave e estridente ou ríspido nos agudos. Atribuimos a culpa muita das vezes a má gravação, pois sses mesmos discos reproduzidos em bons sistemas, chega-se a conclusão que o mal não era do disco. Aliás certamente que muitos de vós notaram isso a medida que evoluiam o sistema ao longo dos anos, o que não tocava bem antes passou a tocar lindamente. Até parece que estou a ouvir quem diga: "Ganhei uma discografia nova"

Bem com tudo isto já se faz tarde fica a promessa de continuação num futuro próximo cheers. Sim... porque esta é uma pequena parte do desdobramento da palavra TIMBRE

Até mais Laughing
avatar
TAVARES
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 545
Idade : 46
Localização : Barreiro/Lisboa
Ocupação : Trabalhar
Interesses : Aprender
Data de inscrição : 21/05/2008
Pontos/Reputação : 474

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 31/8/2009, 09:52

TAVARES escreveu:

...Quantas vezes já não aconteceu entrarmos em determinada loja ou casa de alguém e ouvimos música vindo de um pequeno rádio antigo (nomeadamente a válvulas) e ficamos deliciados com tamanha músicalidade?!! No entanto estamos a falar de um rádio baixa amplitude de frequências, mesmo assim sabemos que o prazer músical é enorme, o que por vezes o nosso sistema (muito mais evoluido) tem dificuldade em transmitir a emoção daquela música vindo do pequeno rádio antigo. Pois é aqui que poderá começar a traição dos sons, sem nos aperceber queremos a força que o nosso sistema nos relembre aquela emoção, o que no fundo não pode, pecando pela maior qualidade do sitema.
Com isto é muito facil cairmos em tentação em afirmar que um aplificador baratinho toque melhor que um muito mais caro, embora sei que em algumas situações se consigam resultados muito bons com aparelhos menos pretenciosos. Também é preciso não esquecer que na maioria de aparelhos mais baratos trabalham deficientemente ou não trabalham puro e simplesmente (sendo limitados na banda passante de frequências) para não comprometer a sonoridade do projecto. Pode-se notar isso em alguns discos com muita profundidade de graves ou extensos nos agudos, ficando o som pouco articulado e defenido no grave e estridente ou ríspido nos agudos. Atribuimos a culpa muita das vezes a má gravação, pois sses mesmos discos reproduzidos em bons sistemas, chega-se a conclusão que o mal não era do disco. Aliás certamente que muitos de vós notaram isso a medida que evoluiam o sistema ao longo dos anos, o que não tocava bem antes passou a tocar lindamente. Até parece que estou a ouvir quem diga: "Ganhei uma discografia nova"

Mas onde estavas tu ó Tavares, quando eu andava aqui a "pregar" em relação às noções de "musicalidade" e perda de detalhes?! Bem que me teria dado jeito alguma ajuda!... lol!

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  ricardo felisberto em 31/8/2009, 10:01

TAVARES escreveu:
...
Ou seja, se se gravar dois instrumentos de sopro diferentes (saxofone,trompete) obviamente têm tímbres diferentes, mas que algures em certas frequências se cruzam e sobrepoêm, aí o formato digital aceita apenas uma dessas frequências, enquanto o formato vinil regista as duas,beneficiando o tímbre o que facilita distinguir bem os dois instrumentos a tocar em simultâneo. Essas ditas diferênças já começam a ser quase, disse quase nulas tendo em conta a evolução do dig.
...

Isto seria verdade se a gravação fosse feita de forma analógica. Não é.

99% do vinil actual é obtido após recurso a material digital na gravação e (re)mastrização.

Claro está que no processo de feitura de um disco de vinil é reposta a infinidade de sons (ainda que a partir de um numero finito deles) do que no final possa resultar uma percepção de menor compressão, ainda que na realidade a 'palete' de sons de origem seja a mesma do CD.

ricardo felisberto
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 508
Localização : Almada/Lisboa
Ocupação : Infelizmente tenho de trabalhar ...
Interesses : Isto, gastronomia e viagens
Data de inscrição : 06/06/2007
Pontos/Reputação : 430

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  td124 em 31/8/2009, 10:30

jdickson escreveu:
TAVARES escreveu:

...Quantas vezes já não aconteceu entrarmos em determinada loja ou casa de alguém e ouvimos música vindo de um pequeno rádio antigo (nomeadamente a válvulas) e ficamos deliciados com tamanha músicalidade?!! No entanto estamos a falar de um rádio baixa amplitude de frequências, mesmo assim sabemos que o prazer músical é enorme, o que por vezes o nosso sistema (muito mais evoluido) tem dificuldade em transmitir a emoção daquela música vindo do pequeno rádio antigo. Pois é aqui que poderá começar a traição dos sons, sem nos aperceber queremos a força que o nosso sistema nos relembre aquela emoção, o que no fundo não pode, pecando pela maior qualidade do sitema.
...

Mas onde estavas tu ó Tavares, quando eu andava aqui a "pregar" em relação às noções de "musicalidade" e perda de detalhes?! Bem que me teria dado jeito alguma ajuda!... lol!

Olà,

estou perdido confused , aonde é que estamos em relaçao ao topico original Question

Se a ideia é de defender que a noçao de musicalidade é um concepto individual, isso é coisa que jà sabemos!!!
Se a ideia é de pensar que visto a musicalidade ser uma noçao individual cada um pode ter o seu ponto de vista, mesmo se é um pouco exagerado !!!, sim sao coisas que se véem às vezes... Wink
Mas no quê esse concepto modifica o facto que o jdickson acha exagerado os topicos que "avantajam as células MC mesmo de entrada, à escuta do CD..." Question
Nao vejo a argumentaçao ir no sentido do topico de origem Embarassed , esgotou-se ou quê ... Rolling Eyes

Até+ Basketball
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 31/8/2009, 12:37

td124 escreveu:

Nao vejo a argumentaçao ir no sentido do topico de origem Embarassed , esgotou-se ou quê ... Rolling Eyes

Até+ Basketball

Foi para voltar ao tópico que fiz o convite do almocinho (ou sem ele) Very Happy com escuta de uma MM para que o nosso amigo jdickson possa ouvir uma MM contra um bom e afamado leitor. Depois disso poderá vir a este mesmo tópico fazer um update. Very Happy

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  TAVARES em 31/8/2009, 16:44

Mas onde estavas tu ó Tavares, quando eu andava aqui a "pregar" em relação às noções de "musicalidade" e perda de detalhes?! Bem que me teria dado jeito alguma ajuda!... lol![/quote]

bom

estou perdido confused , aonde é que estamos em relaçao ao topico original Question

Nao vejo a argumentaçao ir no sentido do topico de origem Embarassed , esgotou-se ou quê ... Rolling Eyes

Até+ Basketball[/quote]


Surprised

Estava eu aqui a pensar por onde começar, mas ensinaram-me que deve ser pelo principio.

Pois é Jdickson enquanto "pregavas" andava eu a aprender um pouco mais sobre recém nascidos, como deves saber de há uns tempitos pra cá tenho me entertido com um.

É claro que nessa frase a única coisa que tem haver com o tópico e penso até com todos os tópicos é a palavra "aprender"(penso eu de que), portanto quanto ao resto da frase desculpem o desvio ao ter deixado transparecer a minha alegria.

Quanto aos desvios penso que de alguma forma todos nós foristas (as minhas desculpas se estarei a ser injusto com algum) estariamos algemados por esse mesmo motivo. Pois normalmente qualquer penetenciado de bom senso faz uma retrospectiva sobre o erro cometido. Pois então achei que deveria partilhar em público o meu:

Cometendo o erro de falar sobre "timbre" e ter batido no ceguinho sobre a subjectividade da "musicalidade"neste tópico, Terei que ser perdoado ou julgado?!
Pois se assim fôr quem será o juiz?
Será quem iniciou o tópico ou será quem por «brincadeira» confused tentou dar o mesmo por encerrado?! :confused1:
Bem... preferia que fosse pela maioria, caso haja moral.

Chegando a parte do "confuso" :confused1: , a parte menos confusa pra mim é encaixar as duas palavras "timbre"e "musicalidade" na maioria dos tópicos deste forum, aliás o próprio criador deste, teve direito a esse desvio(musicalidade), eu apenas segui. Contudo concluo que o meu verdadeiro erro foi não ter desembrulhado completamente a palavra "TIMBRE" para se perceber onde se encaixa nas células MM, MC, leitores CD, LP, colunas, amplificadores valvulas/transistores etc, etc.

Assim como duas colunas de marca diferente que sejam completamente lineares e com a mesma amplitude de frequência e as mesmas especificações, diferem certamente no timbre se as unidades que as compoêm forem de materiais diferentes, soando uma melhor que outra.
Este exemplo pode ser transportado para muitas vertentes da audiófilia. Possivelmente este não se encaixe na dita comparação MC(entrada) vs CD(topo), isso talvez defina a enorme subjectividade com que a maioria tem opinado neste tema, usando como escudo a própria subjectividade do audio. Mas isso é um direito que nos assiste certo?!!

Cumprimentos
avatar
TAVARES
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 545
Idade : 46
Localização : Barreiro/Lisboa
Ocupação : Trabalhar
Interesses : Aprender
Data de inscrição : 21/05/2008
Pontos/Reputação : 474

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 31/8/2009, 16:48

Recém nascido????
Sendo assim, os meus parabéns. cheers

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Mr.Spock em 31/8/2009, 17:38

TAVARES escreveu:
Ou seja, se se gravar dois instrumentos de sopro diferentes (saxofone,trompete) obviamente têm tímbres diferentes, mas que algures em certas frequências se cruzam e sobrepoêm, aí o formato digital aceita apenas uma dessas frequências, enquanto o formato vinil regista as duas,beneficiando o tímbre o que facilita distinguir bem os dois instrumentos a tocar em simultâneo. Essas ditas diferênças já começam a ser quase, disse quase nulas tendo em conta a evolução do dig.

GRANDE TAVARES cheers

Ainda ninguém tinha explicado de forma tão "facil" a digitalite Razz Razz
E por aqui se percebe porque os primeiros leitores de CD´s sofriam desse grave mal e os actuais muito menos...

Mr.Spock
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 423
Data de inscrição : 06/04/2008
Pontos/Reputação : 161

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  td124 em 31/8/2009, 21:19

TAVARES escreveu:
...

Cometendo o erro de falar sobre "timbre" e ter batido no ceguinho sobre a subjectividade da "musicalidade"neste tópico, Terei que ser perdoado ou julgado?!
Pois se assim fôr quem será o juiz?
Será quem iniciou o tópico ou será quem por «brincadeira» confused tentou dar o mesmo por encerrado?! :confused1:
Bem... preferia que fosse pela maioria, caso haja moral.

...
Cumprimentos

Off Topic

Caro Tavares, longe de mim a ideia que a minha ultima intervençao fosse tomada num sentido pessoal e nao geral. Mas visto que o cito a si e ao jdickson, efectivamente o erro é meu e as minhas desculpas por isso, pois a minha intençao de fundo era de contestar a deriva do topico em relaçao ao tema original, sem visar pessoa (a citaçao sendo um exemplo geral), mas em visando nos todos pois eu mesmo derivei em momentos sobre a musicalidade etc... Embarassed

On Topic

Caro jdickson, em acusando a deriva off topic, fiz um erro em relaçao a voçê e as minhas desculpas por isso. Num Forum o iniciador do topico é o mestre e o primeiro moderador, e é a ele que incombe de guardar a integridade intelectual do tema abordado. Em esqueçendo isto fiz o trabalho que era a voçê de o fazer (caso sentisse a necessidade)... mille excuses pale

Até+ Basketball
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  TAVARES em 31/8/2009, 21:47

Caro td124,
penso que no fundo todos nós gostamos de uma boa e proveitosa discussão onde há momentos altos e baixos. Também não me quis parecer que fosse pessoal, assim como não quero que interprete a minha como tal, até porque o tenho em boa consideração aqui no forum, como conhecedor destas lides audiófilas.
Um bem haja a todos e desculpas ao Jdickson pela "fugidela"ao tópico.

Música maestro cheers
avatar
TAVARES
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 545
Idade : 46
Localização : Barreiro/Lisboa
Ocupação : Trabalhar
Interesses : Aprender
Data de inscrição : 21/05/2008
Pontos/Reputação : 474

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  td124 em 31/8/2009, 22:02

TAVARES escreveu:Caro td124,
penso que no fundo todos nós gostamos de uma boa e proveitosa discussão onde há momentos altos e baixos. Também não me quis parecer que fosse pessoal, assim como não quero que interprete a minha como tal, até porque o tenho em boa consideração aqui no forum, como conhecedor destas lides audiófilas.
Um bem haja a todos e desculpas ao Jdickson pela "fugidela"ao tópico.

Música maestro cheers

Wink ...

Avanti cheers
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 31/8/2009, 22:04

Um meu desafio (on topic Very Happy ) está lançado e o bom do nosso colega poderá ouvir por ele próprio e atestar que uma MM pode dar tareia Laughing a um bom leitor.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 31/8/2009, 23:08

Amigos:

Com o devido respeito mas tantos pruridos com "on-topics" e "off-topics" parece quase "conversa de gajas" (não sou machista nem quero dar ares disso, mas julgo que percebem a ideia Laughing ).
Ninguém faltou ao respeito a ninguem e não gostaria que a obediência excessiva a determinado protocolo matasse a espontaneadade e a livre expressão de ideias.
Dito isto, não peçam desculpa, e façam favor de dizer de vossa justiça.
Um abraço a todos

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 31/8/2009, 23:12

jdickson escreveu:Amigos:

Com o devido respeito mas tantos pruridos com "on-topics" e "off-topics" parece quase "conversa de gajas" (não sou machista nem quero dar ares disso, mas julgo que percebem a ideia Laughing ).
Ninguém faltou ao respeito a ninguem e não gostaria que a obediência excessiva a determinado protocolo matasse a espontaneadade e a livre expressão de ideias.
Dito isto, não peçam desculpa, e façam favor de dizer de vossa justiça.
Um abraço a todos

Então, siga para bingo. Um pouco de espontaneidade até dá saúde. Laughing É por isso que elas andam sempre doentes. lol!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  td124 em 31/8/2009, 23:35

jdickson escreveu:Amigos:

Com o devido respeito mas tantos pruridos com "on-topics" e "off-topics" parece quase "conversa de gajas" (não sou machista nem quero dar ares disso, mas julgo que percebem a ideia Laughing ).
Ninguém faltou ao respeito a ninguem e não gostaria que a obediência excessiva a determinado protocolo matasse a espontaneadade e a livre expressão de ideias.
Dito isto, não peçam desculpa, e façam favor de dizer de vossa justiça.
Um abraço a todos

Tens razao, vou ser espontaneo cheers

Quando é que mudas o teu GD de "gaja" para um de "gajo" com um verdadeiro braço e uma MM decente ??? Laughing

E vens pedir desculpas de ter lançado um topico tao absurdo, pois teràs visto a verdade... Very Happy

Entao ???, ainda queres espontaneidade Razz

Bom e agora Sleep

Até+ Basketball
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Convidad em 31/8/2009, 23:39

td124 escreveu:

Tens razao, vou ser espontaneo cheers

Quando é que mudas o teu GD de "gaja" para um de "gajo" com um verdadeiro braço e uma MM decente ??? Laughing

E vens pedir desculpas de ter lançado um topico tao absurdo, pois teràs visto a verdade... Very Happy

Entao ???, ainda queres espontaneidade Razz

Bom e agora Sleep



Até+ Basketball

Basta vir ter aqui com a malta e ouvir uma MM para abrir um tópico a falar bem das MM contra bons leitores de cd´s. Laughing Laughing

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  jdickson em 1/9/2009, 00:36

td124 escreveu:
jdickson escreveu:Amigos:

Com o devido respeito mas tantos pruridos com "on-topics" e "off-topics" parece quase "conversa de gajas" (não sou machista nem quero dar ares disso, mas julgo que percebem a ideia Laughing ).
Ninguém faltou ao respeito a ninguem e não gostaria que a obediência excessiva a determinado protocolo matasse a espontaneadade e a livre expressão de ideias.
Dito isto, não peçam desculpa, e façam favor de dizer de vossa justiça.
Um abraço a todos

Tens razao, vou ser espontaneo cheers

Quando é que mudas o teu GD de "gaja" para um de "gajo" com um verdadeiro braço e uma MM decente ??? Laughing

E vens pedir desculpas de ter lançado um topico tao absurdo, pois teràs visto a verdade... Very Happy

Entao ???, ainda queres espontaneidade Razz

Bom e agora Sleep

Até+ Basketball

lol! lol! lol! lol! lol! lol! lol! lol! lol!

jdickson
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 185
Idade : 53
Localização : Lisboa
Ocupação : mèdico
Interesses : os habituais
Data de inscrição : 28/07/2009
Pontos/Reputação : 328

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  fm&stereo em 1/9/2009, 01:37

Não vou aqui descriminar o poder de compra de cada um, nem o prêço de nenhum produto, mas apenas lembrar o seguinte: se bem que existe um ponto onde a escolha acaba por ser feita, a verdade é que seja em nome da MM ou da MC, o analógico é, enquanto apreciador, o eleito. Mais: eu dou comigo dia para dia a ouvir mais o analógico e nem a comodidade do CD me cativa, apenas ouço rádio como forma de «companhia».
Como já disse, o interesse num aparelho ou numa aparelhagem varia muito, mas aquilo que importa aqui é a apreciação e assim, estamos perante um fenómeno - o de escolher entre o digital ou o analógico. Portanto, não é apenas uma questão de escolher entre uma MM ou o CD. Aqui seria fácil: dentro de um orçamento e sem sequer ser nenhuma fortuna, a MM ganha. Mas, repito, o importante é o analógico e isto, ou é ou pura e simplesmente não é.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  pbarata em 1/9/2009, 16:21

td124 escreveu:
(...)
Nao vejo a argumentaçao ir no sentido do topico de origem Embarassed , esgotou-se ou quê ... Rolling Eyes

Até+ Basketball
Esgotaram-se os bébés deitados fora na água do banho, isto é, parece que algumas, muitas se calhar, células do tipo MM, nas devidas condições de afinação até podem bater um leitor de CD, mais que não seja na "musicalidade". Leitor CD = 1, GD = 8. cheers
avatar
pbarata
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1113
Idade : 50
Localização : Lisboa
Interesses : Jazz & Clássica
Data de inscrição : 08/06/2007
Pontos/Reputação : 450

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: células MM versus CD: que raio de comparação?!

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum