Os meus amplificadores a válvulas

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  nbunuel em 13/5/2009, 14:56

westernelectric escreveu:Caro Jorge Silva Marques

Relativamente aos amplificadores a válvulas, há alguma topologia(tipo de circuito) que seja superior?
Ou a qualidade sónica é, digamos, independente da topologia utilizada, mas dependente da forma como cada circuito é executado (qualidade dos componentes. ..etc).

Cumps.
Western..
Transformadores de Saida. Este é o elemento fundamental nos amplificadores a valvulas..O resto vem por acrescimo...
avatar
nbunuel
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 1446
Localização : Lisboa
Ocupação : Bode Expiatório - F. Público
Interesses : Demasiados
Data de inscrição : 31/05/2007
Pontos/Reputação : 1344

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tipologia superior

Mensagem  Convidad em 13/5/2009, 16:32

Em resposta a nbunuel e a westernelectric, em minha opinião, não existe uma tipologia "superior"... o que há é tipologias mais atreitas a problemas do que outras, mas existem amplificadores muito bem feitos dentro de todas as tipologias.
Não se esqueçam de que quando estão a ouvir um sistema, estão a ouvir TUDO: a fonte, os cabos que ligam ao amplificador, o amplificador, os cabos que saem para as colunas, as colunas, a SALA, e AS PESSOAS QUE ESTÃO LÁ DENTRO!!!
Por isso é que se fala de SISTEMAS de hifi...
Mas, naturalmente, eu sou suspeito... e sei bem que a simples alteração do valor de uma resistência ou de um condensador dentro de um circuito basta para mudar radicalmente o som. Como nem sempre se pode mudar de sala, não sei fabricar cabos, nem leitores de CD ou pratos de vinil, etc., mas gosto de amplificadores e de electrónica BF, acho que tem muita piada "fazer" o nosso som através do amplificador...também fiz algumas colunas, isso é outro capítulo.
Agora, como diria o Sr. Descartes, é óbvio que num amplificador com 3 ou mais andares há mais intermodulação do que num de 2, que a contra-reacção não é muito boa para o sinal e induz perdas, que não há desfasadores, separadores, ou inversores de fase perfeitos... Por isso, sou a favor dos SINGLE-ENDED em vez dos PUSH-PULL.
Mas isso não quer dizer que TODOS os SE sejam melhores do que todos os PP...
Para já, a 300B é uma válvula muito difícil, por exemplo. Exige uma alimentação perfeita e silenciosa, é extremamente difícil de drivar correctamente, e não tolera corrente de grelha nem variações de voltagem B+... O ideal é usar um transformador ou então um pentodo como fazia a Western Electric. Além disso, a válvula foi concebida para push-pull, na realidade, e só depois usada em SE. Já a 2A3 dá resultados excelentes em qualquer configuração.
Quanto à qualidade dos transformadores, é importante sem dúvida, mas a qualidade de todos os componentes é importante. A mudança de um cabo ouve-se logo. Mas nunca consegui ouvir uma grande diferença entre transformadores RIGOROSAMENTE dos mesmos valores de impedância. A não ser que sejam muito maus. O segredo da fabricação de transformadores tem que ver com o material isolante: de preferência papel craft, e o tipo de imersão - é melhor sob pressão, para ter a certeza de que o isolante penetra.
Quanto à sua utilização num circuito, sou partidário da sobredimensionação em termos de corrente. Se o circuito usa 100mA, usar um transformador previsto para 150 ou 200mA. Menos aquecimento, menos vibrações (ainda que imperceptíveis) e, sobretudo, menos resistência! Se o T tem uma grande resistência (cabos finos) a alta voltagem oscila e o ponto de funcionamento da válvula, ou das válvulas, em todo o circuito, varia com a música... mais vale ter um grande transformador do que uma alimentação regulada.
Quanto às alimentações, falarei nisso mais tarde. Em minha opoinião, são cruciais para um bom som, em qualquer tipo de circuito, muito mais do que o transformador.
Abraço, vou fazer ginástica!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Post scriptum tipologias

Mensagem  Convidad em 13/5/2009, 16:35

Também há muitas "manias"... em geral, ouvem-se pentodos em push-pull e triodos em single-ended. Quem é que já ouviu triodos em push-pull e pentodos (ou tetrodos) em single-ended? Tudo pode ser bom!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  westernelectric em 14/5/2009, 15:08

Obrigado pela resposta, bastante elucidativa.
Aproveito também dizer que já tive um push-pull a tríodos, o Kora Galaxy com válvulas 6AS7G na saída. Muito bom amplificador.

westernelectric
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 308
Idade : 55
Localização : Portalegre
Ocupação : Professor
Interesses : hi-fi
Data de inscrição : 29/05/2007
Pontos/Reputação : 109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 15/5/2009, 00:34

Viva Jorge M.
Será difícil construir um Single Ended. É que é um bichinho que me roi e é difícil de alimentar... Laughing Se não fosse muito difícil, era capaz de esperimentar.

Ps: devo estar maluco, a fazer cabos, colunas e já nem sei o que mais. affraid
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olá fm&stereo

Mensagem  Convidad em 15/5/2009, 01:37

Construir um single-ended, difícil, não acho... mas de que potência e para que colunas?
Abraço,
Jorge

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Dêm uma olhadela

Mensagem  Convidad em 15/5/2009, 01:52

Dêem uma olhadela a este site japonês (em japonês, claro)...
http://www2u.biglobe.ne.jp/~tossie/gallery.html
É um tipo que tem o gosto e a curiosidade de querer ouvir válvulas antigas que já não se fabricam, essencialmente. Todos estes amplificadores são DIY, mas com materiais topo de gama.
Eu prefiro só usar válvulas em produção, e há válvulas excelentes. Embora tenha uma pequena colecção de EL5 e EL6, que foram os melhores pentodos da Philips, antes da Guerra (a segunda, claro), só ultrapassados pelas EL34 da Telefunken... e muito mais tarde pelas KT88...
Mas uma simples e modesta 6V6GT, mesmo uma russa, também soa muito bem...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  Luke Skywalker em 15/5/2009, 02:17

Jorge, adorei o link.

Quantos amplificadores, lindos e muito bem construídos.

Dá vontade de ouvi-los cheers
avatar
Luke Skywalker
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 748
Idade : 50
Localização : Brasil
Ocupação : Na escuta
Interesses : Áudio
Data de inscrição : 03/01/2008
Pontos/Reputação : 1235

http://www.livevideo.com/LukeSkywalker

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 15/5/2009, 03:40

Jorge Silva Marques escreveu:Construir um single-ended, difícil, não acho... mas de que potência e para que colunas?
Abraço,
Jorge

Em princípio para umas diy com uns Fostex fe126e monitoras, por causa do espaço.
Será possível uma ajudinha? Very Happy
Abraço
Fernando
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 15/5/2009, 05:57

fm&stereo escreveu:
Jorge Silva Marques escreveu:Construir um single-ended, difícil, não acho... mas de que potência e para que colunas?
Abraço,
Jorge

Em princípio para umas diy com uns Fostex fe126e monitoras, por causa do espaço.
Será possível uma ajudinha? Very Happy
Abraço
Fernando

O que eu tinha em mente mesmo era um pre e um par de monoblocos. Não sei se será demasiado ambicioso para uma primeira aventura. What a Face
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  Convidad em 15/5/2009, 08:14

Caro fmstereo, não se preocupe, porque afinal de contas, em tudo o que deita as mãos à obra tem um resultado final que bate tudo o que existe no mercado. Portanto, quando fizer um amplificador, monofónico, ainda por cima, vai ver que não existe nada melhor do que o(s) seu(s)... tal como todos os produtos por si construídos.

Cumprimentos,
Francisgr

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Caro fm&stereo

Mensagem  Convidad em 15/5/2009, 10:56

Para um primeiro projecto, o melhor é sempre utilizar um esquema existente, e evitar grandes complicações.
Um pré é mais difícil de fazer do que um amplificador de potência, sobretudo se se quiser um andar para células MM ou MC com correcção RIAA... por isso eu esquecia isso, por enquanto, e usava um de marca.
Já o amplificador de potência é mais simples. Para as Fostex - já tive umas - um amplificador com a 2A3 por exemplo funciona em geral muito bem, mas são válvulas de aquecimento directo, que necessitam de uma alimentação especial para o filamento, e já requerem alguma experiência. Como o som das Fostex é um bocadinho sêco, eu optaria por um amplificador de tetrodos. 6V6, 6L6, KT66, KT88, etc. Quer em ultralinear single-ended, quer em sigle-ended simples. É uma questão de escolha, de gosto, e de preço.
Quanto à questão da satisfação que pode dar um amplificador DIY ou de marca, é óbvio também que nem sempre um DIY sai tão bom como um de marca. As boas marcas têm vários engenheiros a trabalhar num projecto durante meses, e as marcas com mais tradição vão afinando os esquemas ao longo dos anos com várias séries do mesmo produto e com novas ideias.
MAS, MAS, nem sempre os vários componentes de um sistema vão bem uns com os outros. Podemos comprar o TAL amplificador, os TAIS cabos, o TAL leitor ou as TAIS colunas, mas mesmo com uma colecção de topos de gama o resultado pode ser mauzote... Já quando se faz um amplificador e se afina, no fim, para o nosso sistema, vamos à procura do som que queremos e em minha opinião podemos obter belíssimos resultados.
E termos além disso o gozo de estarmos a ouvir uma coisa que fomos nós próprios que fizémos!!!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  ccavis em 15/5/2009, 15:37

Caro Fm & Mono Very Happy

Tem aqui um interessante projecto , feito por uma comunidade de "artistas " como o meu
caro e da qual eu já extraí muitos ensinamentos .
Esta página e trabalhos bem como os participantes do Projecto Darling , são do melhor que
existe nesta matéria , sem grandes despesas .
O Bob não aparece há 10 anos mas o seu trabalho é notável , é uma referencia para os DIy´s

http://www.geocities.com/TimesSquare/1965/darling.html

CC
avatar
ccavis
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 118
Data de inscrição : 11/11/2008
Pontos/Reputação : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  Convidad em 15/5/2009, 20:25

Espectacular! das que mais gostei foi da sacana darling e da dupla darling. I love you Sempre foi um fetiche meu experimentar uma dupla de darlings Rolling Eyes

cumps

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 16/5/2009, 00:46

Meus caros colegas, é com muito agrado que vejo que não estou só neste mundo do diy. Very Happy Este site é realmente um bom suporte. Já tenho pois matéria para estudar. study

Abraço.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Darlings

Mensagem  Convidad em 16/5/2009, 12:09

A válvula 1626 é um triodo fabricado para oscilador ou amplificador de potência em Alta Frequência. A potência máxima de dissipação de placa são 5 Watts, o que significa que a máxima potência útil são talvez 4 Watts. Aqui está polarizada a 27 Volts, segundo o esquema, com uma alta tensão de 265V, deve dar à volta de 2,5 Watts.
Razão pela qual o projecto evoluiu no sentido de construir versões em paralelo, para obter cerca de 10/12 Watts com o 3.5. Mas, como muito bem sugere CCAVIS, o "artista" autor destes projectos pouco sabe de electrónica e de amplificadores, pois a válvula 8532 que escolheu para entrada tem um coeficiente de amplificção de 52. O que significa que em qualquer dos casos o amplificador tem uma sensibilidade de entrada de menos de 1 Volt, estando assim facilmente sujeito a saturação. Além disso, no 3.5, talvez por achar graça a ter muitas válvulas num chassis, não só quintuplicou a válvula de saída, como triplicou sem necessidade a válvula de entrada.
Além de desnecessário, isto teve como efeito dividir por 3 a impedância de saída deste andar, o que em si não era muito mau se a válvula seguinte precisasse mesmo de corrente de grelha, como num amplificador Classe B, mas que neste caso tornará o som muito duro!!!
Dito isto, estes amplificadores (embora nunca os tenha ouvido) são exemplo de que efectivamente muita coisa pode funcionar em electrónica BF.
Mas há algumas regras, e um conhecimento necessário tanto a nível teórico como depois na prática. Por isso é que é melhor começar por copiar um projecto com alguma credibilidade antes de partir à aventura...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  ccavis em 16/5/2009, 22:40

Boa noite ,
Jorge

Eu não creio que a ideia fosse naquele projecto , conseguir grande qualidade técnica .
No entanto foi interessante acompanhar a evulução dos membros técnicamente e porque não dizer
que tambem evoluiram em design , se tiver paciencia e seguir os " carolas " deste projecto verificará
que ainda fazem coisas diferentes e tem mercado em todos os continentes .
O Alemão vende e difunde trafos e condensadores , o Malaio é um grande divulgador do Diy na Asia,
tambem vendedor de material diy

http://diyparadise.com/ironsets.html
http://www.promitheusaudio.com/frontpage.html

Anualmente com o pretexto de apresentarem novas variantes de um projecto à partida barato ( Daí a escolha das Valvulas )
fizeram boas patuscadas e formaram um núcleo de " artistas " com coisas muito interessantes , com estéticas originais .
Conseguiram uma demonstração nacional ( Americana ) em Nova York ........bonito hem ?

http://www.enjoythemusic.com/nynoise

Olhe quem me dera a mim encontrar 4 " artistas " numa mesa de café a projectarem e a divulgarem os seus conhecimentos
sem medo de mostrarem a ignorância........3 noites por ano .


http://www.diyparadise.com/Darling.html

Existem outros movimentos com coisas mais elaboradas e mais Sérias , nomeadamente Alemãs, mas para já fica assim ....
vamos dando mais corda ao papagaio ....conforme sopra o vento .

Obrigado pela sua análise , é claro que vai apoiar ? ( mesmo á distancia ) aquele amigo que tem disponibilidade , meios e fé .

Um abraço
avatar
ccavis
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 118
Data de inscrição : 11/11/2008
Pontos/Reputação : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 17/5/2009, 00:11

Viva Jorge e ccavis,
Isto está a ficar cada vez mais interessante! Por enquanto, claro, estou a iniciar-me no estudo desta matéria, mas conto convosco para uma possível aventura... Até porque já estou à espera de umas Fostex FE126E, para construir umas colunas já a pensar no single ended. Apesar de para já estar a contruir umas monitoras com estas unidades, penso no futuro (em single ended) construir umas colunas diferentes com as mesmas unidades. Falo naturalmente de umas pequenas orne.

De qualquer forma, sem quere apressar demasiado a coisa, será que haverá alguma ideia mais ou menos concreta para um possível projecto que possa pegar para estudar e quem sabe construir?

Abraço.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  ccavis em 17/5/2009, 21:30

Boa noite FM

Vale a pena seguir esta explanação técnica e subjectiva...sublinho subjectiva .....agora em Português .

http://www.audiopax.com/indport/papers.htm
avatar
ccavis
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 118
Data de inscrição : 11/11/2008
Pontos/Reputação : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 17/5/2009, 23:52

ccavis escreveu:Boa noite FM

Vale a pena seguir esta explanação técnica e subjectiva...sublinho subjectiva .....agora em Português .

http://www.audiopax.com/indport/papers.htm

Viva ccavis,
vou ter que deixar isto para depois, porque este computador é do trabalho e não me seixa aceder a esse tipo de ficheiro.

Obrigado.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Subjectividade

Mensagem  Convidad em 18/5/2009, 13:25

Caros ccavis e fm&stereo,

Claro que há sempre uma subjectividade na apreciação do som e da música. Reparem na diferença que existe, logo na gravação, entre uma tomada de som realizada num estúdio, numa sala de concertos, ou live.
A própria gravação nunca é "linear" e perfeita! Já para não falar nas limitações dos suportes shellac, fita, vinil, cd - não só não se consegue registar toda a gama de frequências, como as próprias gravações registam uma série de coisas que à partida consideraríamos "negativas" mas que são elas que nos dão a sensação de "real". E quanto depende da posição dos microfones, do número e tipo de microfones, e da mixagem!
Na música ao vivo, em casa ou numa sala qualquer, também não estamos a ouvir só as vozes ou os instrumentos - ouvimos as reverberações da sala, há frequências que são absorvidas ou amplificadas, etc.
Quanto à reprodução do que ficou gravado, podemos ter o amplificador mais perfeito que existe, mas não existem colunas sem defeitos, nenhum altifalante tem uma curva absolutamente linear!
O que pretendemos é obter um SISTEMA que, em sinergia entre os seus componentes, nos permita uma reprodução sonora - já nem digo o mais próxima possível do real - mas que nos dê a SENSAÇÃO do real!
Aliás, porque todos os componentes têm "defeitos", é que existem os gurus que sabem por experiência que o melhor para um amplificador de tal marca são os cabos X ou as colunas Y. Porque nenhum destes componentes é perfeito!!! Se fosse, com o produto mais caro de cada marca, faziam-se sistemas perfeitos...
Como já disse, e eu próprio assisti a algumas experiências desse tipo. Até houve um tipo que agarrou num antigo osciloscópio de laboratório e o adaptou. Parecia um realejo.
Não se pode verificar a distorção do som que sai das colunas. Só se podem medir os componentes um a um, e com sinais puros, não com música! O próprio ouvido varia de pessoa para pessoa e tem uma sensibilidade que não é linear. A propagação do som também não é linear. Uma coisa é ouvir um sistema a 1 metro, outra a 5 ou a 10.
TODAVIA, embora praticamente qualquer coisa ligada a umas colunas produza som, há evidentemente bom e mau som, e há também electrónicas bem e mal feitas.
O "Darling" não me parece que seja um bom exemplo a seguir.
Também conheci várias pessoas que lá porque conseguem alguns bons resultados imaginam logo uma vertente comercial e querem ganhar dinheiro a vender toda a espécie de produtos...

Para um projecto, antes de começar por pensar qual é a válvula mais barata, deve-se pensar nas colunas, e qual a potência necessária.

Depois escolhe-se a válvula de saída que nos poderá dar essa potência, nas melhores condições. E só a seguir a configuração que nos permitirá obter os melhores resultados com essa válvula...
Até breve!
Jorge

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  ccavis em 18/5/2009, 16:23

Meus caros "artistas" de diy

Agora que já admitimos que o sucesso é relativo e para
aproveitar a boa vontade do nosso construtor sem lhe queimar "muito os bolsos "
sou de opinião que deve começar o projecto com um SE," motorizado" por El-34 ;6L6; 6550 e uma qualquer ECC ou SL ou Sn7 como prévio .
Isto permite encontrar fácilmente as valvulas ( mesmo aqui no forum ) e transformadores SE
mais baratos no mercado .Os altifalantes tem que ter rendimento elevado para cima de 90 ou mais Db's....quanto mais Db´s melhor , porque estes Se tem pouca potencia .. 5/8 watts .
Os meus primeiros e segundos resultados.... (muito deprimentes ) foram conseguidos em configurações semelhantes .
No entanto nas primeiras execuções os " amps " pareciam os melhores do mundo "
é a mesma sensação que tem o " Ronaldo a marcar um golo....... mas com Som "
Depois com o tempo......muito tempo , troca tubo , aqui troca ali , tira e mete condensadores ajusta bias volta ajustar......sempre a ouvir.....sempre com muito gozo .
Coisa boa para se fazer no Inverno , acho eu .
Ainda falta a parte do Design , mas aí.......não contem comigo , não me dá tanto gozo gastar
em acabamentos , gosto é de saber como funciona .
CCavis
avatar
ccavis
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 118
Data de inscrição : 11/11/2008
Pontos/Reputação : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pois...

Mensagem  Convidad em 19/5/2009, 00:14

Pois... parece simples... mas só depois de muita experiência é que se começa mesmo a saber alguma coisa...
Por exemplo, que a EL34 é excelente em push-pull mas não é recomendável em SE; que não serve uma ECC, SL7, ou SN7 qualquer, etc. Qualquer pessoa com um ferro de soldar pode de facto passar muitas noites de inverno a mudar valores de resistências e a ouvir o resultado das suas trapalhices sem saber bem o que está a fazer...
Por isso eu que eu tinha a ideia de dar aqui umas luzes - em geral é com os mais velhos que se aprendem coisas... agora, há quem queira descobrir por si; ou então quem esteja convencido de que já sabe tudo...
Bom, façam darlings...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  ccavis em 19/5/2009, 00:48

Venham as luzes.......

Todos sabemos tudo...

abraço
CCAVIS
avatar
ccavis
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 118
Data de inscrição : 11/11/2008
Pontos/Reputação : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 19/5/2009, 01:09

Jorge Silva Marques escreveu:Pois... parece simples... mas só depois de muita experiência é que se começa mesmo a saber alguma coisa...
Por exemplo, que a EL34 é excelente em push-pull mas não é recomendável em SE; que não serve uma ECC, SL7, ou SN7 qualquer, etc. Qualquer pessoa com um ferro de soldar pode de facto passar muitas noites de inverno a mudar valores de resistências e a ouvir o resultado das suas trapalhices sem saber bem o que está a fazer...
Por isso eu que eu tinha a ideia de dar aqui umas luzes - em geral é com os mais velhos que se aprendem coisas... agora, há quem queira descobrir por si; ou então quem esteja convencido de que já sabe tudo...
Bom, façam darlings...

Eu não sei o que se passa neste forum hoje... então ainda à pouco tinha postado algo aqui e agora não está cá! :damn:

Vamos com calma Jorge... eu estou aqui para aprender! Terei todo o gosto e gratidão por tudo o que possa aqui aprender! É este empenho que tenho tido desde o princípio: sempre tenho tentado ajudar, na medida do possível, e no diy já dei um bom contributo; espero que este seja bem aproveitado. Pelo menos, para mei consolo, já vi sinais positivos.

Como «dizia», no suposto postado, recebi hoje as unidades FE126E da Fostex. As caixas estão em contrução. A sensibilidade é de 93db. Penso que os 5 ou 6W serão um bom princípio.
Quanto às válvulas, que tal as b300 ou ht88?

Abraço.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bom dia fm&stereo

Mensagem  Convidad em 19/5/2009, 11:09

Para o seu projecto, proponho o seguinte: como na minha experiência os Fostex têm um som um bocadinho sêco, o melhor é construir primeiro as caixas e ouvi-los com dois ou três amplificadores e cabos diferentes, para ter uma ideia do tipo de som, antes de escolher as válvulas.
Qual é a configuração das colunas que está a construir? O pavilhão/bass reflex híbrido que eles recomendam? Esse nunca ouvi, mas deve ser bom pois o bass reflex vem compensar a tal falta de graves que lhes dá um som à partida um pouco sêco... mas é um excelente altifalante, já tive um par montado noutros pavilhões.
Começar um primeiro projecto com as 300B parece-me arriscado, é uma válvula muito difícil... depois falamos nisso.
Abraço

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  td124 em 19/5/2009, 20:57

Jorge Silva Marques escreveu:Caros ccavis e fm&stereo,
...
TODAVIA, embora praticamente qualquer coisa ligada a umas colunas produza som, há evidentemente bom e mau som, e há também electrónicas bem e mal feitas.
O "Darling" não me parece que seja um bom exemplo a seguir.
...
Até breve!
Jorge

Olà,

nao estou de acordo com essa afirmaçao. O "Darling", soa muito bem em relaçao à sua simplicidade e barateza de fabricaçao. A sua simplicidade permete aos DIY's que se iniciam à coisa, de fazer ensaios (resistências, condensadores, alimentaçoes, cablagem, etc), e o preço é muito atractivo. Evidentemente nao se trata de comparar o "Darling" com um 300B "stereo gallery", ou com um PX25 do Dr Azano. Mas o preço é dez vezes inferior, e a qualidade sonora nao é dez vezes mais baixa. E um bom aparelho de iniciaçao, que tém a avantagem de soar bem, de ser fàcil a fabricar, estàvel e fiavel. E o principal, e jà é muito para um aparelho tao modesto. Eu acho que para uma primeira realisaçao é um aparelho (hà outros também) ideal.

Até+
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 20/5/2009, 00:34

Viva pessoal,
Sendo o Darling algo de básico, perferia estudar melhor o assunto e tentar fazer logo algo mais sério, pois fazer por fazer uma soldadura (isto sem pretenciosismo), preferia arriscar a fazer algo mais arrojado, pois se sou exigente é porque aceito determinado desafio, ou simplesmente não aceitaria. Eu compreendo que por regra as coisas tendam a seguir princípios relativos à experiência, mas eu prefiro avaliar as coisas e resolver depois qual a situação que me possa interessar. Se algo não correr bem, paciência, mas para mim é mais importante a qualidade que posso conseguir com um projecto que apenas fazer uma experiência. É por isso que estou a estudar o assunto, pelo qual agradeço toda a ajuda.

As colunas, para já, serão monitoras, num futuro não muito longinquo - espero - usarei as unidades para um horn. Estou a meio de um projecto de colunas que serão estas e outras cujo desenho postei já no forum e que será, em princípio com Scan Speak e Vifa. http://www.audiopt.net/diy-cabos-acessoriostweaks-tratamentos-acusticos-racks-f6/projecto-colunas-monitoras-t6169-15.htm?sid=9d576834eb8ab2a52714d907b4b50eb9
No caso das Fostex, estas caixas serão com as unidades e porte na frente. O volume será um pouco maior que o recomendado para este tipo, mas se for o caso, depois coloco-lhes um pouco de esferovite colado por dentro para fazer enchimento - o que não me parece que vá ser necessário.

Boas audições.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  td124 em 20/5/2009, 13:02

fm&stereo escreveu:Viva pessoal,
Sendo o Darling algo de básico, perferia estudar melhor o assunto e tentar fazer logo algo mais sério, pois fazer por fazer uma soldadura (isto sem pretenciosismo), preferia arriscar a fazer algo mais arrojado, pois se sou exigente é porque aceito determinado desafio, ou simplesmente não aceitaria.
...
Boas audições.

Olà fm&stereo,

em fazendo assim arriscas-te a obter qualquer coisa que (objectivamente e subjectivamente) nao escolheste. Quando nao se tém as bases nao hà escolha justa, existe sim uma escolha de principio, baseada na ingénuidade. O muito arrojado é uma escolha de conhecedores, que sabem o que fazem porque a experiencia e o saber os guiao até là. Espera de ter a experiência necessaria para poder escolher por ti proprio e nos teus limites. A exigência é muito bom !!!, mas é o privilégio da sabedoria. Eu continuo a te aconselhar uma montagem muito simples (mas que soe muito bem...), para uma primeira realizaçao. O "Darling" e outros sao bons exemplos. E um conselho de amigo Very Happy , mas livre a ti de fazer o que quizeres.

Até+
avatar
td124
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 585
Localização : França
Ocupação : Audio designer
Interesses : Tudo o que desperta a alma...
Data de inscrição : 14/02/2009
Pontos/Reputação : 875

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  fm&stereo em 20/5/2009, 14:33

td124 escreveu:
fm&stereo escreveu:Viva pessoal,
Sendo o Darling algo de básico, perferia estudar melhor o assunto e tentar fazer logo algo mais sério, pois fazer por fazer uma soldadura (isto sem pretenciosismo), preferia arriscar a fazer algo mais arrojado, pois se sou exigente é porque aceito determinado desafio, ou simplesmente não aceitaria.
...
Boas audições.

Olà fm&stereo,

em fazendo assim arriscas-te a obter qualquer coisa que (objectivamente e subjectivamente) nao escolheste. Quando nao se tém as bases nao hà escolha justa, existe sim uma escolha de principio, baseada na ingénuidade. O muito arrojado é uma escolha de conhecedores, que sabem o que fazem porque a experiencia e o saber os guiao até là. Espera de ter a experiência necessaria para poder escolher por ti proprio e nos teus limites. A exigência é muito bom !!!, mas é o privilégio da sabedoria. Eu continuo a te aconselhar uma montagem muito simples (mas que soe muito bem...), para uma primeira realizaçao. O "Darling" e outros sao bons exemplos. E um conselho de amigo Very Happy , mas livre a ti de fazer o que quizeres.

Até+

Certo, td124!... Nada como experimentar, mas eu tento evitar desperdiços. É por isso que procuro estudar. O problema é que nem na net se consegue grandes esclarecimentos, excepto aqui - espero. Se não for grande o «estrago» na construção do Darling até sou capaz de entrar nesse projecto.
De qualquer forma, existem questões que considero essenciais. Como, por exemplo, a questão da distorção, a qual parece ser um verdadeiro desafio no single ended.

Abraço.
avatar
fm&stereo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 2443
Idade : 57
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 02/11/2008
Pontos/Reputação : 3118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus amplificadores a válvulas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum