DACs

Ir em baixo

DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 09:20

José Victor Henriques no hificlube:

Ao princípio, optei pelo DSD, mesmo para reproduzir CD, mas o Dialogue ajudou-me a perceber que o som, embora harmonicamente requintado e leve, perdia densidade e substância. A voz de Mariza ganhava em luz o que perdia em palpabilidade (honi soit qui mal y pense...). Contudo, tal como já tinha concluído, quando testei o Denon DCD SA1, a conversão DSD é a minha primeira escolha para ouvir SACD. E assim será enquanto o SACD existir.”

Mantenho o que escrevi então, mas admito que tenho dado comigo a ouvir cada vez mais o Modo DSD, também com CD, talvez influenciado pela excepcional reprodução dos SACD. Sobretudo, porque DSD parece preservar melhor o relacionamento espacial e temporal dos músicos no palco sonoro (mesmo quando virtual e recriado em estúdio).

Pouco a pouco, comecei a aperceber-me também de que a menor densidade específica dos corpos se deve, não à ausência de matéria orgânica, mas à textura mais fina do ar que a envolve. Com registos mais densos, leia-se menos transparentes, esta textura mais delicada ajuda-nos a seguir melhor o processo musical em curso. Mas quando os CD são de boa qualidade, o Multibit oferece o grau último de resolução, patente, como já referi, nos pormenores ínfimos escondidos na mistura e, sobretudo, no decay , que morre mais lentamente no patamar negro do silêncio. Só tem de ter o cuidado de subir muito ligeiramente o volume para compensar.

Se o programa for SACD, os termos invertem-se: a maior dinâmica e extensão em frequência dá a ilusão inicial de que o som está mais baixo e menos presente do que com Multibit, que soa mais compacto e sólido. Os músicos parecem envolvidos num casulo transparente de dimensões algo limitadas, enquanto com DSD gozam de total liberdade de movimentos.

O que continua a deixar-me fascinado é a diferença de perspectiva entre Multi-bit, 1-bit e DSD, isto é, o posicionamento do solista em relação aos acompanhantes, e a forma como estes são distribuídos no palco. Com música clássica, isso é imediatamente óbvio. Com pop ou rock, opte por músicos que gostam de gravar juntos, como Van Morrison.

Podia ser mais específico, mas não quero roubar ao potencial comprador o prazer da descoberta. Não espere, claro, que Van Morrison lhe apareça alternadamente à esquerda ou à direita, é de algo muito mais subtil que se trata aqui, e sobretudo evidente no plano da profundidade: por exemplo, mais perto da boca do palco e destacado dos acompanhantes, ou um passo atrás e mais integrado no conjunto.

Há quem defenda que só as colunas de som podem alterar as relações espaciais, por obra e graça dos diferentes padrões de dispersão polar, fase eléctrica e geométrica, aliadas à deficiente resposta impulsiva, difracção e reflexos secundários nas paredes, chão, tecto e objectos colocados no espaço envolvente. Pois juntem-lhe agora também os algoritmos utilizados pelos diferentes tipos de conversão. Cada cor seu paladar.

http://www.hificlube.net/common/ver_artigo.asp?id_artigo=1943&seccao=Audiofilia%20Aguda&subseccao=Audiofilia%20Aguda

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 09:32

"(honi soit qui mal y pense...). "

será: on y soit qui mal y pense?

"Podia ser mais específico, mas não quero roubar ao potencial comprador o prazer da descoberta."

e até podia apresentar uma fotografia, mas quer deixar ao potencial comprador o prazer da descoberta.
Ou podia até dizer algo de útil, mas quer deixar ao potencial comprador o prazer da descoberta.


(.............)
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 09:42

Não sejas assim, acho interessante a descrição das diferenças entre os vários tipos de DACs, por isso criei o tópico, e não é interessante para os leitores entrar em demasiados detalhes... study

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 10:04

É 6ª feira e estou esgotado, e tou também saturado de tentar ler artigos nas revistas da especialidade escritas com pés e cabeça.
Então as revistas portuguesas são de uma pobreza inacreditável.
Parece que têm uma lista de adjectivos audiófilos que distribuem aleatóriamente, e até parece à primeira vista que sabem do que estão a falar, mas não sabem...

Quando eles começam: e comparando vejo o mais claramente o tom de azul dos olhos do baterista enquanto que no outro é mais o "eyeliner" que sobressai em vez da côr, só me apetece vomitar.

para mais usar frases feitas sem as saber escrever ou o que elas dizem, dá-me vontade de lhe enfiar o indicador direito no olho esquerdo.

Desculpa a acidez
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 10:13

Isso é de facto a norma, mas não o JVH, IMHO...

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 10:31

Não achas um pouco "raro" fazer um teste a um leitor de $16000 usando um amp de valor inferior aos interconnects? (primaluna e Valhalla)
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 10:36

Não, é a lampadas... Idea

O meu leitor/processador custa 3 vezes o meu amplificador, e não tenho vontade nenhuma de trocar de amplificador... Wink

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 10:45

lowrider escreveu:Não, é a lampadas... Idea

O meu leitor/processador custa 3 vezes o meu amplificador, e não tenho vontade nenhuma de trocar de amplificador... Wink

Fico feliz pela teu contentamento.
Já experimentaste um SET ? com um daqueles garrafões de aquecimento directo?
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 10:49

Eu gosto muito de lampadas, mas têm de ter baixos e agudos potentes, nem gostei do modo triodo no meu, os baixos ficam moles, SETs devem ser o género, digo eu... Rolling Eyes

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 10:50

lowrider escreveu:Eu gosto muito de lampadas, mas têm de ter baixos e agudos potentes, nem gostei do modo triodo no meu, os baixos ficam moles, SETs devem ser o género, digo eu... Rolling Eyes

Os maus SET pode ser, mas se bem feitos, tens de experimentar, e depois dizes-me
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  MikeF em 22/6/2007, 11:02

Honi soit qui mal y pense...
a frase aplica-se bem a esta situação.
é o lema duma célebre ordem de cavaleiros da grã-bretanha, e a tradução, para quem não sabe, é:

vergonha caia sobre quem disso pensa mal...
avatar
MikeF
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 236
Data de inscrição : 28/05/2007
Pontos/Reputação : 314

http://www.ZenAudio.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 13:25

MikeF escreveu:Honi soit qui mal y pense...
a frase aplica-se bem a esta situação.
é o lema duma célebre ordem de cavaleiros da grã-bretanha, e a tradução, para quem não sabe, é:

vergonha caia sobre quem disso pensa mal...

tens razão, nem me lembrei dos jarreteiros, apenas da frase francesa homofona, que tem outro sentido (vitória sem glória)
As minhas desculpas
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 13:30

Palmas escreveu:Os maus SET pode ser, mas se bem feitos, tens de experimentar, e depois dizes-me

Acredito, já vi outros preconceitos cairem por terra... scratch

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 22/6/2007, 13:35

Tu e eu, que nem acreditava nos NOS DAC nem nos SE.
agora não quero outra coisa.
Também não acreditava na diferença entre cabos, e tive de engolir uns sapitos.
Por outro lado, também verifiquei que há na verdade muita banha da cobra em muitas das "verdades universais"

Assim tou como o S. Tomé, ouço e depois acredito!
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Anonymou em 22/6/2007, 13:39

Eu também, mas só testo quando há suficientes opiniões contraditórias, senão não fazia outra coisa... Sleep

Anonymou
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Palmas em 27/6/2007, 09:36

lowrider escreveu:Eu também, mas só testo quando há suficientes opiniões contraditórias, senão não fazia outra coisa... Sleep

De facto, aqui não há opiniões contrraditórias, os SET tocam muitíssimo bem!
avatar
Palmas
utilizador iniciado
utilizador iniciado

Número de Mensagens : 143
Idade : 52
Localização : Braga-Porto-Coimbra
Ocupação : Sim
Interesses : Também
Data de inscrição : 01/06/2007
Pontos/Reputação : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DACs

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum