Desafio OB/Open Baffle

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Mfigueiredo em 3/5/2013, 16:36



As medições só por si não resolvem coisa nenhuma! Apenas nos fazem ficar um pouco infelizes porque constatamos que afinal o sistema não está tão bem como supúnhamos.

É necessário que haja alguma capacidade para poder alterar os parâmetros que estão mal. E aí começam os problemas...

pale
avatar
Mfigueiredo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 540
Localização : Viseu
Interesses : Música e o resto
Data de inscrição : 09/06/2007
Pontos/Reputação : 607

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 3/5/2013, 18:13

As medições não resolvem nada, apenas ajudam a identificar os problemas, neste caso a boa integração dos altifalantes no que se refere resposta de frequências (crossover) e a determinar as dimensões ideais das "palas" laterais.

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  123jaesta em 3/5/2013, 20:14

Boas a todos...vou aqui deixar algumas definições de conceitos para discução e participação dos interessados ,sobre este tema, para clarificar o mesmo.Se os membros da administração do fórum acharem que este post deve estar noutro tópico novo ou noutra categoria façam o favor de alterar.

Open Baffle - coluna de som em que pelo menos uma das faces da caixa é completamente aberta.
Infinite Baffle - coluna de som em que só existe uma face,aquela aonde estão fixos os altifalntes e que a mesma é infinita.
No Baffle - coluna de som em que só existe uma face e que a mesma apenas tem dimensão para suportar os altifalntes.
Dipolo - coluna de som em que os altifalantes radiem diretamente em pelo menos 2 sentidos.

O que ao longo destes ultimos 6 anos neste projeto tenho tentado concretizar, é uma coluna de som com as caracteristicas Open Baffle, que seja 100% Dipolo e No Baffle.Nas colunas NL, as abas laterais são apenas para facilitar a construção de um guarda pó traseiro(mais fácil e menos dispendioso) que em determinada altura decidi fazer para embelezamento do produto final, mas que na realidade prejudica a radiação traseira assim como qualquer guarda pó frontal o faz, dai quando vamos ouvir colunas e para não haver a interação do mesmo ele é retirado.Posso tambem afirmar que as abas laterais de cerca de 10cm que utilizo nada alteram a resposta,é como se lá não estivessem, se bem que eu pessoalmente prefiro sem as mesmas não utilizando qq guarda pó , e que irei considerar em próximos projetos.
O ''Gool'' para se conseguir o que acima referi está na escolha das unidades assim como a integração entre as mesmas.

(continua)
avatar
123jaesta
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 257
Idade : 54
Localização : Sintra
Ocupação : Desocupado
Data de inscrição : 15/06/2007
Pontos/Reputação : 113

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Antero Pereira em 4/5/2013, 15:20

boas de momento as colunas ja nao tocam nada estao todas desmontadas, foram para lacar e envernizar. para a semana ja devem estar prontas e vai ser mais uma trabalheira voltar a montar tudo em definitivo.

ainda nao procedi a qualquer mediçao, elas estao em full open bafle dipolo sem abas e sem travamento e estou a adorar o som, com este periodo de rodagem nao notei grandes alteraçoes em termos sonoros, onde notei diferenças foi quando troquei de cabos de colunas.

abraço

pra semana vai haver novidades bounce

Antero Pereira
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 292
Data de inscrição : 07/04/2012
Pontos/Reputação : 594

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  123jaesta em 6/5/2013, 12:00

(Continuação)

Tendo em conta um projeto OB simples, muitivias com filtro passivo e amplificação única, para não complicar,
é muito importante a integração das unidades entre si em termos de sensibilidades para se conseguir obter bons resultados sem fazer ''pesar'' o filtro ,que sou apologista do mais simples possivel ,e completamente sem uso de resistências para acertos de sensibilidade.Claro que ai cada conceito tem as suas regras e neste caso no OB devemos obedecer a uma diferença de -6db do médio face ao grave e agudo .
Depois existe a caracteristica técnica dos altifalantes, que tem de ser adaptadas ao uso em espaço livre, e para abreviar ,tentar unidades com Qts minimo entre 0.50 e 0.75 , naõ mencionando agora outro pormenores tambem importantes. O uso de abas laterais torna-se importante nas frequencias graves ,especialmente quando não o conseguimos obter só dos altifalantes, mas tem as desvantagens de sónicamente começarmos a ter mais ressonancias e caminharmos para um som menos natural.
Quanto ás medições elas são importantes para sabermos a quantas andamos ,se bem que no final o que deve importar é o nosso ouvido para que estejemos satisfeitos quando ouvimos musica no nosso sistema e sala.Bem o que quero dizer é que quantas colunas medem bem e depois quando as compramos e montamos no sistema/ ponto de escuta são uma completa desilusão.Mas este é um assunto complicado de abordar pois as opiniões são muitas e divergentes para alem de não ser linear e ter muitos aspetos a ter em conta.
No final a razão deste post foi para elucidar sobre o conceito ,e ajudar os futuros diyers, que optarem pelas OB ,a defenirem o que querem fazer e o que básicamente deverão ter em conta em termos de informação ,para inicio de um projeto.QQ ajuda que necessitem podem recorrer ao que eu possa saber para ajudar.
Abraços
NL.
avatar
123jaesta
Profissional
Profissional

Número de Mensagens : 257
Idade : 54
Localização : Sintra
Ocupação : Desocupado
Data de inscrição : 15/06/2007
Pontos/Reputação : 113

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Antero Pereira em 10/5/2013, 21:56

boas fica aqui um aperitivo para o que me espera amanha "montagem" das meninas



espero que gostem

abraço

Antero Pereira
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 292
Data de inscrição : 07/04/2012
Pontos/Reputação : 594

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  vinyl33 em 11/5/2013, 12:56

Antero Pereira escreveu:boas fica aqui um aperitivo para o que me espera amanha "montagem" das meninas



espero que gostem

abraço

Força Antero...

Ficamos à espera ....
avatar
vinyl33
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 667
Idade : 66
Localização : Vila Nova de Gaia
Interesses : Hi-Fi, Radioamadorismo e Fotografia
Data de inscrição : 28/10/2008
Pontos/Reputação : 1160

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Antero Pereira em 11/5/2013, 22:55

como prometido ainda vai hoje as fotos das minhas meninas







o meu GD



e o meu integrado a funcionar só como pré




espero que gostem
abraço

Antero Pereira
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 292
Data de inscrição : 07/04/2012
Pontos/Reputação : 594

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  manel1 em 12/5/2013, 14:11

Ficaram bonitas as colunas, parabéns. Dada a posição em que se encontram, eu colocaria algum material difusor e amortecedor atrás das colunas para evitar reverberações, certamente iria notar melhorias com facilidade.

manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2062
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 12/5/2013, 22:07

manel1 escreveu:Ficaram bonitas as colunas, parabéns. Dada a posição em que se encontram, eu colocaria algum material difusor e amortecedor atrás das colunas para evitar reverberações, certamente iria notar melhorias com facilidade.

Atenção! São OB. No

Não devem ter nada disso, sobretudo atrás, penso eu. O nosso confrade 123jaesta/NL que é perito na matéria (e também tem mais experiência em OB) poderá esclarecer melhor, penso.
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/5/2013, 10:56

rjbv17 escreveu:
manel1 escreveu:Ficaram bonitas as colunas, parabéns. Dada a posição em que se encontram, eu colocaria algum material difusor e amortecedor atrás das colunas para evitar reverberações, certamente iria notar melhorias com facilidade.

Atenção! São OB. No

Não devem ter nada disso, sobretudo atrás, penso eu.

Claro que beneficiam com a colocação de material difusor e absorvedor, especialmente por serem open-baffle ou seja dipolares.

Não só as colunas se encontram demasiado próximo da parede traseira (e "coladas" às laterais) como ainda por cima a sala tem as paredes revestidas a azulejo...é o pior dos cenários.

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 13/5/2013, 14:28

ricardo onga-ku escreveu:
rjbv17 escreveu:
manel1 escreveu:Ficaram bonitas as colunas, parabéns. Dada a posição em que se encontram, eu colocaria algum material difusor e amortecedor atrás das colunas para evitar reverberações, certamente iria notar melhorias com facilidade.

Atenção! São OB. No

Não devem ter nada disso, sobretudo atrás, penso eu.

Claro que beneficiam com a colocação de material difusor e absorvedor, especialmente por serem open-baffle ou seja dipolares.

Não só as colunas se encontram demasiado próximo da parede traseira (e "coladas" às laterais) como ainda por cima a sala tem as paredes revestidas a azulejo...é o pior dos cenários.

R

Caro Ricardo,
Diz a minha experiência com dipolos que a parede traseira faz parte do sistema de reprodução, pelo que deve ter uma característica emissora (ou difusora). Pelo contrário a parede frontal pode ter uma característica absorvente, sobretudo em salas pequenas.
Na internet encontra-se bastante informação sobre o tema, queiram os interessados informar-se, na impossibilidade de fazerem as suas próprias experiências ou não conhecerem esta tipologia (não são colunas de caixa). Deixo aqui 3 links:
http://redspade-audio.blogspot.pt/2010/05/open-baffle-in-small-room.html
http://www.audiocircle.com/index.php?topic=38973.0
http://www.linkwitzlab.com/rooms.htm
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/5/2013, 14:52

De acordo com dois dos links que colocou:

"As far as I'm concerned, the only real difference is that dipole speakers require more absorption on the front wall. (parede atrás das colunas, frontal para quem as escuta) The fact that sound comes from the rear of those speakers as well as the front is a side effect, not intentional in their design.
(...)
Speakers that radiate equally out the rear increase the problem known as SBIR - Speaker Boundary Interference Response - a series of peaks and deep nulls. In conventional speakers SBIR is restricted to the bass range, because those speakers radiate omnidirectionally below the midrange only. But with a planar speaker the rear radiation occurs at all frequencies, and this creates "early" reflections that (IMO) cloud imaging in addition to the peaks and nulls. This was one of my big objections to Bose 901s too, because the full range was sent both forward and back. Yes, it does make the sound more spacious, but it always sounded a little unnatural to me."


Ethan Winer / RealTraps ( http://www.audiocircle.com/index.php?PHPSESSID=f6djgrdor59nd1tosjfr2hmd16&topic=38973.msg349655#msg349655 )


"Often concern is expressed over the fact that the rear radiation from a dipole is out of phase with the front radiation, and that thus any sound reflected from a wall behind the speaker would cancel sound coming from the front of the speaker. Cancellation can only occur when direct and reflected sounds are exactly of opposite phase (180 degrees) and of the same strength. Since direct and reflected sounds travel paths of different length, they undergo different amounts of phase shift. Thus, the phase and magnitude conditions for cancellation are given only at certain frequencies, if at all. At some other frequencies direct and reflected sounds will add. The same also applies to a monopole speaker in front of a wall. The only difference is in the frequencies for which addition and subtraction occur. The best remedy is to move the speaker away from the wall, or to make the wall as sound absorptive or diffusive as possible."

Siegfried Linkwitz ( http://www.linkwitzlab.com/rooms.htm#B )

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  manel1 em 13/5/2013, 15:01

Relativamente à difusão não tenho qualquer dúvida que é mil vezes preferível do que a parede nua, ainda para mais sendo azulejo, acerca da absorção, penso que deve ser usada juntamente com difusores, algo como isto: http://www.atp.jocavi.net/uk/products/ATP_Products_frameset.htm

No entanto existe na Internet muita informação para construir difusores baratos e muito eficientes, algo como isto feito em esferovite funciona muito bem: https://www.youtube.com/watch?v=ja__O7JXpPw

manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2062
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Mfigueiredo em 13/5/2013, 16:30



Um bom material para começar a tirar ideias e que já está feito, são cartões de ovos.

Simples e barato. Basta comprar ovos e ir guardando as embalagens.

Ah! E deve-se colocar um letreiro a proíbir os risos e piadinhas junto aos cartões.

Very Happy
avatar
Mfigueiredo
Membro Audiopt
Membro Audiopt

Número de Mensagens : 540
Localização : Viseu
Interesses : Música e o resto
Data de inscrição : 09/06/2007
Pontos/Reputação : 607

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 13/5/2013, 19:12

ricardo onga-ku escreveu:De acordo com dois dos links que colocou:

"As far as I'm concerned, the only real difference is that dipole speakers require more absorption on the front wall. (parede atrás das colunas, frontal para quem as escuta) The fact that sound comes from the rear of those speakers as well as the front is a side effect, not intentional in their design.
(...)
Speakers that radiate equally out the rear increase the problem known as SBIR - Speaker Boundary Interference Response - a series of peaks and deep nulls. In conventional speakers SBIR is restricted to the bass range, because those speakers radiate omnidirectionally below the midrange only. But with a planar speaker the rear radiation occurs at all frequencies, and this creates "early" reflections that (IMO) cloud imaging in addition to the peaks and nulls. This was one of my big objections to Bose 901s too, because the full range was sent both forward and back. Yes, it does make the sound more spacious, but it always sounded a little unnatural to me."


Ethan Winer / RealTraps ( http://www.audiocircle.com/index.php?PHPSESSID=f6djgrdor59nd1tosjfr2hmd16&topic=38973.msg349655#msg349655 )



"Often concern is expressed over the fact that the rear radiation from a dipole is out of phase with the front radiation, and that thus any sound reflected from a wall behind the speaker would cancel sound coming from the front of the speaker. Cancellation can only occur when direct and reflected sounds are exactly of opposite phase (180 degrees) and of the same strength. Since direct and reflected sounds travel paths of different length, they undergo different amounts of phase shift. Thus, the phase and magnitude conditions for cancellation are given only at certain frequencies, if at all. At some other frequencies direct and reflected sounds will add. The same also applies to a monopole speaker in front of a wall. The only difference is in the frequencies for which addition and subtraction occur. The best remedy is to move the speaker away from the wall, or to make the wall as sound absorptive or diffusive as possible."

Siegfried Linkwitz ( http://www.linkwitzlab.com/rooms.htm#B )

Front wall é a parede em frente das colunas, não a traseira. Veja o diagrama no primeiro link.

O Ethan Winter é o tal com quem toda a gente discorda, não é?

Em relação ao Sigfried Linkwitz, se leu com atenção, também se apercebeu da seguinte afirmação acerca do projeto Orion

"The wall behind the speakers should be diffusive. The rear radiation from a dipole must not be absorbed or it is no longer a dipole. Similarly, the side walls should not absorb sound at the reflection points but diffuse it. A dipole can even be towed in so that the listener sees the radiation null axis in a wall reflection mirror."
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 13/5/2013, 19:31

manel1 escreveu:Relativamente à difusão não tenho qualquer dúvida que é mil vezes preferível do que a parede nua, ainda para mais sendo azulejo, acerca da absorção, penso que deve ser usada juntamente com difusores, algo como isto: http://www.atp.jocavi.net/uk/products/ATP_Products_frameset.htm

No entanto existe na Internet muita informação para construir difusores baratos e muito eficientes, algo como isto feito em esferovite funciona muito bem: https://www.youtube.com/watch?v=ja__O7JXpPw

Caro manel1,

Não se esqueça que o Antero tem um móvel na parede traseira que também funciona como fator de absorção. Pode ser que a parede traseira funcione como a conjugação dos dois fatores absorção/difusão.

De qualquer modo, o que eu queria dizer é que não se deve partir logo do princípio que se tem de efetuar um tratamento acústico à sala de audição. Tem de existir uma razão para se recorrer a essa medida. No caso de se sentir que algo está errado na reprodução, aí terão de ser tomadas as devidas medidas de correção. Mas é necessário saber em concreto o que está mal para se definir a medida corretiva adequada. Se não se conseguir por meios preferencialmente qualitativos (audição), então poder-se-á recorrer à medição com instrumentos.

avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/5/2013, 21:01

rjbv17 escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:De acordo com dois dos links que colocou:

"As far as I'm concerned, the only real difference is that dipole speakers require more absorption on the front wall. (parede atrás das colunas, frontal para quem as escuta) The fact that sound comes from the rear of those speakers as well as the front is a side effect, not intentional in their design.
(...)
Speakers that radiate equally out the rear increase the problem known as SBIR - Speaker Boundary Interference Response - a series of peaks and deep nulls. In conventional speakers SBIR is restricted to the bass range, because those speakers radiate omnidirectionally below the midrange only. But with a planar speaker the rear radiation occurs at all frequencies, and this creates "early" reflections that (IMO) cloud imaging in addition to the peaks and nulls. This was one of my big objections to Bose 901s too, because the full range was sent both forward and back. Yes, it does make the sound more spacious, but it always sounded a little unnatural to me."


Ethan Winer / RealTraps ( http://www.audiocircle.com/index.php?PHPSESSID=f6djgrdor59nd1tosjfr2hmd16&topic=38973.msg349655#msg349655 )



"Often concern is expressed over the fact that the rear radiation from a dipole is out of phase with the front radiation, and that thus any sound reflected from a wall behind the speaker would cancel sound coming from the front of the speaker. Cancellation can only occur when direct and reflected sounds are exactly of opposite phase (180 degrees) and of the same strength. Since direct and reflected sounds travel paths of different length, they undergo different amounts of phase shift. Thus, the phase and magnitude conditions for cancellation are given only at certain frequencies, if at all. At some other frequencies direct and reflected sounds will add. The same also applies to a monopole speaker in front of a wall. The only difference is in the frequencies for which addition and subtraction occur. The best remedy is to move the speaker away from the wall, or to make the wall as sound absorptive or diffusive as possible."

Siegfried Linkwitz ( http://www.linkwitzlab.com/rooms.htm#B )

Front wall é a parede em frente das colunas, não a traseira. Veja o diagrama no primeiro link.

O Ethan Winter é o tal com quem toda a gente discorda, não é?

Em relação ao Sigfried Linkwitz, se leu com atenção, também se apercebeu da seguinte afirmação acerca do projeto Orion

"The wall behind the speakers should be diffusive. The rear radiation from a dipole must not be absorbed or it is no longer a dipole. Similarly, the side walls should not absorb sound at the reflection points but diffuse it. A dipole can even be towed in so that the listener sees the radiation null axis in a wall reflection mirror."

O Winer diz o seguinte: "Tanto quanto eu sei, a única diferença é que as colunas dipolo exigem mais absorção na parede frontal."
Ora a diferença entre uma dipolo e uma coluna de radiação frontal é que a primeira produz ondas para trás, pelo que me parece lógico deduzir que ele se refere à parede atrás das colunas.

Em relação ao Linkwitz, ele não diz que a parede atrás das colunas não deve ser tratada, apenas indica a difusão como o tratamento adequado.

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 13/5/2013, 21:07

rjbv17 escreveu:
manel1 escreveu:Relativamente à difusão não tenho qualquer dúvida que é mil vezes preferível do que a parede nua, ainda para mais sendo azulejo, acerca da absorção, penso que deve ser usada juntamente com difusores, algo como isto: http://www.atp.jocavi.net/uk/products/ATP_Products_frameset.htm

No entanto existe na Internet muita informação para construir difusores baratos e muito eficientes, algo como isto feito em esferovite funciona muito bem: https://www.youtube.com/watch?v=ja__O7JXpPw

Caro manel1,

Não se esqueça que o Antero tem um móvel na parede traseira que também funciona como fator de absorção. Pode ser que a parede traseira funcione como a conjugação dos dois fatores absorção/difusão.

De qualquer modo, o que eu queria dizer é que não se deve partir logo do princípio que se tem de efetuar um tratamento acústico à sala de audição. Tem de existir uma razão para se recorrer a essa medida. No caso de se sentir que algo está errado na reprodução, aí terão de ser tomadas as devidas medidas de correção. Mas é necessário saber em concreto o que está mal para se definir a medida corretiva adequada. Se não se conseguir por meios preferencialmente qualitativos (audição), então poder-se-á recorrer à medição com instrumentos.


Um móvel só consegue absorver energia se for acolchoado e, se bem percebo pela imagem, para além deste apenas poder funcionar como difusor (nas zonas onde não tem portas nem faces de gaveta) este nem sequer se estende de canto a canto pelo que a parede imediatamente atrás das colunas está nua.

Quanto à necessidade de correcção acústica da sala, é uma questão de bom senso; pense por exemplo na acústica de um quarto de banho e nos revestimentos do mesmo...

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  manel1 em 13/5/2013, 21:46

rjbv17 escreveu:

Caro manel1,

Não se esqueça que o Antero tem um móvel na parede traseira que também funciona como fator de absorção. Pode ser que a parede traseira funcione como a conjugação dos dois fatores absorção/difusão.
De qualquer modo, o que eu queria dizer é que não se deve partir logo do princípio que se tem de efetuar um tratamento acústico à sala de audição. Tem de existir uma razão para se recorrer a essa medida. No caso de se sentir que algo está errado na reprodução, aí terão de ser tomadas as devidas medidas de correção. Mas é necessário saber em concreto o que está mal para se definir a medida corretiva adequada. Se não se conseguir por meios preferencialmente qualitativos (audição), então poder-se-á recorrer à medição com instrumentos.
Viva

Se atentarmos na imagem podemos ver que o móvel de trás das colunas não preenche a parede na totalidade,devemos notar também que as colunas estão praticamente encostadas à parede lateral e um pouco á frente em relação à linha mais adiantada do móvel, ora com esta conjugação de factores a energia sonora irradiada pelo dipolo para a traseira, encontra um pequeno recinto quase fechado, sendo as ''paredes'' deste constituidas pelo canto em azulejo, a parte lateral do móvel e a traseira da colunas, sendo assim, forma-se como que uma caixa de ressonância que inevitavelmente ira ter uma assinatura bem notória no som final, basta afastar bem as colunas do local onde se encontram para perceber o que estou a dizer.

A referida caixa de ressonancia regra geral vai reforçar as frequências graves e médio-grave, como tal aconselharia a preencher por completo com lã de rocha a zona deixada vaga na parede pelo móvel e revestir a zona exposta com um difusor. Mesmo sem medições, aposto que o resultado final é bem melhor que deixar como está, se pretender optimizar, pode jogar com a quantidade de lã de rocha que coloca nesse canto. É claro que para optimizar esta solução dá jeito fazer medições.


manel1
Equipa Audiopt - Moderação
Equipa Audiopt - Moderação

Número de Mensagens : 2062
Localização : Lamego
Ocupação : Electromecanico
Interesses : Música, leitura
Data de inscrição : 02/12/2009
Pontos/Reputação : 2463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Antero Pereira em 14/5/2013, 21:34

boas

depois de ler os varios posts resolvi por as colunas sem toe-in e preencher o canto vazio entre o movel e a parede com as almofadas ca de casa Very Happy e os graves melhoraram, com as almofadas conseguimos o efeito de absorver as baixas frequencias certo? falta esperimentar o efeito difusor, alguma sugestao?

abraço e obrigado pelos comentarios

Antero Pereira
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 292
Data de inscrição : 07/04/2012
Pontos/Reputação : 594

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 15/5/2013, 09:03

Antero Pereira escreveu:boas

depois de ler os varios posts resolvi por as colunas sem toe-in e preencher o canto vazio entre o movel e a parede com as almofadas ca de casa Very Happy e os graves melhoraram, com as almofadas conseguimos o efeito de absorver as baixas frequencias certo? falta esperimentar o efeito difusor, alguma sugestao?

abraço e obrigado pelos comentarios

A eliminação da convergência ou toe-in foi um passo atrás porque desse modo irá acentuar os reflexos produzidos pelas paredes laterais e escutará mais a "sala" e menos a gravação.
No entanto há quem goste desse efeito normalmente designado por "palco (audiófilo)"...

Quanto ao uso das almofadas, julgo que estas são inadequadas para absorver as baixas frequências (é necessário um material com maior densidade como rockwool ou fibra de vidro) mas tratando-se de um DIYer que conseguiu fabricar as suas próprias colunas penso que a construção de um par de bass traps deste tipo este é "canja":

http://www.ethanwiner.com/basstrap.html

https://www.youtube.com/watch?v=iyYUpkpL0gw

https://www.youtube.com/watch?v=fiJ6mI450c4

Bom trabalho!
R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 25/5/2013, 15:28

Back to the subject, alguém mais para além dos foristas imfos54, vinyl33 e Antero Pereira (não esquecendo o nosso "pro" 123jaesta) seguiu este caminho (sem regresso para muitos) dos OB?
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 26/5/2013, 09:59

rjbv17 escreveu:Back to the subject

Back to the subject??? scratch

Tendo em conta que as colunas OB serão colocadas numa sala parece-me que posicionamento adequado e o tratamento das paredes atrás das mesmas é tão importante como as próprias colunas. Razz

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 26/5/2013, 11:38

ricardo onga-ku escreveu:
rjbv17 escreveu:Back to the subject

Back to the subject??? scratch

Tendo em conta que as colunas OB serão colocadas numa sala parece-me que posicionamento adequado e o tratamento das paredes atrás das mesmas é tão importante como as próprias colunas. Razz

R

Reitero o desafio; porque não constrói uns OB e partilha aqui as suas experiências?

P.S. - se ler o primeiro post deste tópico verá que era esse o objetivo principal. Daí o back to the subject ...
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 26/5/2013, 16:43

Uma boa razão é que a disposição da minha sala não permite o posicionamento adequado para este tipo de colunas.
Além disso já tenho problemas que cheguem com os reflexos das paredes da sala utilizando colunas de irradiação monopolar.

Mas voltando às suas open-baffle, chegou a adicionar um segundo Eminence ou atenuar o Hemp em 6dB?
Quais são as suas impressões sobre o resultado?

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 26/5/2013, 20:44

De qualquer modo, se tiver oportunidade de experimentar umas OB na sua sala, não deixe de o fazer. Poderá ser uma boa surpresa. A minha sala é a antítese de tudo aquilo que se poderia supor aceitável para um bom desempenho e a experiência resultou em pleno. Conheço outras experiências em salas completamente anacrónicas mas que resultaram com OB. Bem sei que os equipamentos que foram utilizados a montante permitiam um desempenho superior mas, não deixa de ser curioso que o comportamento com OB tenha suplantado todas as outras tipologias.

Quanto à segunda questão esclareço que mantenho um único Eminence, mas neste momento os FR são os Fostex FE206En e não os Hemp FR8C. O resultado é FABULOSO. Na minha sala, muito pequena, não sinto necessidade de instalar os supertweeter. Tenho em agenda, como experiência futura, uma configuração de dois Eminence Alpha 15A com os Lowther DX4 (com o voice coil em prata) que tenho nas TL. Para já, estou muito satisfeito com a solução atual. Muito, mesmo!

Confesso que, quando me meti nisto, o facto de não conseguir os 6dB de diferença de sensibilidade entre o FR e o woofer me iriam causar problemas mas, nada disso se verificou. Tentei baixar ao máximo a resistência na indutância do filtro passa-baixo do woofer, o que resultou em pleno (pesa cerca de 2 kg - fio de 2mm de diâmetro). Consegui uma boa integração dos dois altifalantes.
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  ricardo onga-ku em 26/5/2013, 21:40

Eu desconfio sempre da integração de altifalantes "por ouvido" ainda por cima porque a escuta é efectuada na sala e depende de muitos factores.
Também sou contra a avaliação de colunas com amplificadores a válvulas, excepto quando estes têm uma impedância de saída suficientemente baixa para que a resposta não seja afectada pelas características de impedância e fase eléctrica das colunas.

Até hoje o único modelo de OB que escutei foi o do 123jaesta.
Fiquei muito bem impressionado com os acabamentos e com as potencialidades da topologia, especialmente ao nível dos graves que me pareceram naturais tanto pela ausência de colorações como pela resposta aos transitórios, mas estas eram amplificadas por um Dynavox que me pareceu demasiado "fraquinho" para controlar devidamente os quatro enormes woofers e por isso não consegui perceber se o desempenho está ao nível do melhor que me foi dado a escutar, nomeadamente em caixa selada.
Fiquei também com a ideia que o médio e o tweeter estavam um pouco "quentes".

R

_________________
"O homem, uma vez abdicando da razão,
não tem defesa contra o absurdo, a monstruosidade,
e tal como um navio sem leme fica à mercê dos ventos.
A esses, a credulidade toma o leme da mão da razão
e a mente converte-se num naufrágio."

Thomas Jefferson
avatar
ricardo onga-ku
Equipa Audiopt - Colaborador
Equipa Audiopt - Colaborador

Número de Mensagens : 2980
Localização : Terra d'Angles
Data de inscrição : 09/01/2010
Pontos/Reputação : 4662

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 26/5/2013, 22:01

A amplificação que tenho está baseada num SE com as 300B do qual, penso, não se poderá exigir mais em termos de desempenho. Os transformadores de saída são os Lundhal em ferro amorfo e tudo no seu interior foi trabalhado ao máximo (cablagem a prata fio a fio, condensadores Mundorf, Black Gate, GE PIO, resistências Mills, Kiwame, dupla filtragem na alimentação CLC, válvulas selecionadas, etc.). O pré, passivo, é um TVC com transformadores em ferro amorfo. Os cabos são os Siltech da geração 3. As fontes são aquilo que tenho colocado neste local de partilha.

O resultado é, pelo menos, aquilo que gosto de ouvir. E estou muito habituado a ouvir (tenho um auditório no local de trabalho - é um luxo, na realidade - e estou a um passo da Casa da Música, onde é possível ouvir concertos sem sequer entrar).

Não se deve esquecer, também, a relação preço/qualidade. Não conheço nada que, por tão pouco, consiga tanto em termos de reprodução.
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  rjbv17 em 7/6/2013, 22:21

Esta é especialmente para os fãs da instrumentação (vocês sabem de quem estou a falar ... Cool ).

Estive hoje, na empresa em que trabalho (no tal Auditório), numa sessão sobre liderança com a nossa Maestrina Joana Carneiro.

Não é que a afinação da orquestra é feita APENAS com os ouvidos do maestro!!!



P.S. - A "miúda" é mesmo um grande talento. Assim dá gosto ser português bounce
avatar
rjbv17
utilizador dedicado
utilizador dedicado

Número de Mensagens : 204
Idade : 62
Localização : Porto
Interesses : Hi-Fi, carros, música, selos, astronomia, desporto
Data de inscrição : 23/02/2012
Pontos/Reputação : 378

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Desafio OB/Open Baffle

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum